Autor Tópico: Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...  (Lida 7107 vezes)

Offline ADEMIR01

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 20
    • Ver perfil
Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Online: 31 de Maio de 2016, 12:29 »
Pessoal ...,

Meu conhecimento em Linux é básico, então peguem leve, ok …, também sei que não há como comparar os 2 SO ( Windows e Linux ) devido as suas filosofias bem diferentes ...

** O meu ambiente atual **
- Microsoft Windows 8.1Pro e vou atualizá-lo, em breve, para o Microsoft Windows 10Pro antes de instalar o Ubuntu 16.04_amd64 - desktop em minha máquina, Ok …

- HD                        .: 1 Tera
- Placa Gráfica        .: AMD Radeon HD 6850 com 1GB de memória
- Memória               .: 4 GB
- Resolução de Tela .: 1920 x 1080

Testei o Ubuntu 16.04_amd64 - desktop pelo [ TRY UBUNTU ] e tudo funcionou bem com exceção da tela que precisara de um pequeno a juste ...

** Considerações iniciais **
- Desfragmentei e fiz o backup total em minha máquina ...

** Minhas dúvidas quanto a instalação do Ubuntu 16.04_amd64 **
- Quero fazer a instalação via [ DUAL BOOT ], alguma recomendação especial quanto a este procedimento? Tem alguém neste momento utilizando-se do [ DUAL BOOT ] para comentar ?

- Vi diversos vídeos que particionavam algo em torno de 20GB do HD para a instalação do Ubuntu + o swap, mas como eu vou migrar o que for possível instalando diversos pacotes pesados  a instalação dos mesmos não se dará neste espaço, ou seja, calculo que +- …

1) 10 GB para o Ubuntu
2) 8GB para o swap
3) 2GB de sobra

Se eu tiver programas ( aplicativos ) que em sua totalidade tenham 70 GB o que vai acontecer com o excedente, ou seja, os 68GB? Eu não precisaria então fazer uma reserva de particionamento bem maior digamos 300GB para que todos os aplicativos fossem instalados em etx4 na mesma raiz que o Ubuntu? É isto mesmo que estou pensando? Ou não?

O Ubuntu parece ler os arquivos/pastas que se encontram em ntfs eu poderei movê-los/copiá-los para etx4 sem problemas?

Algum comentário adicional sobre o GLUB?

Vou migrar mas aos poucos, possivelmente minha próxima maquina será 100% Linux ( Ubuntu ou Mint )

Obrigado pelas dicas e informações ...

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.552
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #1 Online: 31 de Maio de 2016, 13:16 »

Citar
Placa Gráfica        .: AMD Radeon HD 6850 com 1GB de memória

Testei o Ubuntu 16.04_amd64 - desktop pelo [ TRY UBUNTU ] e tudo funcionou bem com exceção da tela que precisara de um pequeno a juste ...

No momento essa gpu pode ser um problema no Ubuntu versão 16.04, talvez haja dificuldade de fazer funcionar plenamente.
Nesse momento pode ser mais recomendável ficar com a versão 14.04, que também é uma LTS e com suporte de longo prazo.

Leia esse tópico, há lá uma informação adicional que pode lhe ser útil:

http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,120102.msg659644.html#msg659644


Citar
** Minhas dúvidas quanto a instalação do Ubuntu 16.04_amd64 **
- Quero fazer a instalação via [ DUAL BOOT ], alguma recomendação especial quanto a este procedimento? Tem alguém neste momento utilizando-se do [ DUAL BOOT ] para comentar ?

Certamente há uma enormidade de instalações usando dual boot.

As principais características que são necessárias inicialmente saber:

1) Marca e modelo do seu equipamento pode ser útil para identificar particularidades

2) Qual é o tipo de setup (firmware) de sua máquina?
O tradicional BIOS ou o mais moderno UEFI?
Existem diferenças substanciais na instalação em um ou em outro.

3) Como seu disco está atualmente particionado (e que será mantido na atualização para o Windows 10)?

Suba o sistema por um live-iso (pendrive ou cdrom), abra uma janela de terminal acionando simultaneamente as teclas Ctrl Alt T ou através do ícone próprio, faça o seguinte comando, com o botão esquerdo do mouse marque a saída, com o direito copie para a área de transferência e cole aqui no seu tópico para que possamos ver:

Código: [Selecionar]
sudo fdisk -l
Código: [Selecionar]
sudo parted -l
sinal de hífen mais letra ele no final de ambos os comandos acima.

Não sabe exatamente o que seja UEFI, Legacy, MBR, GPT e coisas semelhantes?
Então é melhor se informar antes sobre isso.

