Autor Tópico: Número de distros Linux  (Lida 4637 vezes)

Offline Versuri

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 912
  • Linux#436528 ● Ubuntu#9933 MacBook Pro SL 10.6.7
    • Ver perfil
Número de distros Linux
« Online: 29 de MAR?O de 2007, 08:35 »
Pessoal,
Conheço o Linux desde o Kurumin 2.10, Conectiva 9, etc e recebi a notícia ontem do lançamento de uma nova distro Linux (+ uma).

Minha pergunte é simples, essa qtde enorme de distros não atrapalha o desenvolvimento do linux pois se dissolve muito as informações não ficando concentrado?
Vc pode ajudar muito uma distro e derrepente ela desaparecer, veja o caso do Kalango que estava muito bom mas agora pede ajuda. Foruns de algumas distros tem uma qtde [infima de participantes.

Não seria muito melhor ajudar em uma distro que tenha credibilidade e futuro do que, por motivos de opnião e desejo pessoal, participar da criação de uma nova distro?

Existem distros quase idênticas e o que muda é um script a mais, papel de parede e ícones, o conteúdo em si é o mesmo de várias outras. Se vc quer mudar, mude, personalize ao seu gosto, crie seu script e proponha nos foruns, mas para mim, tudo isso não significa um motivo grande e claro para a criação de uma distro.

Mesmo para escolha, existem tantos que vc gasta mais tempo no forum perguntando sobre as diferenças entre uma e outra do que realmente participando com ajuda e sugestões.

Eu sei que para alguns essa diversificação é boa mas para muitas pessoas que não conhecem o linux, ficam perdidos em meios de tantas opções, dificultando até a escolha, eles dizem "Por que o Linux não é organizado e todos não trabalham juntos?".

Bom, não quero somente criticar, vou expor o meu desejo, se todos aplicassem em distros fortes (Ubuntu, Mandriva, Gentoo, Slackware, Debian até mesmo o Kurumin, etc) ao invés de gastarem tempo com opniões e desejos pessoais (para mim é isso que motivo a criação de uma distro), acredito que a comunidade estaria mais unida e não existia tanta concorrência interna.
Que tenham a diferença entre servidores, desktops pessoais fortes e fracos, antigos e novos mas isso não significa uma nova distro.

Coloquem as suas opniões, sem ofender, estamos aqui para escutar e discutir o assunto.
Se vc quiser ter uma idéia da qtde de distros lançadas entre neste site http://shots.linuxquestions.org/ faltam algumas ainda que não estão na lista.

Vlw

boi

  • Visitante
Re: Número de distros Linux
« Resposta #1 Online: 29 de MAR?O de 2007, 09:11 »
Acho que nem vale a pena ficar discutindo isso. Quer você goste ou não, essa diversidade é uma característica do Linux e do software livre, e não há como mudar isso. E o desenvolvimento dos softwares livres é mesmo caótico, nada impede uma pessoa de criar seu próprio software, mesmo que já existam milhares de outros iguais. Forks acontecem a todo momento. Por exemplo, um grupo de desenvolvedores não estava satisfeito com XFree86 e decidiu criar um fork, o X.Org, que hoje em dia superou o XFree86 e é usado por praticamente todas as distros. O mesmo aconteceu com o Compiz e o Beryl, que agora parece que vão se juntar novamente. É assim que as coisas funcionam no mundo do software livre , e não tem como ser de outra maneira.

Offline rodox12

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 304
  • Coisinha fofa!
    • Ver perfil
Re: Número de distros Linux
« Resposta #2 Online: 29 de MAR?O de 2007, 10:06 »
foi isso que eu falei em um topico sobre o epidem linux...todas as distros pequenas diviam se juntar e formar uma bagasa soh...
Temos que fixar o bug #1.

Offline Madrigal

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 838
    • Ver perfil
Re: Número de distros Linux
« Resposta #3 Online: 29 de MAR?O de 2007, 10:21 »
Uma certa doze de diversidade é bom realmente, mas o que está acontecendo é um exercício de ego, as pessoas em vez de cooperarem entre si, ficam criando novas distros e softwares.

