Fórum Ubuntu Linux - PT
02 de Setembro de 2014, 01:14 *
Olá, Visitante. Faça o login ou registre-se.
Perdeu o seu e-mail de ativação?

Login com nome de usuário, senha e duração da sessão
Notícias: Informações da última versão: Ubuntu Linux 14.04 - Trusty Tahr
 
   Home   Ajuda Regras Pesquisa Login Registre-se  
Anúncios
Páginas: 1 2 3 [4]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Ranking das Distros Linux segundo a DistroWatch  (Lida 12966 vezes)
Davidr
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 57


Ver Perfil
« Responder #45 em: 02 de Dezembro de 2011, 00:41 »

Olha, tenho lido bastante sobre o assunto e pelo que ví, o pessoal do gnome rejeitava muitas contribuições do time do Ubuntu, houveram muitas divergências e no final das contas eles "desistiram", como quem diz, "deixa lá, vamos fazer do nosso jeito". Pronto, o Unity que até então estava nas versões para netbook passou a ser padrão também no desktop.

Temos visto muita insatisfação também em relação ao gnome shell, logo, podemos concluir que não tinha mesmo como correr das mudanças.

Sobre a possível queda do Ubuntu, é interessante notar que quem faz essa especulação, em momento algum cita o google trends. Claro, olhando o google trends não há nada de novo, nada que se tranforme em notícia do tipo que gera várias visualizações no site/blog que trás a notícia.
Registrado
rjbgbo
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 3.863

Ubuntu 14.04LTS


Ver Perfil WWW
« Responder #46 em: 02 de Dezembro de 2011, 01:07 »

Uma vez a PCLinuxOS também superou o Ubuntu, foi o mesmo alvoroço.
Ai o guru da dessa distro de 'comunidade' baseada no Mandriva, c/ uma misturada de apt-get do Debian, resolveu se afastar do projeto, pronto. Parou de ser atualizada. Pergunto por onde anda a popularidade dessa distro o hoje em dia.
Será que não pode ocorrer o mesmo no LinuxMint? Talvez isso tenha sido um tiro no pé dessa boa distribuição.
No fim, quem sempre vai prevalecer é turma de sempre: ubuntu, debian, fedora/redhat, opensuse/suse, mandriva, slackware, pardus, archlinux. Enfim as distros que são baseadas em empresas, fundações, governos e mundo acadêmico.
Apesar dessas distros de 'comunidade' fazerem um bom trabalho, acabam não sendo confiáveis e esse troca troca de distro não me agrada muito. Imaginem se uma empresa, vai arriscar uma distro de 'comunidade' tendo N opções de distros fornecidas por empresas e fundações sérias.
Sobre o gnome-shell e o unity, repito todos estão crus, melhoraram muito nas últimas versões, é como nos tempos do desenvolvimento do kde4.

ps. no ranking semanal, o ubuntu, já voltou a 2º lugar. O linuxmint segue segue c/ boa margem na liderança, mas é curiosidade natural de lançamento de uma distro.
Registrado

Linux User #440843 / Ubuntu User #11469 / Não respondo via mp
FAQ: Frequently Asked Questions / Apostilas / Guia de uso: Unity
abdo
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 348


Vasco / O Sentimento não para - Ilha do Governador


Ver Perfil WWW
« Responder #47 em: 04 de Dezembro de 2011, 15:18 »

Sobre o gnome-shell e o unity, repito todos estão crus, melhoraram muito nas últimas versões, é como nos tempos do desenvolvimento do kde4.

ps. no ranking semanal, o ubuntu, já voltou a 2º lugar. O linuxmint segue segue c/ boa margem na liderança, mas é curiosidade natural de lançamento de uma distro.

Concordo com você Ricardo, é apenas uma liderança pontual fruto do lançamento mais recente e lógico de uma procura por outras distros por parte de quem não gostou/aceitou as mudanças do gnome/unity e com mais um detalhe que os mais apressados não deram uma maior importância.
O Mint é um só, ou seja, você acessa mint para buscar gnome/kde/xfce/lxde/fluxbox/lmde ou seja um link para todos os sabores enquanto para o ubuntu é um link para cada sabor separadamente - temos então ubuntu/lubuntu/xubuntu/kubunt/ubuntustudio

Nesta situação o Ubuntu só perde a liderança no curto prazo se olharmos o periodo de 3 meses ou mais o ubuntu ainda é o lider e deverá continuar assim, retomando em pouco tempo a liderança tambem nas pesquisas de curto prazo.

abcs
abdo
« Última modificação: 04 de Dezembro de 2011, 15:20 por abdo » Registrado

Digo não a pirataria. Uso Linux
linuxuser #535930 | ubuntuuser #33887
http://s19.postimage.org/ys9n31xib/userbar.png
14bis
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 1


Ver Perfil
« Responder #48 em: 17 de Janeiro de 2012, 10:02 »