Citar
- Vi diversos vídeos que particionavam algo em torno de 20GB do HD para a instalação do Ubuntu + o swap, mas como eu vou migrar o que for possível instalando diversos pacotes pesados  a instalação dos mesmos não se dará neste espaço, ou seja, calculo que +- …

1) 10 GB para o Ubuntu
2) 8GB para o swap
3) 2GB de sobra

Se eu tiver programas ( aplicativos ) que em sua totalidade tenham 70 GB o que vai acontecer com o excedente, ou seja, os 68GB? Eu não precisaria então fazer uma reserva de particionamento bem maior digamos 300GB para que todos os aplicativos fossem instalados em etx4 na mesma raiz que o Ubuntu? É isto mesmo que estou pensando? Ou não?

Não entendi muito bem o particionamento que está pretendendo.
Reserve uma partição com pelo menos 20 GB para a área de sistema do Ubuntu, ela em si com a instalação padrão, que vem "de fábrica" atualmente consome algo como 6 GB, não mais que isso, porém depois irá crescer conforme sejam os aplicativos que pretenda instalar.
Tendo um hd de 1 Terabyte como tem aí, possivelmente não deve existir uma grande preocupação quanto a quanto de espaço reservar, então considerando a sua particular ausência de experiência concreta, seja generoso abrindo um espaço de 50 GB para o Ubuntu, onde ficarão o sistema propriamente dito e a home, que é a área do usuário.

Até se pode separar sistema e home, mas inicialmente vá pelo caminho mais simples que é sistema e home numa única partição.

Para abrir o espaço onde irá instalar o Ubuntu use o gerenciador de disco do próprio Windows.

Não é necessário aqueles 8 GB de partição swap, que basicamente servirá para um eventual caso de hibernação, então o usual é deixar de swap o quanto tenha de memória RAM, no caso 4GB.


Citar
O Ubuntu parece ler os arquivos/pastas que se encontram em ntfs eu poderei movê-los/copiá-los para etx4 sem problemas?

Sim, o Linux lê partição ntfs sem problemas, pode copiar para a partição ext4 e dela para a ntfs, entretanto, se estiver no Windows ele não tem essa capacidade nativa, isto é, o Windows não lê nativamente partições Linux, é como se elas não existissem

Citar
Algum comentário adicional sobre o GLUB?

Se estiver se referindo ao gerenciador de boot do Ubuntu é GRUB, acrônimo que provém de GRand Unified Bootloader.

Dependendo do tipo de setup de sua máquina será diferente onde deverá mandar gravá-lo

Citar
Vou migrar mas aos poucos, possivelmente minha próxima maquina será 100% Linux ( Ubuntu ou Mint )

Não há diferença entre uma máquina dual boot e uma exclusivamente Linux, deixar de uma forma ou de outra é apenas uma adequação às necessidades do usuário. Quem possui programas que executam melhor ou exclusivamente em Windows (algumas aplicações e principalmente alguns jogos) deve manter o dual boot.

www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline ADEMIR01

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 20
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #2 Online: 31 de Maio de 2016, 14:28 »
Druidaobelix ..., ( ou quem puder responder )

O que eu posso informar / confirmar agora ...

1) Vou ler o link sobre a placa gráfica que você postou ..., contudo ontem eu não tive problemas quando subi o Ubuntu 16.04 via "try ubuntu" ...
2) Desktop ASUS P5K Premium 1101 (  Intel(R) Core(TM)2 Quad CPU Q9550 @ 2.83GHz )
3) BIOS ( normal )
4) O HD principal ( interno ) esta com ~931.5GB ( 10% dele utilizado ) exclusivamente para o Windows + programas + arquivos  ( tenho + 2 HD's sendo  o 2º ( interno ) com ~ 149GB ( 51% dele utilizado ) que em breve vou formata-lo, 3º ( externo ) com ~ 298.1GB ( 68% dele utilizado ) para backups no geral .
5) Vou subir o Ubuntu e utilizando os comandos comentados irei postar o resultado aqui logo após ...
5) Sobre o UEFI, Legacy, MBR, GPT já li algo a respeito sim ..., O que você quer comentar sobre? O Ubuntu vai alterar o MBR? Tenho que fazer algum tipo de backup em especial?
6) Então sobre o particionamento, vou tentar ser mais claro ...