Pouquíssimas pessoas de fato respondem perguntas nos fóruns, só querem saber de perguntar e receber as respostas, sem se preocuparem de também contribuir. Isto é um reflexo do que acontece também no desenvolvimento dos softwares, só o criador e uns gatos pingados de fato cooperam para o desenvolvimento.  Quantas pessoas por aqui, que saibam alguma outra língua, por exemplo, de vez em quando traduz algo no https://launchpad.net?


Isso também é culpa dos responsáveis pelos projetos que não dão oportunidade clara para qualquer um contribuir. Já fui rejeitado num projeto de tradução para o Esperanto por não saber inglês, mas eu poderia perfeitamente traduzir do português ou francês.

Achei muito interessante uma conversa que eu tive com o criador da distro Big Linux, segundo o Bruno, o Big "não tem futuro", no sentido de se tornar uma distro em grande escala. A intenção é que as boas funcionalidades do Big, se incorporem ao (k)ubuntu e outras, parece então que ele criou a distro como uma espécie de laboratório, e não para ser só mais uma distro.

Isto demonstrou uma humildade bacana por parte dele. Algo que falta nos desenvolvedores em geral.  8)




Offline maudy

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 481
  • Darth Tux
    • Ver perfil
    • Dicas para iniciantes no Ubuntu
Re: Número de distros Linux
« Resposta #4 Online: 29 de MAR?O de 2007, 10:32 »
O que eu vejo são distros focadas para públicos específicos (multimidia para uns, técnico para outros e etc...). Conheço uma distro que o cara inventou um script ferrado que aumenta a velocidade a sei lá quantos gigabytes de inicialização mas não teve apoio de nenhuma distro "famosa" para incorporar sua idéia.

Ele acabou criando sua distro só para testar seu script novo. Hoje ele dispõem gratuitamente o script para quem quiser, mas ninguém liga. So?

Podem existir várias distros por aí... sempre será assim, e sabem pq? Pq todos focam na criação da distro, na confecção do visual da distro, no fórum, no site e em encontros ... mas não vejo ninguém gastar 1 real em propaganda da distro! Ou seja, muito barulho por nada.

Ubuntu faz sucesso porque alguém gastou algum dinheiro.
Abs!

Offline cavera37

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 107
    • Ver perfil
Re: Número de distros Linux
« Resposta #5 Online: 29 de MAR?O de 2007, 10:41 »
eu axo  q os desenvolvedores deviam de certa forma se  uni e pega as partes boas de cada distro e tenta implementa em uma so porque é como  o maudy disse o cara crio uma distro so pra testa o seu script   mas imagina se todos se unissem e criassem um produto com a qualidade boa de cada  distro  nao teriamos mais tantos problemas

Offline alexmatos

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 792
  • Arch Linux / Ubuntu 7.04
    • Ver perfil
Re: Número de distros Linux
« Resposta #6 Online: 29 de MAR?O de 2007, 11:37 »
Ao meu ver existe um pouco de jogo de egos aí. Muitas vezes o cara tem uma idéia boa e sugere pros desenvolvedores, que por arrogância, negam. Aí o cara vai e cria uma distro nova. Tem muito disso por aí.

Offline Versuri

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 912
  • Linux#436528 ● Ubuntu#9933 MacBook Pro SL 10.6.7
    • Ver perfil
Re: Número de distros Linux
« Resposta #7 Online: 29 de MAR?O de 2007, 11:56 »
Imaginem o trabalho para criar uma distro, dar suporte para vários tipos de hardwares, ajudar nos fóruns com resoluções de problemas, etc e tudo isso sem ter capital suficiente para manter a distro por muito tempo.

Uma hora ou outra vc vai começar a precisar de dinheiro para o seu computador, envio de CDs, testes e, principalmente, muitas pessoas empenhadas em ajudar.
Criar um distro é fácil o problema é conseguir mantê-la, não vejo motivos para criar uma distro, acredito que vc possa configurar e personalizar uma distro forte para o seu modo, conforme a sua necessidade mas sem criar um nome novo e mais um fórum de discussão.

