Autor Tópico: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas  (Lida 30077 vezes)

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #15 Online: 30 de Julho de 2013, 19:23 »
Discordo de ti Renan, nunca tive uma mensagem de erro com o Ubuntu.

E uma vez vi um amigo reclamando dessas inúmeras mensagens, recomendaram desativar ou desinstalar o Apport

Por exemplo, o Ubuntu já chegou a travar total mesmo (sem motivo), acho que nem o console funcionava (Ctrl + Alt + F1).
Só resetando com o "dedão" no gabinete.

Fora a versão 13.04 do Ubuntu que esses dias não queria simplesmente desligar.

Não uso o Windows mais, mas verdade seja dita: nunca deu uma travada dessas no Windows pelo que me lembro, nem erro de aplicativos (exceto o IE claro ;))
« Última modificação: 30 de Julho de 2013, 19:26 por Renan Rischiotto »

Offline Arthur Bernardes

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4.692
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #16 Online: 30 de Julho de 2013, 19:29 »
Já tive inúmeros travamentos e erros com o Window$, mesmo no meu notebook.

No Ubuntu 12.04.2 pelo menos não tive erros.

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #17 Online: 30 de Julho de 2013, 19:54 »
Citar
No Ubuntu 12.04.2 pelo menos não tive erros.

Essa versão realmente está bem sólida. Final de agosto teremos o 12.04.3. :)


Quanto ao autor do tópico: e aí? Vai instalar antivírus mesmo no ubuntu?  :o
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #18 Online: 30 de Julho de 2013, 19:57 »
Citar
Essa versão realmente está bem sólida. Final de agosto teremos o 12.04.3.

Estou ansioso pela versão 14.04 que já vai estar com o Mir :) (talvez não 100% implementado, mas já é alguma coisa  ;D...)

Offline cafcaf777

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #19 Online: 31 de Julho de 2013, 02:07 »
O Ubuntu e mais seguro que o Windows com as "suites" de segurança pode ter certeza.

Seguindo a sua logica sim, todo sistema e passivel de ser invadido, e so vc ficar de olho nos alertas de segurança de sites especializados, saem quase que todos os dias, vulnerabilidades fresquinhas para serem exploradas. Ha brechas que ficam abertas muito tempo ate as empresas fazerem as correçoes, ate la o estrago esta feito. Mas convenhamos, se vc tivesse capacidade de usufruir desses dados nao estaria aqui perguntando isso.... : )

Os programas que sao isntalados vem de um repositorio proprio, oficial, portanto os pacotes sao confiaveis. No Ubuntu vc nao sai por ai isntalando qualquer coisa.

Pode acessar o seu home-bank tranquilo com o Ubuntu. Quando iniciei no Linux tbm tinha essa preocupação, se intere sobre o sistema e vera que todos os processos e atualizações tem criterios rigorosos, o maior problema ainda continua a ser o usuario final.

Olá,

Por acaso, sim, embora tenha começado a  usar recentemente o Ubuntu já saí por aí instalando várias apps para conseguir ter programas que realizem as mesmas tarefas que realizo habitualmente no windows.

Recordo-me que instalei um monte de coisas só para tentar fazer com que o Google Earth funcionasse, no final disso tudo continua não funcionado, mas isto é só um exemplo.

Está a ser um pouco medonho instalar apps não conhecidas e com um "look" não tão profissional como estou habituado a ver, apps bastante conhecidas popularmente e com muito feedback positivo, por outro lado a própria loja de apps do Ubuntu parece medonha, mas certamente me acostumarei, no entanto receio que de um dia para o outro surja uma noticia como sucedeu com a Play Store do Android - Loja de Apps do Ubuntu é na verdade um poço cheio de vírus ;D


Para um usuário que precisa de utilizar a Internet para realizar pagamentos, fazer transições de dinheiro, trocar documentos importantes e pessoais diariamente, o que será mais apropriado:

O S.O. Ubuntu sem suites de segurança reconhecidas como as da Kaspersky, Bit-Defender, etc

ou

O Windows com suites de segurança reconhecidas como as da Kaspersky, Bit-Defender, etc?

Qualquer um é seguro. O problema não reside no sistema, mas como é feito o tunelamento encriptado entre maquina do usuário e instituição financeira.

No caso de troca de documentos, nada é seguro se o documento não for encriptado ou protegido por senhas.

Lembre que a comunicação na rede passa por varias maquinas até chegar ao destinatário, o que compromete a segurança de todas as formas, não importando o sistema.

