Autor Tópico: Porque vc ainda não largou o Windows completamente?  (Lida 362761 vezes)

Offline Daimon71113

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 0
    • Ver perfil
Re:Porque vc ainda não largou o Windows completamente?
« Resposta #975 Online: 03 de Setembro de 2018, 22:21 »
Jogos, jogos, jogos. Enquanto o WIndows é recheado de games, o Gnu/Linux falta.
Android é Linux e não Gnu/Linux e é cheio de jogos.
Poucos Appimage pra baixar via web.
ficar dependendo de repositório pra baixar as coisas.
Só em distro rolling release que o repositório atualiza
No windows posso instalar mais de um programa em diferentes versões no mesmo computador
No windows não preciso esperar sair uma release nova pra atualizar meus apps!

Offline nomade

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.148
  • O negócio não tem alma
    • Ver perfil
Re:Porque vc ainda não largou o Windows completamente?
« Resposta #976 Online: 03 de Dezembro de 2018, 09:14 »
Jogos, jogos, jogos. Enquanto o WIndows é recheado de games, o Gnu/Linux falta.
Android é Linux e não Gnu/Linux e é cheio de jogos.
Poucos Appimage pra baixar via web.
ficar dependendo de repositório pra baixar as coisas.
Só em distro rolling release que o repositório atualiza
No windows posso instalar mais de um programa em diferentes versões no mesmo computador
No windows não preciso esperar sair uma release nova pra atualizar meus apps!

Sim, isso é uma ótima reclamação, inclusive, para os fóruns de jogos, e sites de desenvolvedores.

A Steam tem tentado resolver, ou pelo menos amenizar a situação com o Steam Play, que permite fácil instalação de jogos do windows no Linux.

Aos poucos a situação está melhorando, mas a quantidade de usuários do sistema pesam na questão. Desenvolvedores precisariam investir em exclusividades bombásticas para a plataforma e assim atrair usuários, até porque o Linux é uma plataforma sem pirataria até etão, mas... quem vai fazer isso tendo um mercado já sólido? Complicado... isso é aos poucos mesmo.

Outra coisa, o foco do Android é portateis e é líder de mercado, são objetivos diferentes. O Android é muito menos focado em segurança, por exemplo.

Agora, sem problemas você ter um windows em dualboot para jogar... normal até. Por mim o windows poderia ser apenas uma plataforma para jogos, pois é só pra isso que eu vejo ele servir sem ser obliterado por um Linux... 
Rodando Ubuntu 18.04 com: AMD Ryzen 5 2600 3.4GHz/ Gigabyte A320M-S2H/ 8GB 2400MHz DDR4/ Radeon R7 260X 2GB GDDR5

Offline Daimon71113

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 0
    • Ver perfil
Re:Porque vc ainda não largou o Windows completamente?
« Resposta #977 Online: 01 de Fevereiro de 2019, 19:55 »
Jogos, jogos, jogos. Enquanto o WIndows é recheado de games, o Gnu/Linux falta.
Android é Linux e não Gnu/Linux e é cheio de jogos.
Poucos Appimage pra baixar via web.
ficar dependendo de repositório pra baixar as coisas.
Só em distro rolling release que o repositório atualiza
No windows posso instalar mais de um programa em diferentes versões no mesmo computador
No windows não preciso esperar sair uma release nova pra atualizar meus apps!

Sim, isso é uma ótima reclamação, inclusive, para os fóruns de jogos, e sites de desenvolvedores.

A Steam tem tentado resolver, ou pelo menos amenizar a situação com o Steam Play, que permite fácil instalação de jogos do windows no Linux.

Aos poucos a situação está melhorando, mas a quantidade de usuários do sistema pesam na questão. Desenvolvedores precisariam investir em exclusividades bombásticas para a plataforma e assim atrair usuários, até porque o Linux é uma plataforma sem pirataria até etão, mas... quem vai fazer isso tendo um mercado já sólido? Complicado... isso é aos poucos mesmo.

Outra coisa, o foco do Android é portateis e é líder de mercado, são objetivos diferentes. O Android é muito menos focado em segurança, por exemplo.

Agora, sem problemas você ter um windows em dualboot para jogar... normal até. Por mim o windows poderia ser apenas uma plataforma para jogos, pois é só pra isso que eu vejo ele servir sem ser obliterado por um Linux...

Outra reclamação é que nenhum desenvolvedor parece se interessar em fazer apps de Android Linux  funcionar no GNU/Linux. Os projetos de usar camada de compatibilidade em Linux andam a passos de formiga. Nos outros sistemas operacionais temos Emuladores que funcionam muito bem sem ter que ler uma documentação extensa e ter que configurar perdendo tempo. O genymotion não é mais gratuito pra uso pessoal e o Linux não tem mais emulador bom tirando esse que agora é pago.

O único Linux intuitivo de verdade que existe é o Android.

Não existe aplicativo no Linux que bata o Text Aloud entre outros.