Por isso que prefiro as distros com mais renome pois sei que a comunidade é mais forte, posso ajudar como recebo ajuda mais facilmente e rapidamente devido ao número de pessoas envolvidas na mesma distro além, é claro, uma empresa que tenha capital para sustentar tudo isso, poder ver que o seu trabalho, mesmo voluntário, não está sendo jogado fora.

Muitas pessoas que ajudaram no Conectiva foram contratadas após a fusão com o Mandrake, formando o Mandriva. Vcs acham que estas distros pequenas podem pensar algo assim no futuro? Eu acho que não.

Para mim, a criação de uma distro está mais voltado para a elevação do próprio ego (criei uma distro) do que solucionar vários problemas que o Linux ainda enfrenta.

Offline nq6

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 35
    • Ver perfil
    • Linux ubuntu & Afins
Re: Número de distros Linux
« Resposta #8 Online: 29 de MAR?O de 2007, 12:22 »
O maior problema é a falta de padrão, coisa que o Windows tem. Qualquer um pode por telefone fazer uma coisa juntamente com a pessoa do outro lado da linha sem complicações. Pois o painel de controle do Windows é o mesmo, as soluções para se resolver a configuração de internet é a mesma, os arquivos de sistema estão presentes em todos os Windows.

Só que no Linux não é assim, casa distro adota um pacote diferente, o RPM do SUSE não serve para o Fedora e vice versa. O pacote DEB do Debian não serve nos distros que não são derivadas deles.

Tem distro que usa lilo, outra usa grub, outra usa grubfx e por ai vai. Cada uma tem uma estrutura de diretórios que apresenta alguma peculiaridade, painéis de controles específicos, maneiras de se resolver o mesmo problema de diferentes maneiras.

Dependendo da distro uma simples configuração de internet pode ser feitas de milhares de maneiras diferente, pois isso vai depender da distro.

Como você vai ligar para seu primo no interior e fazer essa configuração passo a passo com ele, se o distro dele é diferente da sua, com caminhos e soluções diferentes.

Esse é o grande problema do Linux, as diferenças, competições, vaidades e soberba.
http://nq6.blogspot.com/
Linux ubuntu & Afins - Um blog com muitas dicas, perfeito para quem está começando.

Offline samuelbh

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 582
    • Ver perfil
Re: Número de distros Linux
« Resposta #9 Online: 29 de MAR?O de 2007, 14:25 »
Eu acho que será um caminho natural algumas distros se juntarem. Atualmente tenho 4 distros instaladas no meu pc, sem contar as que tenho gravadas em CD. 3 delas já estão se juntando (BIG LINUX e Freespire com o Ubuntu), além do Opensuse 10.2.

Como nosso amigo disse mais em cima, o BIG é uma distro muito boa, mas a intenção do Bruno é criar um painel de controle facilitado para várias distros, entre elas o Ubuntu. Mas é o BIG que uso nas tarefas de configuração mais complicadas.
Assinatura removida pela Equipe do Fórum

Offline AlexBR

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 388
    • Ver perfil
Re: Número de distros Linux
« Resposta #10 Online: 29 de MAR?O de 2007, 17:35 »
Criar uma distribuição é uma forma de se ganhar dinheiro com software livre. As vantagens do software livre são óbvias para quem usa o software, mas.. e para quem vende? Como fazer para ganhar grana? Uma alternativa é na forma de serviços. Daí.. vem a ideia de muitas empresas de criar uma distribuição na esperança que ela se torne popular algum dia e possa dar dinheiro aos seus desenvolvedores.

É claro! Sempre há aqueles que fazem uma distribuição nova só pra ficarem "sabidos", por curiosidade, por diversão.

Particularmente, eu acho que o mundo seria uma lugar bem melhor de se viver se houvesse uma única distribuição linux. Poderia ser a família Ubuntu, Kubuntu e Xubuntu. :-)