Sim estou ciente disso e concordo.


-O problema aqui afasta-se um pouco da questão se S.O é vulnerável ou não, ou se é mais vulnerável ou menos, mas sim se há segurança na Web, se há segurança no Email, se as ferramentas disponíveis que ajudam a proteger-nos de rasteiras como o phishing ou outras estão a cumprir o seu papel.

Correto! Não há segurança na web, de forma alguma.

Porém em relação aos sistemas, o usuário é o mais vulnerável devido a ser levado a crer, por qualquer motivo, em engenharia social.

Recebes um e-mail de seu primo (pai, mãe, etc.) solicitando abrir determinado arquivo sem verificar se seu primo foi o verdadeiro agente da mensagem. Ao abrí-lo sem conhecimento, pode sim receber um ataque de phishing ou um trojan.

No momento de acessar bancos, use uma conta convidado no GNU/Linux, pois ao fim da sessão, absolutamente tudo de "convidado" será removido do sistema. Simples assim.

Eu denoto com bastante regularidade as tentativas fraudulentas de engenharia social, há muitas fáceis de perceber e não cair nelas.
A exemplo posso citar o email que recebi hoje de um suposto banco Brasileiro onde supostamente eu tenho uma conta bancária e preciso de actualizar os meus dados bancários caso contrário algo de mau acontecerá à minha conta. Essa é de caras pois eu não tenho conta em nenhum banco brasileiro, porém há engenharia social mais apurada, mais eficaz, mais "perfeita", essa sim é a que eu temo, e embora eu saiba ter uma posição na Web bastante sensata, perspicaz e cautelosa sem um "braço direito" não sinto tanta confiança. Partilho a mesma opinião, a opinião em que nós (os usuários) somos o ponto principal para evitar problemas desse género, mas sem um apoio (Ferramenta de segurança adicional), não me sinto tão confortável. Sendo o problema a Web não o Ubuntu. Mas certamente não haverá muitos mais argumentos para produzir aqui, pois eu não acredito na imunidade do Ubuntu.


Penso que compreendo a arquitectura do Ubuntu ou a forma como ele trabalha (e segundo a sua opinião) é mais segura por não termos o acesso directo como se fossemos administradores, ou seja se pretendo fazer uma alteração como por exemplo instalar uma aplicação nova terei de confirmar a mesma e colocar a password para realizar essa modificação, no entanto isto não será corruptível também?

Dificilmente será corruptível, mormente no Ubuntu, que utiliza o arquivo de senhas encriptado com chaves.

Evidente, que se deixas sua maquina ligada a rede 24 x 24 horas por meses, um ataque é possível. Mas um usuário domestico fica conectado por, digamos, 24 a 36 hortas para baixar um filme pela rede. Este tempo não é suficiente para uma invasão.

Não é a palavra de passe que faz o sistema seguro, mas a forma como ela é utilizada.

[]'s

Sim, não será certamente pelo tempo que estarei conectado que serei vitima de algo.

Iniciarei uma fase de testes mais profunda com o Ubuntu, embora não continue convencido que esteja mais seguro, terei que ver por mim mesmo o quão "Bannarizado", "Spammado" e reencaminhado para sites não fidedignos vou ser por não ter o meu fiel companheiro dos últimos anos KIS.


Kkkkkkkkkkkkk Suites de proteção para gnu/linux ?

Isso soa como utopia e pode ser motivo de chacota caso você cite isto em algum evento ou em público ao redor de usuários do sistema.

---

Ubuntu ou distros gnu/linux não são seguras só porque tem percentual baixo de usuários, quem criou esta teoria provavelmente é usuário do windows.

A diferença grande é que quando uma vulnerabilidade é descoberta o update de correção é liberado em poucos dias ou até mesmo horas depois de sair em público. Enquanto que na Microsoft tem bugs que tem cerca de 17 anos e não foram corrigidos até hoje.

---

Desencana que Gnu/linux não é o queijo suiço do windows.



Olá,

kkkkkkkkkk "to nem aí, mas nem é motivo para chacota, pelo menos aqui não foi, pois certamente estou a lidar com pessoas humildes e adultas.

Quanto a Bugs, problemas, falhas, whatever o histórico da Microsoft já é notável e continua a ser pois até actualmente após lançar o Windows 8 seguiu-se imediatamente o primeiro SP.

Com o Ubuntu talvez seja melhor, talvez não, enfim, ou se acredita ou se descobre utilizando.



