Autor Tópico: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.  (Lida 20216 vezes)

Offline Ioca100

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.848
  • Rio,Brasil
    • Ver perfil
Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Online: 29 de Julho de 2013, 14:38 »
SEATTLE -" A morte do computador pessoal pode ser um exagero. Mas a indústria de computadores pessoais parece estar no limbo. O PC irá quase certamente enganar a morte por algum tempo, e uma das alternativas são os novos lançamentos que começam a chegar ao mercado.

É verdade que os dispositivos móveis como o iPad continuam ganhando espaço, mas os dispositivos portáteis provavelmente nunca irão satisfazer mestres de planilhas, editores de filmes e outros trabalhadores que dependem múltiplas telas e da precisão de um teclado e do mouse.

Ainda assim, há uma forte opinião entre muitos executivos do setor de tecnologia de que o PC irá perder relevância progressivamente.

"Na minha humilde opinião, o PC como o conhecemos está em um declínio contínuo e sendo relegado a um dispositivo de utilidade para as empresas ", disse Hector Ruiz, ex-executivo-chefe da Advanced Micro Devices, empresa que produz chips para PCs e outros dispositivos.

Futuro incerto. O clima em torno da indústria do PC tornou-se cada vez mais sombrio. O negócio está efetivamente em recessão, e não há recuperação à vista. Durante o segundo trimestre do ano, as vendas mundiais de computadores caíram cerca de 11%, no quinto trimestre consecutivo de declínio, a pior crise desde o advento do PC há mais de 30 anos.

A Intel, fornecedora dos chips da maioria dos PCs, e a Microsoft, que faz o Windows, sistema operacional da grande maioria dessas máquinas, entregaram resultados financeiros decepcionantes.

A grande revisão de software da Microsoft, o Windows 8, não aumentou as vendas e pode provocar efeito contrário ao esperado.

A outrora poderosa Dell, profundamente enfraquecida pela crise PC, está atolada em uma luta com acionistas em torno de um plano para alívio da pressão dos investidores.

Michael S. Dell, fundador da empresa, e a empresa de investimento Silver Lake, têm argumentado que eles iriam transformar a Dell em prestadora de serviços de software corporativo. A votação sobre o futuro da empresa é esperado para esta semana.

Concorrência. Enquanto as vendas de PCs para as empresas permanecerem estáveis, a demanda entre os consumidores caiu, em grande parte porque as pessoas estão preferindo gastar dinheiro em iPads, Kindle e outros tablets e celulares inteligentes.

Ainda assim, mais de 300 milhões de PCs devem ser vendidos no munto este ano. As vendas de tablets, enquanto isso, crescem explosivamente. Este ano, serão cerca de 200 milhões de unidades, número que pela primeira vez vai exceder o número de notebooks, a maior categoria de PCs, segundo pesquisa da Gartner.

Steve Jobs, o executivo-chefe da Apple, que morreu em 2011, previu alguns anos atrás que os PCs se tornariam algo como caminhões, usados por muitas empresas, mas em desvantagem em relação aos tablets, preferidos pelo grande público.

Uma teoria é a de que os consumidores estão postergando cada vez mais a compra de novos Pcs. "Ciclos de reposição estão sendo empurrados para a frente", disse Toni Sacconaghi, analista da Bernstein Research.

A visão mais pessimista é que uma grande parte da demanda dos consumidores por PCs nunca vai voltar. Daniel Huttenlocher, reitor da Universidade de Cornell, diz que os consumidores começaram a comprar PCs em grande número na década de 1990, porque não existia melhor dispositivo para entrar no Internet.

Mas o PC, disse ele, era sempre mais adequado como uma máquina de escritório para a produção de documentos, apresentações e outros trabalhos. Na sua opinião, tablets são melhores para o consumo de
conteúdo, ver filmes no Netflix ou navegar na Web.

No primeiro trimestre, 53% das vendas de computadores foram para o mercado consumidor enquanto 47% foram para o mercado comercial, estima a empresa de pesquisa IDC.

Muitos consumidores ainda vão preferir um PC para tarefas como edição de vídeos caseiros e escrever documentos. Mas tablets já estão invadindo o reinado dos PCs em muitos nichos profissionais, desde manuais de voo para pilotos até caixas registadoras em restaurantes.

Perdas. As grandes empresas da indústria de PC - especialmente a Microsoft e Intel - vão perder com o declínio do negócio. E a resposta para essas companhias é simples: redefinir o PC para torná-lo mais leve e portátil.

A Microsoft projetou o Windows 8 para funcionar bem em dispositivos touch-screen. Se o usuário preferir, ele pode optar pela interface clássica do desktop com mouse e teclado.