No Windows eu tenho as letras ( ex .: C:\ ) para cada particionamento da maquina, onde encontra-se todo o sistema ( ex .: C:\Windows\ | C:\Users\Ademir\Documents\Ademir\... ) mas no Ubuntu não ( /  para todo o sistema, ou não ? ) então se eu particionar o HD principal acima separando somente 20GB para o Ubuntu eu vou continuar lendo/gravando, alterando os meus arquivos lá em C:\Users\Ademir\Documents\Ademir\ , mesmo sendo lá ntfs e não ext4??? E quanto aos programas novos continuarão sendo instalados em C:\Program Files\ ou C:\Program Files (x86)\ ? Se sua resposta for não ( como eu imagino ), ou seja, eu terei que instalar as versões Linux de meus programas favoritos dentro da partição ext4 ( em /home ou /var ou / etc,  por exemplo ) então eu terei que separar bem mais do que os 20GB não é mesmo? Estou correto em meu raciocínio? Por isto estou pensando em 300GB ou mais ...

E ainda, No Ubuntu o equivalente do  C:\Users\Ademir\Documents\Ademir\ ( ntfs ) é o /home? Se eu  Como você me explicou abaixo eu posso ler/gravar/alter tudo lá em C:\Users\Ademir\Documents\Ademir\ ( ntfs ) mas e se eu quiser mover a pasta inteira para /home ( ext4 ), eu posso? Sem traumas?

7) Ok. 4GB é o suficiente então ... mas eu tenho 2 slots vazios ainda e penso em breve aumentar a memória ram com +4GB vou ter que fazer um rezise na partição de swap para adequá-la à nova realidade?
8) GLUB ... então ..., pelo que li em artigos e vi em vídeos quem vai gravar onde e como vai ser o Ubuntu automaticamente na instalação, não é? Me confirme?

Sei que são muitas perguntas/duvidas, mas tenha em mente que esta fazendo um bem "danado" a mim e a quem mais tiver dúvidas semelhantes ... Obrigado

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.552
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #3 Online: 31 de Maio de 2016, 15:10 »
Druidaobelix ..., ( ou quem puder responder )

O que eu posso informar / confirmar agora ...

Citar
1) Vou ler o link sobre a placa gráfica que você postou ..., contudo ontem eu não tive problemas quando subi o Ubuntu 16.04 via "try ubuntu"

Ok, se foi normal no live-iso (pendrive) então instale, mas não estará disponível o driver proprietário AMD Catalyst na versão 16.04, por conseguinte, poderá não estar usando todo o potencial gráfico de sua gpu, mas nada que não posso instalar outra vez, não é tão difícil assim fazer uma instalação, aliás, a instalação propriamente dita é coisa de 15 ou 20 minutos.


Citar
2) Desktop ASUS P5K Premium 1101 (  Intel(R) Core(TM)2 Quad CPU Q9550 @ 2.83GHz )

É uma boa cpu, com benchmark de 4050 pontos, sustenta sem problemas um bom desempenho no Ubuntu.
Se a placa gráfica funcionar bem vai ficar melhor ainda.

http://www.cpubenchmark.net/cpu.php?cpu=Intel+Core2+Quad+Q9550+%40+2.83GHz

O melhor a fazer é testar no live-iso verificando se todo o hardware funciona sem problema, esse é o melhor caminho e ainda aproveita para ganhar um pouco de experiência no Linux Ubuntu sem alterar nada na sua instalação atual. Fique alguns dias usando o live-iso.


Citar
3) BIOS ( normal )

Não sendo UEFI então se trata de uma instalação dual boot tradicional, fácil de fazer, sem problemas.

Citar
4) O HD principal ( interno ) esta com ~931.5GB ( 10% dele utilizado ) exclusivamente para o Windows + programas + arquivos  ( tenho + 2 HD's sendo  o 2º ( interno ) com ~ 149GB ( 51% dele utilizado ) que em breve vou formata-lo, 3º ( externo ) com ~ 298.1GB ( 68% dele utilizado ) para backups no geral .

Neste caso da existência de dois hd a melhor e mais fácil solução é usar o hd pequeno exclusivamente para o Ubuntu.

Fácil de fazer, não vai mexer em absolutamente nada no seu disco do Windows e fica uma belezinha.

Grave o bootloader (grub) no MBR do disco pequeno. Vou supor que seja o segundo disco mesmo, geralmente o primeiro disco é identificado pelo BIOS como hd0 (sda no Linux) e o segundo como  hd1 e será identificado no Linux como sdb.
Aí no setup (BIOS) você coloca para iniciar o sistema pelo hd1 (sdb).

Se quiser fazer tudo com muita (mas boa muita nisso) segurança mesmo, desligue o disco do Windows (solte o cabo ou desabilite no BIOS) e faça a instalação do Ubuntu. Depois religue e é só configurar no BIOS para iniciar por esse disco.