Leitura recomendada:

Software livre contra o Grande Irmão que está te observando.

Quanto a segurança, já tive também a minha paranoia logo quando cheguei no Ubuntu: Configuração do Snort em Desktop Cliente. Hoje, uso somente o firewall padrão ativado e mantenho o sistema operacional sempre atualizado.

Colega, na boa! É muito mais importante se preocupar com as brechas de segurança que o flash da Adobe e o Java da Oracle proporcionam ao sistema operacional do que com ele em sim (no caso do GNU/Linux). Se possível for, nem instale eles no seu computador, aí sim estará seguro em definitivo!

Olá,

Agradeço as recomendações de leitura, embora já tivesse um certo conhecimento da primeira, gostei do conteúdo.

Sim, desde o ano passado que dispenso o Java completamente, embora o tenha instalado para testar o seu desempenho com o Ubuntu, mas o flash é essencial, maldito Youtube! Eheh :D



Vou dizer novamente,nunca precisei de antivirus no Linux,tenho uma hd externa com musicas,videos e documentos.uso ela tanto no Linux,quanto no windows eo antivirus que tenho instalado no windows nunca acusou virus nenhum,comecei a usar Linux pois não aguentava ficar formatando o computador por causa do windows usei um monte de antivirus e não vi um sequer que não deixa-se passar um virus pra acabar com tudo.

Olá,

O que levava você a formatar tantas vezes o Windows? Problemas com virus? Pergunto pois nem me recordo da ultima vez que tive que formatar o Windows XP, Vista ou Seven por necessidade, mau desempenho, ou problemas com virus.



Mano, estava passando e resolvi para para ler...

Assim como o outro mano aqui, uso ubuntu desde 8.04 nunca precisei de antivirus, firewal ou coisa parecida...livre leve e solto.
Ja vi gente instalando antivirus, vi sim mas so pq na rede tinha alguns pcs com rwindows, dai para ¨colaborar¨ com os escravos da microsoft instalaram, mas eu ja trabalhei em rede e tinha 50% dos pcs com ubuntu, nunca nunca nunca tivemos problema nem com virus nem com compartilhamento de arquivos e impressoras.

O que acontece parceiro, é que a microsoft põe esse ¨medo¨ nas pessoas. Claro não é a microsoft em si...mas enfim ela ¨colabora¨

Faça a experiencia, eu parei, cansei de virus, de: ¨não responde¨, congelamentos sem sentido, atualizar antivirus, spywares, malware, eu queria viver sem medo, e o ubuntu me proporcionou tudo que eu sempre pensei de sistema operativo...impossivel retroceder...

Olá,

Livre, leve e solto, e acrescento - gratuito! (isto se não pretendia dizer o mesmo com livre). Gostei da opinião e já estou em experiência, mas por causas diferentes das suas, porque não tenho queixas de vírus, ou congelamentos e para me proteger e actualizar o sistema só utilizo duas ferramentas adicionais: Ccleaner e Kaspersky Internet Security 2013. Para além do Windows Update claro, mas isso é comum em ambos os S.O. e apenas refiro isto pois pareceu um pouco dramática a sua experiência com o Windows com um montão de programas e problemas.



Concordo com o "cansei de atualizar anti-vírus, anti-spyware etc" mas o "cansei de parou de responder, congelamento sem sentido" tenho que discordar. O Ubuntu dá muito mais isso do que no Windows.


Concordo com a discórdia, já me deparei com alguns congelamentos no Ubuntu desde que comecei a utilizá-lo. Congelamentos, não mensagens de erro.


Citar
No Ubuntu 12.04.2 pelo menos não tive erros.

Essa versão realmente está bem sólida. Final de agosto teremos o 12.04.3. :)


Quanto ao autor do tópico: e aí? Vai instalar antivírus mesmo no ubuntu?  :o

Olá,

Não. O que eu quero realmente é uma ferramenta completa com firewall, anti-banner, anti-espionagem, anti-etc.

Os vírus só em si até podem ser bonitos e dão para coleccionar, desde que a firewall esteja em funcionamento e o backup esteja em dia.