A Intel, por sua vez, aperfeiçoou seus chips para que eles sejam mais parcimoniosos no consumo de energia, requisito importante para dispositivos móveis.

As mudanças deram origem a um frenesi de cruzamentos em dispositivos, aproximando as fronteiras entre PCs e tablets. Agora, há notebooks que se transformam em tablets. Muitos notebooks vêm com telas sensíveis ao toque para saltar rapidamente entre diferentes modos de operação.

Microsoft e Intel estão apostando que os dispositivos que saem nos próximos meses vão finalmente começar a trazer os compradores de Pcs de volta às lojas.

A Microsoft planeja lançar uma nova versão de seu sistema operacional, o Windows 8.1, que responde às reclamações dos clientes em relação à versão anterior.

"Veremos nos próximos meses muito mais projetos dos fabricante de PC", disse Adam King, diretor de marketing de produto da Intel."




Matéria copiada deste endereço.
Usuário Linux- 449417

Offline haereticus

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 975
  • Xubuntu 12.04.2 x64
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #1 Online: 29 de Julho de 2013, 14:51 »
Trocar um computador por um tablet soa como utopia.

Acho um lixo os tablets e celulares touch screen para produtividade.
Notebook: Samsung 305E4A-BD1 - AMD A6-3420M (Quad Core) @2.4GHz - Radeon™ 6520G 512MB - 8GB - HD 500GB - 14” LED HD - HDMI - Bluetooth - Webcam 1.3 HD - Base CoolerMaster Notepal Ergostand - Mouse X7 Oscar 750bk 3200dpi.

Sony Xperia L - Android 4.1.2

Offline linuser104

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 838
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #2 Online: 29 de Julho de 2013, 15:00 »
Trocar um computador por um tablet soa como utopia.

Acho um lixo os tablets e celulares touch screen para produtividade.

Ia dizer a mesma coisa que você, mas como a maior parte de usuários utilizam PCs para apenas para consumo de mídia (diversão) pode ser mesmo que o tablet "roube" consumidores ao ponto de PC Desktops virarem coisa do passado.

Meu medo, já que não troco notebooks/PCs por Tablets/Smartphones, é o preço dos microcomputadores se tornarem caros, algo nos moldes dos anos 90 já que a procura será menor e então os microcomputadores passariam a ser algo mais das empresa, para trabalho e não domésticos.
Linux = Quem realmente gosta de computador; Mac = Artista Digital; Windows = A maioria que votou no Tiririca [pior que tá não fica].

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #3 Online: 29 de Julho de 2013, 15:11 »
Até mesmo em ambientes corporativos os tablets podem ser mais produtivos do que os próprios notebooks. Tudo isso depende do nicho em questão.

Exemplo: para editores de vídeos e imagens, os desktops/notebooks smpre serão preferências. Mas para representantes de vendas, corretores de imóveis, profissionais da área de ações, e até mesmo na área de TI, tablets apresentam uma mobilidade e um conforto muito maior.

Pessoas que necessitam viajar constantemente, o tablet e/ou smartphone suprem perfeitamente as suas necessidades.

Ou seja, o mercada está aberto a todos os tipos de equipamentos tecnológicos e não existirá mais essa corrida ao ouro como foi nos anos 90 em busca de uma única plataforma... acredito que essa mudança seja algo positivo...!!!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline Ioca100

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.848
  • Rio,Brasil
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #4 Online: 29 de Julho de 2013, 15:19 »
Impressionante como as crianças estão se acostumando com smartphone e tablets.Meu neto de três anos e meio joga no smartphone e no tablet , o pc já fica mais difícil para eles. Este final de semana compareci a uma festa de aniversário e quando estava saindo, para minha surpresa, a garotada estava reunida com seus smartphones, tudo jogando.Novo mundo.
« Última modificação: 29 de Julho de 2013, 15:26 por Ioca100 »
Usuário Linux- 449417

Offline pylm69

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 476
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #5 Online: 29 de Julho de 2013, 15:52 »
 Minha irmã de 9 anos quer um tablet, esse mundo ta mudando mesmo.
Rolling Release é o máximo \o/

Offline NBPX

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 179
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #6 Online: 29 de Julho de 2013, 16:10 »
Trocar um computador por um tablet soa como utopia.

Acho um lixo os tablets e celulares touch screen para produtividade.

Se puder ligar tablets e smartphones em monitores, teclados e mouses e adicionar um bom desempenho como a Canonical pretende não. Dentro de pouco tempo abandonaremos totalmente os desktops e os dispositivos móveis agregarão a sua função.