Sou usuário iniciante de Linux. Já testei Debian, Ubuntu, Linux Mint, Zorin, Mandriva, Linux Pardus procurando o melhor para mim. Já tinha experimentado o Ubuntu e Kurumin há muitos anos atrás. Quando instalei o Linux Mint achei muita evolução. Meus drivers funcionaram de primeira. Resolvi instalar ubuntu e depois mais na Origem (Debian). Debian gostei mas não consegui instalar a placa Wirelles Broadcom (e olha que sou teimoso). Não adianta criticar uma distro baseada em que viu no youtube, ou print Screens, ou deu uma olhada no computador de fulando. Para poder argumentar só instalando e usando como eu fiz. Os menu inicial do Mint facilita muito, fechar janelas a direita é mais lógico (analisem). Não sei explicar mas no Mint minha internet ficou muito boa (notebook Compaq Presario C720BR) no ubuntu um terço da velocidade. Como usuário iniciante (portanto sem vícios e "nerdisses") acredito que falta para o Ubuntu incluir um tema original oficial e mudar esse sistema de menu lateral.
Registrado
hugoleal85
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 435



Ver Perfil WWW
« Responder #49 em: 17 de Janeiro de 2012, 11:14 »

Sou usuário iniciante de Linux. Já testei Debian, Ubuntu, Linux Mint, Zorin, Mandriva, Linux Pardus procurando o melhor para mim. Já tinha experimentado o Ubuntu e Kurumin há muitos anos atrás. Quando instalei o Linux Mint achei muita evolução. Meus drivers funcionaram de primeira. Resolvi instalar ubuntu e depois mais na Origem (Debian). Debian gostei mas não consegui instalar a placa Wirelles Broadcom (e olha que sou teimoso). Não adianta criticar uma distro baseada em que viu no youtube, ou print Screens, ou deu uma olhada no computador de fulando. Para poder argumentar só instalando e usando como eu fiz. Os menu inicial do Mint facilita muito, fechar janelas a direita é mais lógico (analisem). Não sei explicar mas no Mint minha internet ficou muito boa (notebook Compaq Presario C720BR) no ubuntu um terço da velocidade. Como usuário iniciante (portanto sem vícios e "nerdisses") acredito que falta para o Ubuntu incluir um tema original oficial e mudar esse sistema de menu lateral.

Também gosto bastante de ambas as distros e utilizo as duas em meu laptop, porém tenho que fazer a defesa do ubuntu aqui.

Quanto a questão do tema original, é uma opção da distro não utilizar um e não vejo como uma falha ou problema a ser resolvido. Simplesmente é a opção tomada pelos equipe da Canonical, o que aliás também é utilizado pelo "outro lado da força" (Windows, Apple, etc...).

Já quanto a barra lateral (unity), caso o colega não goste é só instalar uma outra interface( KDE, LXDE, Gnome, etc...) ou baixar uma das distros derivadas que já vem prontas sem a barra lateral (Kubuntu, Lubuntu, Xubuntu, etc...).

A questão da Internet certamente deve ser algum problema de configuração, pois aqui ambas as distros funcionam com a mesma eficiência. Afinal de contas, o Mint é baseado no próprio ubuntu.

Quanto ao Mint ter realizado várias melhorias e ter sido uma evolução em relação ao ubuntu atual, aí concordo plenamente com o colega, especialmente se levarmos em consideração a utilização das distros em desktops. Ao meu ver as mudanças do ubuntu têm o objetivo claro de focar no mundo dos talets e portáteis.

Abraço.
Registrado

"A prisão não são as grades, e a liberdade não é a rua; existem homens presos na rua e livres na prisão. É uma questão de  consciência." [Ghandi]
Meu blog
Creto
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 2.004


Linux Mint 17 Qiana Xfce


Ver Perfil WWW
« Responder #50 em: 17 de Janeiro de 2012, 19:22 »

Uma vez a PCLinuxOS também superou o Ubuntu, foi o mesmo alvoroço.
Ai o guru da dessa distro de 'comunidade' baseada no Mandriva, c/ uma misturada de apt-get do Debian, resolveu se afastar do projeto, pronto. Parou de ser atualizada. Pergunto por onde anda a popularidade dessa distro o hoje em dia.
Será que não pode ocorrer o mesmo no LinuxMint? Talvez isso tenha sido um tiro no pé dessa boa distribuição.
No fim, quem sempre vai prevalecer é turma de sempre: ubuntu, debian, fedora/redhat, opensuse/suse, mandriva, slackware, pardus, archlinux. Enfim as distros que são baseadas em empresas, fundações, governos e mundo acadêmico.
Apesar dessas distros de 'comunidade' fazerem um bom trabalho, acabam não sendo confiáveis e esse troca troca de distro não me agrada muito. Imaginem se uma empresa, vai arriscar uma distro de 'comunidade' tendo N opções de distros fornecidas por empresas e fundações sérias.
Sobre o gnome-shell e o unity, repito todos estão crus, melhoraram muito nas últimas versões, é como nos tempos do desenvolvimento do kde4.

ps. no ranking semanal, o ubuntu, já voltou a 2º lugar. O linuxmint segue segue c/ boa margem na liderança, mas é curiosidade natural de lançamento de uma distro.
Concordo, mais em termos caro amigo rjbgbo eu penso assim, certo que distros comunitárias podem não ser tão confiáveis pelo fator "ego" e ser difícil mesmo manter uma distro na própria unha como tem vários exemplos, mas também prevalecer somente as ditas distros grandes e com empresas por detrás, ai é que tenho minhas duvidas, pois veja a Mandriva por "N" vezes estave a beira de uma possivel falência (não querendo ofender e direcionar o comentário a alguém, longe de mim) e sempre falando que os funcionários a trairam e está ai a Mageia seguindo firme adiante.