De início não irá aparecer a entrada para o boot do Windows, mas então subindo o sistema você irá executar um comando [que é uma ordem para que o grub faça uma varredura procurando atualizações e outros sistemas operacionais - (sudo update-grub)] que irá acrescentar uma linha de entrada no menu do grub (tela inicial do sistema) possibilitando escolher qual irá subir.

Na verdade é muito fácil de ser feito, pode parecer meio 'grego' para quem não conhece, mas é essencialmente fácil, não se intimide, não se assuste com isso, vai dar certo.

Citar
5) Vou subir o Ubuntu e utilizando os comandos comentados irei postar o resultado aqui logo após ...

ok, isso sempre ajuda a avaliar melhor o cenário existente.

Citar
5) Sobre o UEFI, Legacy, MBR, GPT já li algo a respeito sim ..., O que você quer comentar sobre? O Ubuntu vai alterar o MBR? Tenho que fazer algum tipo de backup em especial?

Se é BIOS convencional não havera maiores dificuldades.


Citar
6) Então sobre o particionamento, vou tentar ser mais claro ...

No Windows eu tenho as letras ( ex .: C:\ ) para cada particionamento da maquina, onde encontra-se todo o sistema ( ex .: C:\Windows\ | C:\Users\Ademir\Documents\Ademir\... ) mas no Ubuntu não ( /  para todo o sistema, ou não ? ) então se eu particionar o HD principal acima separando somente 20GB para o Ubuntu eu vou continuar lendo/gravando, alterando os meus arquivos lá em C:\Users\Ademir\Documents\Ademir\ , mesmo sendo lá ntfs e não ext4??? E quanto aos programas novos continuarão sendo instalados em C:\Program Files\ ou C:\Program Files (x86)\ ? Se sua resposta for não ( como eu imagino ), ou seja, eu terei que instalar as versões Linux de meus programas favoritos dentro da partição ext4 ( em /home ou /var ou / etc,  por exemplo ) então eu terei que separar bem mais do que os 20GB não é mesmo? Estou correto em meu raciocínio? Por isto estou pensando em 300GB ou mais ...

E ainda, No Ubuntu o equivalente do  C:\Users\Ademir\Documents\Ademir\ ( ntfs ) é o /home? Se eu  Como você me explicou abaixo eu posso ler/gravar/alter tudo lá em C:\Users\Ademir\Documents\Ademir\ ( ntfs ) mas e se eu quiser mover a pasta inteira para /home ( ext4 ), eu posso? Sem traumas?

Veja, de forma compreensível você está um pouco confuso quanto a isso, mas é bastante simples.

Os dois sistemas funcionam de forma totalmente indepente, cada um em sua partição (e no seu caso, se optar por instalar um em cada disco, melhor ainda).

Tudo o que você faz hoje no Windows continuará fazendo de forma exatamente igual, nada irá se alterar.

Aquela forma que você observa quando sobe o Ubuntu através de um live-iso (pendrive ou cdrom) é exatamente daquela forma que ficará o sistema quando instalado no que diz respeito aos discos rígidos e aos sistemas instalados.

O que você está vendo na situação de um live-iso é o que verá quando o Ubuntu estiver instalado no disco rígido (ou partição) apropriado.

Citar
7) Ok. 4GB é o suficiente então ... mas eu tenho 2 slots vazios ainda e penso em breve aumentar a memória ram com +4GB vou ter que fazer um rezise na partição de swap para adequá-la à nova realidade?

Ok, se planeja aumentar a RAM, então deixe os 8 GB, sem problemas.

Citar
8) GLUB ... então ..., pelo que li em artigos e vi em vídeos quem vai gravar onde e como vai ser o Ubuntu automaticamente na instalação, não é? Me confirme?

O Grub é um gerenciador de Boot, que na prática vai te dar uma telinha quando se liga o computador e depois daquelas telas iniciais de verificação do próprio BIOS (chamadas POST) e onde existem linhas em que você pode escolher qual sistema quer iniciar daquela vez.

Jeito fácil de entender: entre no Google e na caixa de pesquisa procure pelas palavras grub linux e consulte o link "imagens de grub linux", imediatamente você irá visualizar e entender do que estamos falando.

Volto a afirmar, a essência de tudo isso é bastante simples depois que se coloca o "pé dentro" e começa a fazer, mas aproveite a oportunidade para se familiarizar através do live-iso (pendrive ou cdrom).