Citação de: cafcaf777
Obrigado a todos, mas ninguém se lembrou do outro problema? O problema das temperaturas?  ;D

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #20 Online: 31 de Julho de 2013, 02:35 »
Quanto ao Firewall, é só ativar o ufw que já está de bom tamanho =)
Basta o Firewall e nada mais.
---------------------------------------------

Com respeito ás temperaturas, nem creio que seja um "problema", e  sim um bug, se não for normal....
Seria motivo para preocupação se as temperaturas estivessem altas, e não diferentes de um S.O para outro  ;)
« Última modificação: 31 de Julho de 2013, 02:38 por Renan Rischiotto »

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #21 Online: 31 de Julho de 2013, 09:17 »
@cafcaf777

Colega, com todo respeito e educação, para você compreender profundamente o nível de segurança do GNU/Linux, será necessário fazer uma graduação em Ciência da Computação. Aí você terá melhor entendimento/compreensão de que o Ubuntu e outras distros, sem os pacotes de seguranças pagos ou não, são mais seguras do que o Windows.

Como já comentado aqui, o grande problema na segurança de um sistema operacional, é a peça que fica entre a cadeira e o teclado. Se essa peça é de confiança, qualquer sistema operacional será seguro.

Pondero que a sua crença nos pacotes de segurança é tamanha, que acredito que nenhum argumento que seja apresentado a você mostrará a grande diferença existentes entre os dois sistemas operacionais em questão.

Como já li aqui no fórum dezenas de vezes: GNU/Linux É diferente de Windows. E curva de aprendizado é relativamente grande. E se torna maior ainda quando o usuário que chega do Windows quer repetir no GNU/Linux as mesmas coisas que faz no Windows.

Volto a dizer, com toda educação e cordialidade: comece no GNU/Linux deixando de lado os vícios que outros sistemas operacionais impõe. Quando conseguir fazer isso, verá as vantagens, por exemplo, do Ubuntu.

Atenciosamente,

jkmsjq
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline Arthur Bernardes

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4.692
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #22 Online: 31 de Julho de 2013, 09:34 »
Essa versão realmente está bem sólida. Final de agosto teremos o 12.04.3. :)

Garfo, essa versão 12.04.3 vem com o Kernel 3.8 do Raring?

Offline linuser104

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 838
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #23 Online: 31 de Julho de 2013, 10:08 »
Já usei antivírus no Ubuntu, só a título de curiosidade, mas percebi que isso só traz mais peso ao sistema, só funciona como um placebo e se mudei do windows para o Linux em boa parte para poder me livrar desses aplicativos que roubam desempenho do sistema operacional, não tinha sentido usar os mesmos no linux.

O que uso para me sentir seguro é o firewall do próprio sistema (ufw, mas tem a sua interface gráfica Gufw), uso sempre que entro e saio do sistema os comandos sudo apt-get update e sudo apt-get upgrade para me manter sempre atualizado e por fim no navegdor Firefox (é o que uso) utilizo essas dicas:

Citar
Crie uma senha mestre
Assim como os outros navegadores, por padrão o Firefox permite que qualquer um com acesso ao seu computador faça login em sites cuja senha você tenha salvo. E assim como no Chrome, uma lista dos nomes de usuário e senhas armazenados pode ser vista na tela de opções.
Felizmente o Firefox oferece um recurso chamado “senha mestre” que criptografa e protege a lista de senhas salvas. Quando ele estiver ativo, você terá de digitar uma senha mestre antes da primeira vez que for usar uma senha salva, uma vez por sessão. Além disso, você sempre terá de digitar a senha mestre antes de ver a lista com todas as senhas salvas. Este é um ótimo recurso para evitar que “bisbilhoteiros” descubram suas senhas, e impede que até mesmo que muitos utilitários de terceiros as recuperem.
Para habilitar a senha mestre abra o menu Firefox, clique em Opções, na aba Segurança e marque a opção Usar uma senha mestra.

Use uma senha forte para sincronização
Assim como o Chrome, o Firefox tem um recurso que permite sincronizar seus favoritos, senhas e outros dados com cópias do navegador rodando em outros computadores ou dispositivos. Felizmente o Firefox criptografa todos os dados sincronizados, não só as senhas (como faz o Chrome).
Além disso, por padrão o Firefox tem mais segurança quando você está ativando a sincronização em um novo computador ou dispositivo. Primeiro você precisa fazer login com sua senha de sincronização, e então digitar um código gerado pelo novo aparelho em um que já tenha a sincronização habilitada, ou copiar uma “chave de recuperação” deste aparelho para o novo.
Ou seja, você não precisa se preocupar muito com a sincronização no Firefox, desde que use uma senha forte, com letras em maiúsculas e minúsculas, números e símbolos. Se alguém descobrir sua senha e tiver acesso a um aparelho onde a sincronização esteja ativada, essa pessoa poderá ativar a sincronização em um outro aparelho, e de lá acessar uma cópia de suas senhas e dados do navegador sem que você nem perceba. A mesma dica vale para a senha mestre do navegador.
Para habilitar a sincronização, ou mudar suas opções, abra o menu Firefox e clique em Preferências e na aba Sync.