Todos tem suas opiniões e essa é a minha, até porque como muitos dos colegas sabem meus PCs são verdadeiras carroças e é dificil se adaptar ao avanço de algumas delas.

T+
« Última modificação: 17 de Janeiro de 2012, 19:25 por Creto » Registrado

yro
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 3


Ver Perfil
« Responder #51 em: 06 de Fevereiro de 2012, 02:52 »

Bom galera, não sei se minha opinião irá chatear alguém mas...

Ao meu ver, a interface do Ubuntu é ruim para o meu Desktop. Veja bem, aquela interface é baseada no Gnome3 e ambos são horríveis para o meu Desktop. Gosto de usar Desktop "como Desktop". Se eu quiser usar um Tablet ou um note, eu instalo uma interface para tal ou personalizo o Gnome2, LXDE, KDE, XFCE, etc. para ficar adequado À tela e às funções do hardware. Mas para o "meu Desktop" NÃO.

E é aí que o Mint ganha, mas não com o Mint 12, e sim com o Linux Mint Debian, que, apesar de ser "velho" (por ser baseado no debian), possue o Gnome2 como padrão, as mesmas facilidades de toda versão Mint e reconhece tudo que é hardware que espeto no meu Desktop.

Mas.... sempre há um "mas"...

Estou esperando pelo Ubuntu 12.04 pois dizem que será LTS e torço por estabilidade e algumas coisinhas mais (coisinhas que eu estou esperando chegarem ao unite e gnom3), e caso fique "no esquema" derrepente volto pros buntus da vida.

Mas é bem isso mesmo, interface remodelada, suporte a hardware melhorado e "coisinhas" que facilitam (e MUITO) a vida de qquer usuário Linux, que fazem o Mint sobresair quanto ao Buntu.

Particularmente, se for pra eu voltar pro ubuntu, com cerveja vou tirar o unite e por o Gnome 3.2 e, se possível, fazer minhas mudanças pra ficar no esquema pois gosto do visual do novo Gnome, suas fontes, seu estilo de janelas e menus, etc. A não ser que o unite me possibilite remover uma coisinha aqui, outra acolá e deixar ele do jeito que acho que ficaria legal no meu Desktop.

Acho que a Canonical deveria fazer um esquema onde o usuário pudesse escolher entre um unite modelado para notes/tablets/etc, e outro unite modelado para desktops/servidores/etc...
Registrado
garfo
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 822


KDE way of life! :)


Ver Perfil WWW
« Responder #52 em: 06 de Fevereiro de 2012, 08:54 »

Citar
Gosto de usar Desktop "como Desktop"

Concordo com isso. Hoje em dia estão querendo misturar tudo, vide Windows 8 (Metro e Windows tradicional), Mac OS Lion (iOS e Mac OS), e o Unity (claramente uma interface para tablets...).

Pode ser que eles estão indo pelo caminho certo (e acredito que estão, com essa era "pós-pc" cada vez mais perto...), mas ainda sim prefiro usar meu desktop como desktop.
Registrado

Garfo - Kubuntu 14.04
Agnóstico, anti-socialismo/comunismo, pró-liberdade, pró-aborto, pró-open source
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"
vinniciusx
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 103

Kubuntu 13.04


Ver Perfil
« Responder #53 em: 17 de Fevereiro de 2012, 18:58 »

Citar
Gosto de usar Desktop "como Desktop"

Concordo com isso. Hoje em dia estão querendo misturar tudo, vide Windows 8 (Metro e Windows tradicional), Mac OS Lion (iOS e Mac OS), e o Unity (claramente uma interface para tablets...).

Pode ser que eles estão indo pelo caminho certo (e acredito que estão, com essa era "pós-pc" cada vez mais perto...), mas ainda sim prefiro usar meu desktop como desktop.
O Mac OS X Mountain Lion está parecidíssimo com o iOS, os aplicativos "Notas", "Lembretes", "Mensagens" e a central de notificações iOS-like aterrizaram no Developer Preview. Eu também prefiro usar o desktop como desktop, acho que essa mistura mobile+desktop está passando dos limites.
Registrado
Joluca
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 167



Ver Perfil
« Responder #54 em: 18 de Fevereiro de 2012, 19:55 »

Pela minha opinião este tópico já deveria ser encerrado pois data de 08 de novembro de 2011, e a informação divulgada na época persiste. E só ocupa espaço no Forum.
Registrado
Páginas: 1 2 3 [4]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Powered by MySQL Powered by PHP Tema desenvolvido por FaBMak e n3t0
Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2006-2009, Simple Machines
© 2014 Canonical Ltd. Ubuntu e Canonical são marcas registradas da Canonical Ltd.
XHTML 1.0 válido! CSS válido!