« Última modificação: 31 de Maio de 2016, 16:03 por druidaobelix »
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.552
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #4 Online: 31 de Maio de 2016, 15:53 »
Esclarecendo algumas coisas adicionais e que ficam inicialmente um pouco confusas para quem nunca usou um Linux.

Num sistema dual boot tenha sempre em mente que os sistemas trabalham de forma totalmente independente ente si.

Aquilo que você está vendo quando sobe um live-iso (pendrive ou cdrom) é exatamente a mesma coisa que irá ver após o sistema estar instalado no disco rígido.

O que vai mudar é obviamente a velocidade de acesso, porque o acesso através do hd é muito mais rápido que um pendrive e muito mais rápido ainda que um cdrom, mas o restante é tudo igual.

Claro que tendo o sistema instalado em disco isso irá possibilitar que você, querendo, venha a instalar outros programas no Ubuntu, além daqueles que já vêm com ele.

Uma confusão muito comum: programas feitos para Windows não executam (=não rodam) no Linux, então pouco importa o que você tenha ou deixe de ter instalado na sua partição Windows de um dual boot, não serve para nada no Linux simplesmente porque não dá para executar, as plataformas são diferentes.

Da mesma forma, o que você vier a instalar no Linux Ubuntu o Windows não irá tomar o menor conhecimento, aliás, ele nem sequer consegue ver as partições Linux. Entenda que são 'mundos' independentes entre si, cada um com sua própria arquitetura é um sistema operacional diferente e tem seus próprios aplicativos.

Até existe um meio muito especial de instalar programas Windows (executáveis .exe) dentro do Linux, através de um artifício chamado WINE, mas isso no fundo é uma "ajeitada", uma "gambiarra" para algumas poucas situações de real necessidade. Deixe para aprender sobre isso mais adiante, não é importante e, principalmente, tenha em conta que estando no Linux o melhor a fazer é usar programas escritos para o próprio Linux, no que terão alto desempenho.

Você pode até mesmo instalar dentro do Linux algo que se chama "Máquina Virtual" (VM), a exemplo da Oracle VM VirtualBox e nela instalar um Windows, ou seja, será um Windows completo habitando dentro de um Linux (o inverso também dá pra fazer, seu Windows também permite isso), além de instalar outros Linux dentro do Linux original, mas veja, tudo isso deixe para adiante, depois que já tiver andado um pouco nessa estrada, por ora é ficar no bê-a-bá e ir progredindo na curva de aprendizado.

Apesar de distribuições (conhecidas no popular como distro) Linux como o Ubuntu serem muito amigáveis, fácil de instalar e fácil de usar, ainda assim não se estará diante do mais que popular Windows e suas imensas facilidades. Não há nada de errado no Windows, é um ótimo sistema operacional, mas o perfil de usuário entre um sistema e outro é diferente.

Não reclame no Linux da eventual inexistência das enormes facilidades que tem no Windows, principalmente no que diz respeito à identificação de hardware. O Windows é para o povo, é para as massas, o Linux é para poucos, inicialmente usado apenas por especialistas, hoje um pouco mais aberto, podendo ser usado mesmo sem conhecimento especializado, se quiser vir para esse mundo, se essa for sua escolha, tenha isso em conta.

Certamente você é uma pessoa inteligente, chegou até um Linux, conseguiu pensar "fora da caixinha", conseguiu vislumbrar algo além do mainstream, então não terá maiores dificuldades de ir progressivamente aprendendo.

Tenha em conta que 99% dos 500 TOP supercomputadores do planeta rodam Linux e o 1% restante executa UNIX, deve existir uma razão para isso.
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline ADEMIR01

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 20
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #5 Online: 31 de Maio de 2016, 18:33 »
Druidaobelix ...

Obrigado por suas valiosas informações / dicas ... vou fazer como indicado, ou seja, vou "navegar por uma semana" pelo Ubuntu através do Live-DVD que anteriormente criei ... Apesar de ser novo (  em termos ) ,  no Linux , pois já tive o prazer/experiência de utiliza-lo ( primariamente, há alguns anos atrás ) como usuário ( em uma maquina de 3ºs já configurada e pronto para o uso ) eu nunca o tinha antes instalado em minha própria máquina ... meu objetivo é ficar a priori com os 2 SO e ir migrando o quanto possível ...