Verifique se as opções de segurança estão ativadas
Assim como outros navegadores populares, o Firefox inclui alguns recursos básicos de privacidade e segurança. Embora a maioria deles esteja ativada por padrão, você deve se certificar de que por acaso não foram desabilitados.
Abra o menu Firefox, clique em Preferências e na aba Segurança. A primeira opção, Alertar se sites tentarem instalar extensões ou temas, deve estar marcada, para que nenhum site tente instalar algo em seu navegador sem seu conhecimento. Marque também as opções seguintes, Bloquear sites avaliados como foco de ataques e Bloquear sites avaliados como falsos, que irão ajudá-lo a se proteger de malware como os “drive-by downloads” (onde basta visitar um site para ser infectado) e tentativas de phishing (sites falsos que tentam se passar, por exemplo, por um banco para roubar suas informações pessoais).
Agora clique na aba Privacidade e, se quiser mais privacidade online, marque a primeira opção, chamada Notificar aos sites que não desejo ser rastreado. Embora ela não possa impedir todas as tentativas de rastreio, irá reduzir a prática por sites que respeitam esta opção.
Agora clique na aba Conteúdo e marque a primeira opção, Bloquear janelas pop-up, que irá impedir aquelas janelinhas com propagandas irritantes, e às vezes perigosas, de “pipocar” do nada em sua tela.
Por fim selecione a aba Avançado, a aba Atualizações e marque a primeira opção, que diz Instalar automaticamente. Assim as atualizações do Firefox serão instaladas automaticamente em seu PC, o que irá ajudar na proteção contra eventuais falhas de segurança no navegador que, se não corrigidas, podem ser usadas para expor suas informações.

Use estes complementos para proteção extra
Além dos recursos de segurança integrados ao Firefox, há complementos que podem ajudá-lo a se manter protegido. Recomendamos:
NoScript: permite controlar quais sites podem usar (e como podem usar) código e elementos em JavaScript, Silverlight e Flash, entre outros, já que eles podem ser usados de forma maliciosa para infectar seu computador ou em tentativas de phishing.
Adblock Plus: bloqueia propaganda em banners, pop-up ou vídeo em sites, o que “despolui” o visual e reduz o incômodo, além da chance de esbarrar em propagandas que podem levar a malware e tentativas de phishing.
Web of Trust (WoT): classifica os sites, de acordo com a opinião dos usuários, e bloqueia os perigosos, como aqueles com malware, para aumentar a segurança ao navegar, comprar e fazer pesquisas na internet.
HTTPS Finder: detecta se os sites tem suporte a conexões criptografadas via HTTPS/SSL e força seu uso, o que reduz as chances de que “bisbilhoteiros” em uma conexão Wi-Fi aberta capturem suas informações de login ou dados bancários enquanto eles trafegam pela rede.

Verifique e atualize seus plugins
Criminosos frequentemente usam vulnerabilidades em plugins populares para seu navegador, como o Java e produtos da Adobe como o Flash e Acrobat, para invadir e infectar computadores com malware. A maioria dos plugins é regularmente atualizada para corrigir estas vulnerabilidades, e até vem configurada para se atualizar automaticamente, ou ao menos avisá-lo de que uma atualização está disponível. De qualquer forma, é uma boa ideia buscar periodicamente por atualizações. Use o verificador de plugins da Mozilla, ou o Qualys BrowserCheck  para facilitar a tarefa.
fonte: http://seumicroseguro.com/2013/06/12/dicas-para-um-firefox-mais-seguro/

E por último tenho uma atitude proativa no uso do sistema com a finalidade de aumentar ainda mais a proteção, por exemplo: Não instalar aplicativos no Ubuntu de origem duvidosa (fora dos repositórios), não entrar em sites suspeitos, não cair em ataques de phishing, não usar o modo root de forma constante, evitar o uso/acesso do meu computador por terceiros, etc.


Agora se mesmo assim você não se sente seguro, alguns antivírus bem conhecidos (AVG, ESET, Avast, etc.) para windows têm versões para linux só pesquisar nos sites dos seus desenvolvedores.
« Última modificação: 31 de Julho de 2013, 10:11 por linuser104 »
Linux = Quem realmente gosta de computador; Mac = Artista Digital; Windows = A maioria que votou no Tiririca [pior que tá não fica].

blackwinds

  • Visitante
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #24 Online: 31 de Julho de 2013, 10:51 »
No tempo todo em que uso Linux nunca vi uma pessoa com tanto medo de pegar virus,rapaz usa o ubuntu e veja o que o sistema pode fazer por voce,e o que voce pode fazer com ele,e com o tempo voce vai ver se ele e bom ou não.

Offline King11

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 466
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #25 Online: 31 de Julho de 2013, 11:00 »
Valeu linuser104! Gostei da sua postura, é assim que deve tratar um usuário que está a iniciar no mundo Linux! Todos que querem deixar o Windows e partir para uma nova experiência, como o Ubuntu, vêm com muitas dúvidas, e essa da segurança é a principal delas. O problema é que sempre tem algum engraçadinho que se acha "expert" em tudo e fica com ironias, e ao invés de colaborar com quem está a iniciar no Linux, fica com brincadeiras e a fazer chacotas, mas no fundo tem a mesma dúvida do colega @cafcaf777! E a pergunta inicial sobre a temperatura nenhum "expert"
respondeu! Infelizmente não posso respondê-la, porque também estou a iniciar no Ubuntu, e já tive esse mesmo problema ao fazer uma pergunta e ter como resposta uma ironia, chacota, desdém...!

  
« Última modificação: 31 de Julho de 2013, 11:02 por King11 »

Offline irtigor

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.344
  • Delete, delete, delete!
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #26 Online: 31 de Julho de 2013, 11:27 »
Alguém consegue dar-me uma explicação para esta alternâncias de valores nas temperaturas entre os dois sistemas operativos?

Nunca usei esse programa pra windows, então não posso atestar sua qualidade, entretanto faz mais sentido que a CPU seja mais quente, como informado pelo lm-sensors (na teoria o sensor está o mais próximo possível, e o lm-sensors por padrão informa o valor exato recebido, outros programas podem tentar tratar os dados, pra que fiquem "mais precisos"). Veja o valor que a bios informa, pra comparação, e de qualquer forma seu sistema não está em risco de superaquecer, então eu ficaria tranquilo.

Offline Kadu_tbj

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 226
  • Busque a DEUS enquanto se pode achar...
    • Ver perfil
    • Obedecendo ao Chamado do Mestre
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #27 Online: 31 de Julho de 2013, 14:00 »
Concordo com o "cansei de atualizar anti-vírus, anti-spyware etc" mas o "cansei de parou de responder, congelamento sem sentido" tenho que discordar. O Ubuntu dá muito mais isso do que no Windows.

Mano perdão, não gosto muito de discordar mais com todo respeito: ¨O Ubuntu dá muito mais isso do que no Windows¨ disculpa ai mano mas mesmo toooooodos os meus amigos amigos que usam windows, pelo menos nisso dão ponto positivo para o ubuntu. Mas uma vez disculpa ai, mas vejo sua colocação meio muito equivocada. Congelamento no Ubuntu mais que no windows??? Piada né???

abs
Kadu_tbj!Efeito fogo no Ubuntu (compiz)
Notebook Satellite Toshiba L635, UBUNTU 12.04 Unity 64Bits LTS, CORE i5 480M 2.70ghz, HD640, 6G DDR3, HDMI,Bluetooth, Bateria de 6 celulas
Obedecendo ao Chamado do Mestre

Offline haereticus

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 975
  • Xubuntu 12.04.2 x64
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #28 Online: 31 de Julho de 2013, 16:02 »
@cafcaf777

Um site muito bom para instalar programas e acompanhar lançamentos é este :

www.pkgs.org

Notebook: Samsung 305E4A-BD1 - AMD A6-3420M (Quad Core) @2.4GHz - Radeon™ 6520G 512MB - 8GB - HD 500GB - 14” LED HD - HDMI - Bluetooth - Webcam 1.3 HD - Base CoolerMaster Notepal Ergostand - Mouse X7 Oscar 750bk 3200dpi.

Sony Xperia L - Android 4.1.2

Offline rlcastrobh

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 31
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #29 Online: 01 de Agosto de 2013, 02:02 »
O ubuntu também deveria ter um antivírus. Vamos supor realmente que o sistema não precise (nunca me preocupei com isso), mas, seria certo continuar espalhando as pragas virtuais? Levando em consideração que não são todos que utilizam Linux.