Se não ocorrer pelas mãos da Canonical vai ocorrer através de um unfork do Chrome OS e do Android pelas mãos da Google. O pessoal do iFixit teve certa dificuldade para definir se o ChromeCast era Chrome OS ou Android. Isso pode ser um prelúdio.
« Última modificação: 29 de Julho de 2013, 16:20 por NBPX »

blackwinds

  • Visitante
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #7 Online: 29 de Julho de 2013, 16:15 »
Concordo com o haereticus,acho isso meio dificil de acontecer,sem contar que não sou muito fã de tablets.

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #8 Online: 29 de Julho de 2013, 16:38 »
Trocar um computador por um tablet soa como utopia.

Acho um lixo os tablets e celulares touch screen para produtividade.

+1

Muito mi mi mi mi de que tablet vai substituír PC e blá blá blá..
Quero ver isso acontecer.  ;)
« Última modificação: 29 de Julho de 2013, 16:40 por Renan Rischiotto »

Offline pylm69

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 476
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #9 Online: 29 de Julho de 2013, 16:39 »
 Já vi um acessório que permitia "qualquer" smartphone trabalhar com um monitor, igual o dock do motorola atrix fazia, se eu encontrar ele eu mando o link.
Rolling Release é o máximo \o/

Offline Arthur Bernardes

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4.692
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #10 Online: 29 de Julho de 2013, 16:44 »
Será mesmo que os tablet's substituirão os desktops?

Vamos ver, um tablet/smartphone trabalhar como servidor. ;D

A internet depende de servidores!! :D

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #11 Online: 29 de Julho de 2013, 16:47 »
Será mesmo que os tablet's substituirão os desktops?

Vamos ver, um tablet/smartphone trabalhar como servidor. ;D

A internet depende de servidores!! :D

Que isso Arthur, tablets são o futuro, no futuro os servidores serão tablets, você comerá tablets, tablets evitarão a sua morte, você poderá dominar o mundo com um tablet  ;)

Offline linuser104

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 838
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #12 Online: 29 de Julho de 2013, 16:48 »
Até mesmo em ambientes corporativos os tablets podem ser mais produtivos do que os próprios notebooks. Tudo isso depende do nicho em questão.

Exemplo: para editores de vídeos e imagens, os desktops/notebooks smpre serão preferências. Mas para representantes de vendas, corretores de imóveis, profissionais da área de ações, e até mesmo na área de TI, tablets apresentam uma mobilidade e um conforto muito maior.

Pessoas que necessitam viajar constantemente, o tablet e/ou smartphone suprem perfeitamente as suas necessidades.

Ou seja, o mercada está aberto a todos os tipos de equipamentos tecnológicos e não existirá mais essa corrida ao ouro como foi nos anos 90 em busca de uma única plataforma... acredito que essa mudança seja algo positivo...!!!

Nessa questão aí ainda sou mais um ultrabook (de verdade), pois tem anúncios por aí de notebooks definidos como ultrabook que ao meu ver não são.

Quanto a celular que é computador (Canonical com o Ubuntu touch), sei não, já imagino um celular/computador sendo roubado por aqui, pois quase não podemos nem sair com um simples celular nas ruas que dirá um que é computador ao mesmo tempo. Lá se vai todo o seu conteúdo na mão dos larápios. rsrsrs.

Pelo que vejo celular está virando Tablet e Tablet está virando computador...

Linux = Quem realmente gosta de computador; Mac = Artista Digital; Windows = A maioria que votou no Tiririca [pior que tá não fica].

Offline Arthur Bernardes

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4.692
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #13 Online: 29 de Julho de 2013, 16:54 »
Que isso Arthur, tablets são o futuro, no futuro os servidores serão tablets, você comerá tablets, tablets evitarão a sua morte, você poderá dominar o mundo com um tablet  ;)

Renan, você só pode estar brincando né?!! ;D ;D

Offline linuser104

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 838
    • Ver perfil
Re: Computador busca sobrevida diante da ameaça dos tablets.
« Resposta #14 Online: 29 de Julho de 2013, 16:58 »
Será mesmo que os tablet's substituirão os desktops?

Vamos ver, um tablet/smartphone trabalhar como servidor. ;D

A internet depende de servidores!! :D

Bem acho que ninguém falou uma sandice dessa. Computador desktop sempre vai existir, mas num nicho de mercado que seria servidores, estações de trabalho em empresas.

O foco sairia do doméstico para o profissional, como no passado, deixando de ser acessível ao público em geral, pois esse pode ser suprido num futuro (e talvez) apenas pelos tablet e smartphones multifuncionais já que o interesse por computadores tem diminuído.  

Agora torço pela vida longa dos PCs (domésticos e com preços acessíveis), já que não me animo com tablets e smartphones.
Linux = Quem realmente gosta de computador; Mac = Artista Digital; Windows = A maioria que votou no Tiririca [pior que tá não fica].