Sim eu sei que o Ubuntu ( A melhor distro em Linux ) ainda tem muito o que se desenvolver ... e que ainda não posso ficar sem o Windows ... , mas meu objetivo é outro ... O que eu quero é aprender o Linux e abstrair o que há de melhor nos 2 mundos ... Sem ilusões ... Sou programador e já vinha utilizando varias das funções nativas do Linux no Windows ( ex .: Git Shell, TDM-GCC-64 e etc ... ) então acho que minha adaptação será rápida ... Escrevi hoje dia 31/05/16 aqui neste fórum ( Estou inscrito aqui mas sem participações desde 11/2008 ) em busca de respostas quanto especificamente ao [ DUAL BOOT ] que de certa forma me deixava apreensivo, mas não mais ... enfim, vou refazer meus passos e se for o caso posto novamente ... por enquanto ... um [ MUITO OBRIGADO ] ... Ademir

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.552
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #6 Online: 31 de Maio de 2016, 18:54 »
... Sou programador e já vinha utilizando varias das funções nativas do Linux no Windows ( ex .: Git Shell, TDM-GCC-64 e etc ... ) então acho que minha adaptação será rápida ...

Não fazia ideia que você é programador, pensei genericamente estivesse falando com alguém iniciante, então acabou-se o mistério, não tem segredo, alguém que é programador tira isso com um "pé nas costas" e duas mãos amarradas. Sem segredo, ficou fácil.  :D
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline ADEMIR01

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 20
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #7 Online: 01 de Junho de 2016, 12:12 »
Druidaobelix ...,

Bom ..., definitivamente ser um programar ajuda ... mas isto não evita de se "bater a cabeça em busca da melhor solução" ... quem programa sabe que devido a velocidade da tecnologia / informática ( Lei de Moore - http://tinyurl.com/pew7466 ), o que hoje é atual amanhã não o será mais ...

Eu me considero um iniciante, sim em Linux ..., mas meu conhecimento em tecnologia/informática é digamos vasto ( não tanto quanto eu queria, óbvio ) ...

Bom vamos ao que realmente interessa antes que algum moderador me "xingue" [ risos ] ...
1) Quanto a minha placa de vídeo, que aparentemente esta funcionando corretamente, eu encontrei o respectivo driver => AMD Radeon Software Crimson Edition 15.12 Proprietary Linux Graphics Driver -  https://support.amd.com/en-us/download/desktop?os=Linux+x86_64 , então fica aqui o registro ...

2) No Windows para ler-se "ext4" tem este programa https://sourceforge.net/projects/ext2read/ ( Não o testei ainda, por isto não vou opinar sobre o mesmo  )

Ainda sobre ao meu escopo ... eu pensei a respeito e elaborei as perguntas abstratas abaixo, para a minha tomada de decisão quanto a melhor forma de se fazê-lo ...
Vamos supor então que eu tenha um HD novo de 1Tera , para começar a utilizá-lo eu tenho que montá-lo e talvez formatá-lo ...

1) Eu predominantemente montaria o 1Tera do HD utilizando somente o "ext4" como o sistema de arquivos? Sim,  não ou  tanto faz?
    a) Se sua resposta for "sim" de forma sintética me diga o porque?
    b) Se sua resposta for "não" de forma sintética me diga o porque?
    c) Se sua resposta for "tanto faz" de forma sintética me diga o porque?

A sua resposta vai me ajudar a vislumbrar o que devo fazer, ou seja, hoje eu penso que somente preciso ter como "ext4" ( de +- uns 20GB ) a parte respectiva onde irei instalar o Sistema ( / ) + o Swap + o /home e o resto do HD pode ser tanto "NFTS" como "EXT4", isto esta correto?

Offline ADEMIR01

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 20
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #8 Online: 01 de Junho de 2016, 13:18 »
Druidaobelix ...,

Fazendo um adendo ...

Fiz uma busca rápida e encontrei estas opções também quanto a ler-se "ext4" no Windows, contudo reafirmo que ainda não testei nenhuma delas ...

https://sourceforge.net/projects/ext4explore/
http://www.ext2fsd.com/
http://www.diskinternals.com/linux-reader/

Existem outras, mas ... enfim a que mais me agradou foi minha 1ª indicação logo acima ...

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.552
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #9 Online: 01 de Junho de 2016, 13:35 »
Então, / ADEMIR01/,

Como já havia dito, se for possível, a forma que lhe dará maior liberdade e flexibilidade no uso do sistema é não alterar nada no hd0 que está em ntfs e no qual suponho esteja o Windows e usar o hd pequeno, que suponho seja o hd1 exclusivamente para o Linux, esse você formate em ext4, no outro não mexa em nada, deixa exatamente como está.

www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.552
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #10 Online: 01 de Junho de 2016, 13:46 »

1) Quanto a minha placa de vídeo, que aparentemente esta funcionando corretamente, eu encontrei o respectivo driver => AMD Radeon Software Crimson Edition 15.12 Proprietary Linux Graphics Driver -  https://support.amd.com/en-us/download/desktop?os=Linux+x86_64 , então fica aqui o registro ...

Então, exatamente nessa página da fabricante AMD que você indicou, veja o que literalmente consta lá:

Linux Distributions Supported: This version of the AMD Radeon Software Linux Proprietary Graphics Driver is designed to support the following Linux distributions:

Distributions supported:


    Red Hat Enterprise Linux Suite 7.2, 7.1, 7.0, 6.7, 6.6, 6.5
    Ubuntu 12.04.4 LTS, 14.04.2, 14.04.3, 15.04, 15.10
    SUSE® Linux Enterprise 11 SP3, 12
    OpenSuSE 13.1

Observe as versões que são mencionadas para suporte ao Ubuntu.

Como se vê, não está mencionada a 16.04, ou seja, não há ainda suporte para a versão 16.04, que é exatamente o que falei naquele link mencionado antes, é exatamente esse o problema.

Esse suporte até deve aparecer daqui a pouco, mas no momento não tem, não há o driver prorietário e para algumas placas o novo driver opensource AMDGPU não está funcionando, daí que a solução é ir para a versão 14.04, onde há o suporte pleno.
« Última modificação: 01 de Junho de 2016, 15:17 por druidaobelix »
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.552
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #11 Online: 01 de Junho de 2016, 14:05 »

2) No Windows para ler-se "ext4" tem este programa https://sourceforge.net/projects/ext2read/ ( Não o testei ainda, por isto não vou opinar sobre o mesmo  )

Druidaobelix ...,
Fazendo um adendo ...
Fiz uma busca rápida e encontrei estas opções também quanto a ler-se "ext4" no Windows, contudo reafirmo que ainda não testei nenhuma delas ...

https://sourceforge.net/projects/ext4explore/
http://www.ext2fsd.com/
http://www.diskinternals.com/linux-reader/

Existem outras, mas ... enfim a que mais me agradou foi minha 1ª indicação logo acima ...


Sim, de fato existem esses suportes que permitem o sistema operacional Windows ler arquivos Linux, mas também como disse antes, observe que não se trata de suporte **nativo**, ou seja, não é um suporte "oficial" da Microsoft, não são ferramentas desenvolvidas pelo fabricante do sistema operacional comercial, portanto, estarão sempre sujeito à chuvas e tempestades, eventualmente sujeito à incompatibilidades, erros e problemas, porém funciona sim.

O NTFS é um sistema proprietário, pertence à Microsoft, evidentemente ela pode alterá-lo a qualquer momento e ninguém ficar sabendo a especificação dessa alteração e isso ocasionar corromper ou perda de dados. Não tem sido essa a realidade, o suporte Linux aos arquivos NTFS tem se mostrado muito estável e seguro, alcançou um alto grau de desenvolvimento (note que estamos falando Linux lendo Windows, não o inverso), a prática tem demonstrado um alto grau de segurança nessa implementação, sem problemas de quaisquer espécie.

Já o inverso, as soluções Windows lendo Linux são um pouco menos comuns, na verdade pouco usadas, até porque não faz muito sentido, apenas geralmente não há a necessidade, mas também funciona.

Não se preocupe excessivamente com isso, na verdade esse é um aspecto bastante secundário, até entendo suas preocupações iniciais, mas é que sua "cabeça" ainda está no mundo Windows e então há essa tendência de raciocinar pensando ainda naquela sistema operacional.

Veja algo muito simples, se você está usando o Linux e, por exemplo, faz um download de um arquivo texto, de um documento qualquer, e acha que depois vai ter que ler esse documento enquanto estiver usando o Windows, então simplesmente estando no Linux copie ele para a partição ntfs, simples assim, vai estar lá disponível quando você estiver usando o Windows.

Mas, claro, se o uso do dia a dia evidenciar a necessidade ou conveniência, nada impede a instalação daqueles softwares que fazem a via inversa, habilitar o Windows a ler Linux, funciona sim, apenas não há garantia oficial da Microsoft, mas indepentemente disso funciona.  :)


www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline ADEMIR01

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 20
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #12 Online: 01 de Junho de 2016, 14:53 »
Druidaobelix ...

Quanto a placa gráfica ... de fato também acredito que o driver para a 16.04 em breve estará disponível/compatível ... contudo o meu registro continua válido para as outras opções mencionadas, que foi a priori a minha intenção, já que não tive problemas quando subi o meu live-dvd do Ubuntu 16.04 ...

Quanto a ler-se "ext4" estando no Windows e a ler "ntfs" estando no Ubuntu ... bom ... é bom saber que há esta via de mão dupla ... quanto a ser Microsoft isto é o de menos ..., na verdade o que eu tenho da MS em minha máquina é tão somente o OS e o VS2015 e só ... [ risos ]

Vamos ao sumário das opções do que me ficou claro após eu ter tido este "bate papo" ontem e hoje com você ...

1)  Se eu fizer o [ DUAL BOOT ] no HD de 1Tera eu posso particioná-lo o quanto eu quiser me utilizando do "ext4" já que o sistema de arquivos devido ao Ubuntu ler "ntfs" de forma nativa ..., ou seja, 20GB exclusivos para "ext4 + swap + /home" ficando o resto como esta em "ntfs", assim eu carrego o Ubuntu em "ext4" mas leio/gravo/altero meus arquivos em "ntfs" via Ubuntu
2) Faço o exposto no item 1 mas em vez de particionar o HD de 1Tera eu me utilizo o meu HD de 160GB todo ele em "ext4" ...
3) Faço o exposto no item 1 mas eu particiono o HD de 160GB sendo 20GB em "ext4" e o restante fica como esta em "ntfs" ...

Obrigado por sua paciência ... Ademir

Bom quanto a me utilizar do HD pequeno ... acho que é a melhor solução

Offline lcom23

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 126
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #13 Online: 01 de Junho de 2016, 18:27 »
Olá Ademir,
Como o Druidaobelix bem explicou, seria melhor você instalar o Ubuntu no HD pequeno.

E se esse HD for MBR, tem uma limitação de partições.
Um disco pode dividir-se num máximo de 4 partições primárias (Para contornar esta limitação é possível dividir o disco até 3 partições primárias e 1 partição estendida).
Uma partição estendida pode dividir-se em múltiplas partições lógicas. Cada partição primária e lógica tem a sua própria letra de drive.
E esse particionamento deve ser todo ele em Ext4.

« Última modificação: 01 de Junho de 2016, 18:30 por lcom23 »
>HP Desktop
>Pentium(R) Dual-Core CPU E5300 @ 2.60GHz
>2 GB Ram

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.552
    • Ver perfil
Re:Dúvidas + [ DUAL BOOT ] ...
« Resposta #14 Online: 01 de Junho de 2016, 20:59 »
[...]
Bom quanto a me utilizar do HD pequeno ... acho que é a melhor solução

Então, /ADEMIR01/,

O jeito fácil é assim: deixe o hd pequeno exclusivamente para o Linux e a formatação use a ext4.
Não altere nada no hd do Windows, se possível até o desligue no cabo para não fazer confusão e errar o alvo.

O disco pequeno você disse que tem 149 GB, então ao instalar o Linux em princípio use a forma mais simples possível, uma única partição enorme que será quase a extensão toda do disco pequeno, por exemplo 140 GB e uma partição pequena de 9 GB para swap, que dá e sobra duas vezes. O Ubuntu quando acaba a instalação ocupa 4,6 GB, ou seja, quase nada, vamos dizer que seja 5 GB para arrendondar, então ainda sobrarão generosos 135 GB para fazer o que quiser.

Agora a boa notícia: fazendo dessa forma, depois, já com mais experiência, já tendo visto na real como é que as coisas funcionam, não mais se tratando de abstração não calcada em experiência, é super hiper ultra fácil alterar da forma como quiser e achar melhor.

Toda a instalação do Ubuntu, aqui em computadores razoavelmente lentos e antigos tem demorado cerca de 15 minutos. Depois de instalado, tudo funcionando, você já com a mão na massa, com alguma experiência, usar o GParted e alterar a partição em que está o Ubuntu não deve demorar mais que uns 2 minutos, o que é um tempo muito menor do que demorei para escrever este post. :-)

E como disse, instalar e reinstalar o Ubuntu é coisa de 15 minutos, então se inicialmente não gostou de qualquer coisa, em poucos 15 minutos você instala novamente e quantas vezes quiser.

Compreendo que uma certa confusão é decorrente exatamente da abstração, da ausência de conhecimento do caso concreto, mas acredite, seguramente estamos diante de um caso muito simples, trivial mesmo.

Não tem segredo, não complique o que é essencialmente simples, o disco do Windows deixa como está, não mexa nele, não altere nada nele. O disco pequeno instale o Ubuntu, sistema e home numa partição única e mais uma pequena swap. Vai ficar uma belezinha, não vai de dar trabalho algum, não irá estragar absolutamente nada e é super seguro e prático fazer dessa forma.  :)
« Última modificação: 01 de Junho de 2016, 23:31 por druidaobelix »
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.