Autor Tópico: Netflix abre código fonte da biblioteca Hystrix  (Lida 836 vezes)

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Netflix abre código fonte da biblioteca Hystrix
« Online: 29 de Novembro de 2012, 12:03 »
O Netflix acaba de anunciar uma mudança importante: ao invés de simplesmente liberar as ferramentas utilizadas para testar a elasticidade dos serviços em ambiente de nuvem que estruturam a empresa de streaming de vídeo, agora deve passar a abrir o código da biblioteca que usa para desenvolver a engenharia deste ambiente. O Hystrix é uma biblioteca licenciada Apache 2 que os engenheiros da Netflix têm desenvolvido ao longo de 2012 e que tem sido adotada por muitas equipes dentro da empresa. Ela é projetada para gerenciar a interação entre serviços distribuídos e conferir mais tolerância à latência dentro destas conexões, bem como no que diz respeito às falhas inevitáveis ​​que possam vir a ocorrer.

A biblioteca isola pontos de acesso entre os serviços e depois interrompe quaisquer falhas em cascata entre eles. O Hystrix usa um padrão Command para executar ou colocar objetos Command em fila e avaliar se o circuito para o serviço ao qual o comando é destinado está em operação. Este pode não ser o caso quando o Hystrix chama uma quebra de circuito (circuit breaker) que tenha sido desencadeado deixando-o “aberto”. Quebras de circuito podem ser alocados em um sistema para tornar mais fácil de disparar um failover coordenado. A biblioteca também verifica a existência de outros problemas que possam impedir a execução do comando.

Se há um problema ou o circuito estiver “aberto”, um fallback é requisitado e, se implementado, é executado. Se não houver nenhum problema, o comando é executado em uma thread. O processo é descrito na documentação Hystrix na seção “How it Works” (como funciona). A documentação também inclui o “Getting Started” (introdução) e guias “How to Use” (como usar) para bibliotecas Java.

A diretoria do Netflix planeja lançar um painel em tempo real para monitorar o Hystrix em um futuro próximo, que apresentará o status das quebras de circuito em um sistema e métricas sobre os dados trafegados através deles. O código fonte do Hystrix encontra-se disponível no repositório Github da Netflix.

FONTE: Linux Magazine OnLine
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz