Autor Tópico: Porque a Red Hat?  (Lida 1978 vezes)

Offline rodox12

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 304
  • Coisinha fofa!
    • Ver perfil
Porque a Red Hat?
« Online: 01 de Dezembro de 2006, 11:13 »
Pessoal, gostaria de saber sobre voces, pq pegarao a Red Hat pra Cristo??

Com essa "fusao" da Novell com a M$, as acoes da Red Hat cairao, e agora com a Oracle oferecendo suporte ao Red Hat Enterprise Linux por menos que a propria Red Hat e distribuindo um clone do Red Hat na faxola vao cair mais ainda...

Eu li na info: "...despertando rumores de que ela seria comprada pela Oracle."

O que a Red Hat fez algo para M$? Acho que a M$ pago para a Oracle fazer isto e se junto com a Novell para dar um fatallity na Red Hat.

Oque acham?



Temos que fixar o bug #1.

Offline greylica

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 33
    • Ver perfil
Re: Porque a Red Hat?
« Resposta #1 Online: 01 de Dezembro de 2006, 11:49 »
Eu acho que é impossível dar fatality na Red Hat por dois motivos, com o acordo a Suse está arranhada e perderá muitas pessoas que apoiavam seu software se isolando da comunidade ainda mais quando entrar em vigor a GPl V3. Além disso o fundamento da Red Hat não é somente os bancos de dados da Oracle, apesar de ser um segmento grande para a Red Hat, ela tem ainda os fabricantes de softwares gráficos e de animação que são os caras que são os mais contra a Microsoft. Simplesmente por que todas as vezes que se fala em Windows se fala em barreiras no software que impedem trabalhos grandes de serem feitos. Eu mesmo senti isso na pele usando o Blender com um projeto de uma cidade.
O Blender de 32 bits suporta alocação de memória até 4Gb e o Windows corta ele com 2Gb por que a Microsoft reescreveu o Kernel de maneira errada achando que as pessoas nunca chegariam a usar mais que 2gb por aplicativo e limitou as funções em C para o Kernel. O Resultado é que nada pode usar 4Gb mesmo que sua máquina tenha isso de RAM.
Tem um outro problema também que é o Page Adress Extension que endereça 48 Bits de RAm em todos os processadores Pentium 4, AMD Athlon XP e superiores ( isso foi instalado no Pentium II Xeon ... ) e a Microsoft nunca habilitou de fato a função... Ou seja sua máquina reconhece muita memória mas o Windows não.
Tem outros problemas também com o OpenGl que a Red Hat corrigiu para que fabricantes de software e empresas como a Bentley pudessem trabalhar sossegadas.
Não se esqueça também que as versões reduzidas de Red Hat rodam em controladores de mísseis de defesa e Armas nucleares...