Autor Tópico: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado  (Lida 47367 vezes)

Offline Tota

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 14.982
    • Ver perfil
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #15 Online: 12 de Junho de 2014, 21:20 »
Citar
Outra coisa, o linux no virtualbox não detecta a gráfica do pc. Talvez teria de voltar a desinstalar o windows para tentar. Como já disse o meu monitor é de 23 polegadas. Não sei se vai resultar.

O virtualbox utiliza drivers proprios, não sendo possivel a instalação de drivers para qualquer grafica que seja

Offline Ro301

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 121
    • Ver perfil
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #16 Online: 13 de Junho de 2014, 08:16 »
Citar
Outra coisa, o linux no virtualbox não detecta a gráfica do pc. Talvez teria de voltar a desinstalar o windows para tentar. Como já disse o meu monitor é de 23 polegadas. Não sei se vai resultar.

O virtualbox utiliza drivers próprios, não sendo possível a instalação de drivers para qualquer gráfica que seja

Sim. E por isso teria de voltar a instalar o linux originalmente.

Obrigado pela informação.

Offline selvaking

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.162
  • Parque Anchieta - Rio de Janeiro - RJ
    • Ver perfil
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #17 Online: 13 de Junho de 2014, 10:07 »
Meu pequeno comentário!

A cultura Windows é tão intrínseca e tóxica que as vezes não nos damos conta das mil e uma desculpas que usamos para deixa-la de usar.
Quando eu usava Windows (Passei por um processo de desintoxicação extremo) tinha vários problemas com drivers que não funcionavam para a placa de som, de vídeo ou webcam e ao invés de partir pra outro SO buscava uma outra maneira de fazer o hardware funcionar. Isto não ocorre com usuários novatos do linux. QQ problema por menor que seja é uma desculpa pra voltar ao Janelas.

Hoje em dia só compro hardware homologados pra Linux ou pelo menos hardware que eu tenha a máxima certeza que funciona com linux.
Resolução Full HD Já existe em minha casa a, pelo menos, 5 anos.

Não existe nada mais fácil do que clonar um sistema linux.
o usuário pode usar o comando cp, ou rsync, ou tar.
Na verdade, só é preciso um maior conhecimento desses comandos e uma boa dose de vontade pra se copiar QQ coisa no linux!
Dê-me um computador com o Tux que movo o mundo!

Linux User #323049

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #18 Online: 13 de Junho de 2014, 10:12 »
Meu pequeno comentário!

A cultura Windows é tão intrínseca e tóxica que as vezes não nos damos conta das mil e uma desculpas que usamos para deixa-la de usar.
Quando eu usava Windows (Passei por um processo de desintoxicação extremo) tinha vários problemas com drivers que não funcionavam para a placa de som, de vídeo ou webcam e ao invés de partir pra outro SO buscava uma outra maneira de fazer o hardware funcionar. Isto não ocorre com usuários novatos do linux. QQ problema por menor que seja é uma desculpa pra voltar ao Janelas.

Hoje em dia só compro hardware homologados pra Linux ou pelo menos hardware que eu tenha a máxima certeza que funciona com linux.
Resolução Full HD Já existe em minha casa a, pelo menos, 5 anos.

Não existe nada mais fácil do que clonar um sistema linux.
o usuário pode usar o comando cp, ou rsync, ou tar.
Na verdade, só é preciso um maior conhecimento desses comandos e uma boa dose de vontade pra se copiar QQ coisa no linux!

Resumindo: interesse em querer estudar para aprender!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Creto

  • Visitante
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #19 Online: 13 de Junho de 2014, 10:31 »
Ih, rapaz já vi isso acontecer muito e inclusive comigo, chegando a pensar em duas opções (e olha que quando entrei já estava tudo polido):

- O sistema (GNU/Linux) era uma porcaria
- Ou era muito burro (mesmodaquelesquesólevamzero) para não conseguir ao menos fazer uma rede wifi funcionar nele.

O meu maior problema foi que não consigo aceitar nem mesmo as minhas opiniões e achismos, então resolvi que consigo em um consigo em outro e ponto final.

Tudo é mais difícil no windows, pode acreditar.

T+

Offline Ro301

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 121
    • Ver perfil
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #20 Online: 13 de Junho de 2014, 19:39 »
Meu pequeno comentário!

A cultura Windows é tão intrínseca e tóxica que as vezes não nos damos conta das mil e uma desculpas que usamos para deixa-la de usar.
Quando eu usava Windows (Passei por um processo de desintoxicação extremo) tinha vários problemas com drivers que não funcionavam para a placa de som, de vídeo ou webcam e ao invés de partir pra outro SO buscava uma outra maneira de fazer o hardware funcionar. Isto não ocorre com usuários novatos do linux. QQ problema por menor que seja é uma desculpa pra voltar ao Janelas.

Hoje em dia só compro hardware homologados pra Linux ou pelo menos hardware que eu tenha a máxima certeza que funciona com linux.
Resolução Full HD Já existe em minha casa a, pelo menos, 5 anos.

Não existe nada mais fácil do que clonar um sistema linux.
o usuário pode usar o comando cp, ou rsync, ou tar.
Na verdade, só é preciso um maior conhecimento desses comandos e uma boa dose de vontade pra se copiar QQ coisa no linux!

Obrigado pela sua opinião. O seu comentário merece uma resposta porque toca em alguns pontos sinceros e realistas.

O Windows é até há bem pouco tempo o sistema operativo da maior parte da população mundial. Não sei se quando alguém estiver a ler este tópico se ainda o será. Na minha opinião isso pode vir a mudar nos próximos 50 anos.

Fomos todos habituados ao windows e suas facilidades. Um grande fato. Também é verdade que uma grande parte de nós que usa windows são pessoas que acabam por viver uma vida de mentira e atrasar o progresso, senão veja, uma grande parte usa o software pirata caindo no erro de acreditar que vive numa sociedade livre já que por ter essa facilidade tem essa ilusão. Na verdade o linux é do que sei o único sistema que nos diz quem somos e apoia o desenvolvimento livre e plural.

Foi dificil deixar o w7 e realmente sentia-me intoxicado. Mas deixei-o por acreditar que vivia numa ilusão, já que eu não tenho tanto dinheiro para pagar o que usava. Prefiro juntar-me há comunidade que mais me identifico e apoiar o seu trabalho. Desculpe se estou a parecer um politico.

Desinstalei o linux porque tive problemas com a instalação da nova versão do kernel. Procurei ajuda mas não consegui encontrar uma solução. Tem toda a razão, se fosse o windows era garantido a 100% que voltaria a instalar o windows. Não tenho desculpa para ter desinstalado o linux. Foi mais uma questão de conforto, tinha a imagem de backup do windows e provas académicas há porta para estudar. Depois ando a a aprender html e então por até agora ainda não ter encontrado solução pensei em ir para o windows e voltar logo que descubra uma maneira de resolver o problema no linux.

Mais, andei a informar-me como se faz uma imagem de backup no linux para caso aconteça algo ter tudo de novo operacional.

Mas ambos temos de admitir que um usuário não tem de compreender comandos é ai que o linux tem de apostar mais. Contudo eu gosto de aprender portanto para mim é fantástico.

Agora não posso deixar de dizer que o windows, pelo menos até há versão w7 amigo do usuário em todas as vertentes. É certo que é tudo bem pago e têm pessoas bem remuneradas a trabalhar lá. Admito que o w8 não me cativa nada. Só tem graça nos tablets. Bem, mas a ideia fundamental é que o linux ubuntu é um universo totalmente diferente daquilo que conhecia até há bem pouco tempo. Coisas simples que se fazia no windows são totalmente diferentes no linux.

Pessoalmente prefiro o linux mesmo que fosse pago.

A única critica que aponto ao seu comentário é de algum modo passar a ideia que somos obrigados a não sair do linux para sermos aceites. Penso que todos têm o direito de trilhar o seu caminho da forma que achamos mais correto. Eu achei que me ajudava mais desta maneira. Se soubesse que existia uma comunidade aqui tão ativa teria voltado a instalar o linux. Mas como não consegui resolver o problema em dois dias, resolvi fazer desta forma.

As pessoas têm o seu tempo. Faz parte :)

Ser novato/principiante de alguma coisa não é negativo. Pelo contrário, mostra que há mais pessoas a querer aprender e isso é muito bom.
« Última modificação: 13 de Junho de 2014, 19:49 por davidpt »

Creto

  • Visitante
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #21 Online: 17 de Junho de 2014, 08:15 »
Adoro ler..., mas infelizmente não sei escrever, porém discordo em quase tudo no seu comentário acima, ainda mais você que diz:

Citar
(...)
Depois ando a a aprender html

(...)
Pois espero que eu colabore com algo no seu aprendizado:

Saiba que muita coisa no windows também requer comandos, enfim, é bem melhor ter por obrigatoriedade o conhecimento de algumas linhas de comando e resolver o problema do que ter que usar uma mídia para re instalar e perder tudo.

Apenas uma opinião, é que apesar de gostar muito de ler, não sei escrever.

T+

Offline Ro301

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 121
    • Ver perfil
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #22 Online: 01 de Julho de 2014, 19:35 »
Adoro ler..., mas infelizmente não sei escrever, porém discordo em quase tudo no seu comentário acima, ainda mais você que diz:

Citar
(...)
Depois ando a a aprender html

(...)
Pois espero que eu colabore com algo no seu aprendizado:

Saiba que muita coisa no windows também requer comandos, enfim, é bem melhor ter por obrigatoriedade o conhecimento de algumas linhas de comando e resolver o problema do que ter que usar uma mídia para re instalar e perder tudo.

Apenas uma opinião, é que apesar de gostar muito de ler, não sei escrever.

T+

Desculpe não entendi a sua mensagem. Se você não soubesse escrever não escrevia. Então não sei se isso foi uma indirecta para mim. Se calhar acha que não sei escrever por ter dado alguns erros neste e talvez noutros tópicos, é isso? Se for isso dou-lhe toda a razão. Tenho o mau hábito de escrever para a internet sem rever o texto e sem pensar muito. Aos poucos estou a corrigir este mau comportamento. Me desculpe se se sente ofendido. Afinal todos temos o dever de valorizar o nosso idioma. Por ouro lado, se puder ajudar em algum ponto que não entendeu da minha escrita me diga.

Creto

  • Visitante
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #23 Online: 05 de Julho de 2014, 16:04 »

Desculpe não entendi a sua mensagem. Se você não soubesse escrever não escrevia. Então não sei se isso foi uma indirecta para mim. Se calhar acha que não sei escrever por ter dado alguns erros neste e talvez noutros tópicos, é isso? Se for isso dou-lhe toda a razão. Tenho o mau hábito de escrever para a internet sem rever o texto e sem pensar muito. Aos poucos estou a corrigir este mau comportamento. Me desculpe se se sente ofendido. Afinal todos temos o dever de valorizar o nosso idioma. Por ouro lado, se puder ajudar em algum ponto que não entendeu da minha escrita me diga.
Quando eu disse que eu não sei escrever companheiro, não me referi ao idioma pátrio, mas sim que, não sei me explicar muito bem e diretamente estava direcionando meu comentário ao que eu entendi dessa parte da sua mensagem aqui:
(...)
Mas ambos temos de admitir que um usuário não tem de compreender comandos é ai que o linux tem de apostar mais.
(...)

Já que eu discordo totalmente dessa parte.

T+

Offline hugoleal85

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 509
    • Ver perfil
    • Recanto do Tux
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #24 Online: 05 de Julho de 2014, 19:16 »
Caro davidpt,

Segundo seus comentários, está bastante claro que o ideal é você utilizar o Windows e o Ubuntu em dual boot, até se adaptar às diferenças existentes entre os sistemas operacionais. Quanto ao problema de resolução que está ocorrendo aí, o Ubuntu (e vários derivados) já tem suporte a 1920 X 1080 pixels há um bom tempo. Se está tendo dificuldade, sugiro criar um tópico solicitando suporte para este caso.

Quanto ao Windows ser o SO mais utilizado do mundo hoje, isso é certo. Já quanto a sua suposição de que pode levar 50 anos para que ele seja substituído neste posto, aí eu discordo, especialmente com o declínio dos desktops e o crescimento dos tablets e portáteis verificado atualmente.

O Android (que também é baseado no Linux, como o Ubuntu) já é o [url=http://gs.statc Ele já superou com folgas o Windows XP e caminha a passo largos para superar o Windows 7. No ritmo atual, em poucos anos (acredito que 3 a 4 anos, talvez um pouco menos) ele pode superar o Windows 7, tornando-se o SO mais utilizado do mundo. E esse fato deve se intensificar ainda mais quando aos novas versões do SO (que certamente trarão uma melhor compatibilidade com os PCs tradicionais) chegarem, facilitando o domínio do Android neste mercado (pois no mercado mobile o seu domínio já está consolidado).
« Última modificação: 05 de Julho de 2014, 19:21 por hugoleal85 »
"Cada homem que encontro é superior a mim em alguma coisa; e nisto posso aprender dele." [Ralph W. Emerson]
Meu blog

Offline carioca-net

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4
    • Ver perfil
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #25 Online: 11 de Setembro de 2014, 15:47 »
Davidpt,

Já pode vou a instalar linux na sua maquina novamente o novo Ubuntu de versão 14, já tem como atualização o suporte melhorado para a telas de alta resolução HiDPI (Retina), o recurso TRIM (que ajuda a melhorar o tempo de vida do disco) habilitado por padrão para SSDs da Intel e Samsung, além de suporte melhorado para a tecnologia Optimus da NVIDIA.

Com essa melhoria as resoluções de 1080p e outras poderão ser finalmente usadas em um linux com a qualidade melhorada.

Parabéns, você terá uma qualidade de imagem muito boa com sua AMD FirePro V4900 usando o novo Ubuntu 14.

SEJA FELIZ E LIVRE!! :D :D :D

Offline carioca-net

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4
    • Ver perfil
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #26 Online: 11 de Setembro de 2014, 16:14 »
No caso da instalação do catalyst da amd, ai que vem a parte gostosa do linux, você terá de fazer via comandos para abrir a pasta e executar o arquivo .sh, que é o executável do linux.

Se não me engano o comando para abrir pasta dele é: cd onde estiver a pasta do catalyst
Depois verifica com o comando dir se existe o .sh
Quando achar .sh execute esse comando ./ e o check.sh

Ai é só acompanhar a instalação.

Offline velox256

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.915
  • Debian é Debian... :)
    • Ver perfil
    • Linux Inside
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #27 Online: 05 de Outubro de 2014, 07:19 »
Para quem quer fazer bkp de sua instalação Linux, conheço dois caminhos. Um é usar o CloneZila, que faz cópias de partições e discos rígidos de forma prática e rápida. Outra forma é usar o Remastersys, que pode fazer um live DVD com tudo que vc possui na máquina (opção de bkp) ou simplesmente fazer uma distro da sua instalação com todos os programas que vc colocou nela mas sem um usuário local, que vc cria na hora da instalação.

Agora eu acho graça qdo vejo por aí comentários "rancorosos" sobre o Windows. Windows, pessoal, é igual mulher, tem lá as suas maluquices mas não dá pra viver sem, hehehe...  ::)
Computador perereca, com disco perereca, monitor perereca e sistema super xuxu. Visitem a minha página em http://sidserra.k6.com.br ou meu blog em http://sidserra.blogspot.com.br.

Creto

  • Visitante
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #28 Online: 05 de Outubro de 2014, 09:43 »
Para quem quer fazer bkp de sua instalação Linux, conheço dois caminhos. Um é usar o CloneZila, que faz cópias de partições e discos rígidos de forma prática e rápida. Outra forma é usar o Remastersys, que pode fazer um live DVD com tudo que vc possui na máquina (opção de bkp) ou simplesmente fazer uma distro da sua instalação com todos os programas que vc colocou nela mas sem um usuário local, que vc cria na hora da instalação.

Agora eu acho graça qdo vejo por aí comentários "rancorosos" sobre o Windows. Windows, pessoal, é igual mulher, tem lá as suas maluquices mas não dá pra viver sem, hehehe...  ::)
Apenas um detalhe corriqueiro caro velox256 sobre o Remastersys-gtk, ele foi descontinuado e hoje é mantido um fork dele pelo usuário Lobo L, página do desenvolvedor

T+

Offline velox256

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.915
  • Debian é Debian... :)
    • Ver perfil
    • Linux Inside
Re: A minha experiência com Ubuntu e o motivo de o ter desistalado
« Resposta #29 Online: 05 de Outubro de 2014, 12:22 »
Engraçado, dessa eu não sabia (do Remastersys ter sido descontinuado), mas em todo caso aqui está um tutorial de instalação do Remastersys no Ubuntu 14.04 e que é a que eu uso nas minhas instalações:

Citar
http://www.diolinux.com.br/2014/04/remastersys-no-ubuntu-1404LTS.html

Vou dar uma olhada nesse Remaster, valeu!  ;D

Para quem quer fazer bkp de sua instalação Linux, conheço dois caminhos. Um é usar o CloneZila, que faz cópias de partições e discos rígidos de forma prática e rápida. Outra forma é usar o Remastersys, que pode fazer um live DVD com tudo que vc possui na máquina (opção de bkp) ou simplesmente fazer uma distro da sua instalação com todos os programas que vc colocou nela mas sem um usuário local, que vc cria na hora da instalação.

Agora eu acho graça qdo vejo por aí comentários "rancorosos" sobre o Windows. Windows, pessoal, é igual mulher, tem lá as suas maluquices mas não dá pra viver sem, hehehe...  ::)
Apenas um detalhe corriqueiro caro velox256 sobre o Remastersys-gtk, ele foi descontinuado e hoje é mantido um fork dele pelo usuário Lobo L, página do desenvolvedor

T+
Computador perereca, com disco perereca, monitor perereca e sistema super xuxu. Visitem a minha página em http://sidserra.k6.com.br ou meu blog em http://sidserra.blogspot.com.br.