Fórum Ubuntu Linux - PT
22 de Dezembro de 2014, 05:38 *
Olá, Visitante. Faça o login ou registre-se.
Perdeu o seu e-mail de ativação?

Login com nome de usuário, senha e duração da sessão
Notícias: Atenção usuários de email com anti-spam (Uol e Bol).
 
   Home   Ajuda Regras Pesquisa Login Registre-se  
Anúncios
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: A minha experiência nas traduções  (Lida 7977 vezes)
holokaustu
Visitante
« em: 05 de Abril de 2005, 22:37 »

Caros UBUNTISTAS,

A par de lista ubuntu-pt e deste fórum, pertenço também à LoCoTeam que é a equipa de traduções do Ubuntu em PT nativo.

Objectivo deste tópico é apenas informar-vos da minha experiencia com os editores de ficheiros .po que são utilizados para fazer traduções.

Como em PT existem inúmeros caracteres especiais, como acentos, cedilhas (ç), etc... Nós optamos por usar o UTF-8.

Acontece que eu procurei vários editores de ficheiros .po e encontrei vários gtranslator, rosetta, gttext, etc. Mas nenhum funciona com UTF-8 em todos os mesmo erro (segmentation fault) no entanto no rosetta ainda deu um erro a avisar qual o problema (UTF -8 not supported).

Por isso, pessoal que ajuda nas traduções, usem o velhinho emacs Piscada

Assim que tiver um tempinho crio um tutorial para ajudar na edição dos ficheiros .po.

Cumprimentos UBUNTIANOS,

Holokaustu
Registrado
Estêvão Samuel Procópio
Visitante
« Responder #1 em: 07 de Abril de 2005, 12:01 »

Olá, pessoal...

Sou novo no ubuntu e gostaria de ajudar no projeto de tradução... sou um dos coordenadores do projeto Gnome-BR (http://gnome-br.sf.net) e tenho aluma experiência com a dupla dinâmica emacs/po's.. hehehe... queria saber como são feitas as traduções do Ubuntu... existe um cvs pra baixar os pacotes, atualizar os po's traduzir e enviar de volta? como é o processo?

agradeço desde já...

tevaum
Registrado
rclbelem
Visitante
« Responder #2 em: 08 de Abril de 2005, 11:13 »

Você pode utilizar o rosetta
http://launchpad.ubuntu.com/rosetta
é muito simples Piscada
Registrado
holokaustu
Visitante
« Responder #3 em: 08 de Abril de 2005, 12:20 »

Aconselho a usar emacs se a codificação for UTF-8
Registrado
robertobech
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 139



Ver Perfil WWW
« Responder #4 em: 08 de Abril de 2005, 18:27 »

Holokaustu, sou tradutor - não de software, ainda - e me interessei por traduzir algumas coisas para o ubuntu. Acontece que não sei absolutamente nada sobre tradução de software, embora tenha um domínio bem razoável do Linux. Será que você não podia postar um guia básico de tradução, explicando o que são os ficheiros .po, como traduzir no emacs, coisas do gênero? Obrigado pelo tópico...
Registrado

Minha máquina velha de guerra:
ASUS A7S333, CPU Duron 1200Mhz
256MB RAM, HD 40GB
É velha, mas eu gosto :-)

Visitem meu site para técnicos de LINUX, o LINUX para o resgate
holokaustu
Visitante
« Responder #5 em: 08 de Abril de 2005, 18:41 »

Concerteza...

Farei este fim de semana um manual de emacs e de ficheiros .po
Registrado
jalrnc
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 3


Ver Perfil WWW
« Responder #6 em: 11 de Abril de 2005, 15:56 »

Olá a todos. Faço também parte da LoCoTeam portuguesa e venho aqui relatar um pouco da nossa experiência e esclarecer algumas dúvidas que foram colocadas.

Recentemente trabalhámos na tradução dos seguintes documentos que foram incluídos na versão final do Hoary: AboutUbuntu e RelaeaseNotes.

Estes documentos, e todos os outros podem ser obtidos directamente do repositório da documentação (uns 50 ou 60 Mb no total). Há quem use também o Rosetta, mas nem toda a documentação se encontrava lá disponível, e existem alguns problemas de utilização (ver discussão na lista de email ubuntu-doc), por isso usámos directamente o repositório da documentação, que é baseado no subversion, tipo cvs mas segundo muitos para melhor. O seguinte comando cria uma cópia local de toda a documentação existente:

Código:
svn checkout https://docteam.ubuntu.com/repos/trunk ubuntu-docs


Daí obtivémos os templates para o AboutUbuntu e RelaeaseNotes:

Código:
about-ubuntu.pot
release-notes.pot


Estes templates são usados para a versão final traduzida, depois de uma mudança de nome:

Código:
about-ubuntu-pt.po
release-notes-pt.po


Estes dois documentos foram então passando de mão em mão entre o nosso grupo de tradutores, passando por pequenas discussões para clarificação de termos, até todos estarmos satisfeitos e termos a versão final.

Para validar a sintaxe do xml destes documentos usei o seguinte comando para gerar a versão xml:

Código:
po2xml about-ubuntu.xml about-ubuntu-pt.po > about-ubuntu-pt.xml


Em que about-ubuntu.xml é o documento original sem tradução e encontra-se também no repositório. Só depois de validado e sem erros de sintaxe (xml) é que pode ser aceite para "checkin" no repositório da documentação. Não tínhamos muitos, mas ainda precisei corrigir 2 ou 3 mais ou menos triviais mas que impossibilitavam a geração do xml.

Esse "checkin" foi feito através da lista ubuntu-doc, e executado por um dos membros com privilégios de escrita no repositório. Esse processo foi muito rápido, os documentos foram processados imediatamente após o seu envio para a lista.

Ainda antes do "freeze" final foi-nos pedida a tradução de algumas frases noutros dois documentos, e neste caso apenas enviei as frases traduzidas para a lista ubuntu-doc, onde foram imediatamente processadas e incluídas nos seguintes documentos (também existentes no repositório):

Código:
about-ubuntu-pt.omf
release-notes-pt.omf


Quanto ao editor, usei o maravilhoso Emacs com UTF-8. Acredito que devam existir muitas outras alternativas, mas uso muito este editor para programação e portanto foi uma escolha natural.

João
Registrado

Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Powered by MySQL Powered by PHP Tema desenvolvido por FaBMak e n3t0
Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2006-2009, Simple Machines
© 2014 Canonical Ltd. Ubuntu e Canonical são marcas registradas da Canonical Ltd.
XHTML 1.0 válido! CSS válido!