« Última modificação: 15 de Fevereiro de 2019, 23:07 por Daimon71113 »

Offline nomade

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.148
  • O negócio não tem alma
    • Ver perfil
Re:Porque vc ainda não largou o Windows completamente?
« Resposta #978 Online: 24 de MAR?O de 2019, 01:21 »

Outra reclamação é que nenhum desenvolvedor parece se interessar em fazer apps de Android Linux  funcionar no GNU/Linux. Os projetos de usar camada de compatibilidade em Linux andam a passos de formiga. Nos outros sistemas operacionais temos Emuladores que funcionam muito bem sem ter que ler uma documentação extensa e ter que configurar perdendo tempo. O genymotion não é mais gratuito pra uso pessoal e o Linux não tem mais emulador bom tirando esse que agora é pago.

O único Linux intuitivo de verdade que existe é o Android.

Não existe aplicativo no Linux que bata o Text Aloud entre outros.

Brother, enfim, as propostas de cada sistema são diferentes.

O android é intuitivo? Sim, como uma Smart TV, ou Geladeira inteligente, ou computador de bordo de automóveis e todos usam alguma distribuição linux para um determinado fim mais específico.
O sistema de um PC é muito mais amplo e lhe possibilita fazer muito mais coisas do que em um celular, ou outro dispositivo desses.
Os aplicativos de celular para windows phone também não rodam nativamente no windows e nem da mesma forma. Existem vários motivos, o mais interessante deles é entender que muitas vezes um software é feito para funcionar em um tipo de processador específico.
No caso do android a arquitetura é a ARM. Veja que se você pegar um tablet com android 4.0 tera problemas para rodar o app do youtube hoje. Sabe o porquê? Ele não suporta mais os processadores ARM dessa geração como muitos outros... então repense esse seu conceito de que os desenvolvedores Linux tem que fazer tudo funcionar em tudo. Rode um app de IOS num MacOSX... quero ver... não vai, cara. Entende? São objetivos diferentes, arquiteturas diferentes.

Entretanto se quiser rodar aplicações android em qualquer linux desktop tem o Genymotion, se esse for o problema. Instale ele no seu Ubuntu e seja feliz rodando apps de Android.

Sou a favor também de projetos que facilitem o uso para usuário comum, desde que preserve a segurança. Muitas vezes a preservação da segurança e estabilidade do sistema prejudicam a facilidade no uso, mas essa é um busca constante da Canonical no Ubuntu e da galera que desenvolve o Mint (o mint chega a sacrificar o desempenho do sistema para buscar tornar o sistema mais amigável)

Agora, discordo sober o Linux ser menos amigável que o Windows, as pessoas que não gostam de prender novas formas de usar as coisas.

Minha mãe aos 58 anos migrou para o Linux e nunca mais voltou ao windows, já usa a 5 anos o Ubuntu.

Meu pai aos 60 anos migrou e acha simples.

Nenhum dos dois entendia direito como usar antivirus, processos de segurança no uso do Windows, viviam tendo problemas e tendo que me chamar, ou pagar alguém pra formatar o PC deles com frequencia. Então... discordo muito.

Para Gamers... ok, o Linux tem caminho longo a percorer, mas vai chegar lá... tá cada vez melhor.

Abrç
« Última modificação: 24 de MAR?O de 2019, 01:30 por nomade »
Rodando Ubuntu 18.04 com: AMD Ryzen 5 2600 3.4GHz/ Gigabyte A320M-S2H/ 8GB 2400MHz DDR4/ Radeon R7 260X 2GB GDDR5

Offline Maisumnovato

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 13
    • Ver perfil
Re:Porque vc ainda não largou o Windows completamente?
« Resposta #979 Online: 19 de Julho de 2019, 11:31 »
Jogos, jogos, jogos. Enquanto o WIndows é recheado de games, o Gnu/Linux falta.
Android é Linux e não Gnu/Linux e é cheio de jogos.
Poucos Appimage pra baixar via web.
ficar dependendo de repositório pra baixar as coisas.
Só em distro rolling release que o repositório atualiza
No windows posso instalar mais de um programa em diferentes versões no mesmo computador
No windows não preciso esperar sair uma release nova pra atualizar meus apps!

Sim, isso é uma ótima reclamação, inclusive, para os fóruns de jogos, e sites de desenvolvedores.

A Steam tem tentado resolver, ou pelo menos amenizar a situação com o Steam Play, que permite fácil instalação de jogos do windows no Linux.

Aos poucos a situação está melhorando, mas a quantidade de usuários do sistema pesam na questão. Desenvolvedores precisariam investir em exclusividades bombásticas para a plataforma e assim atrair usuários, até porque o Linux é uma plataforma sem pirataria até etão, mas... quem vai fazer isso tendo um mercado já sólido? Complicado... isso é aos poucos mesmo.

Outra coisa, o foco do Android é portateis e é líder de mercado, são objetivos diferentes. O Android é muito menos focado em segurança, por exemplo.

Agora, sem problemas você ter um windows em dualboot para jogar... normal até. Por mim o windows poderia ser apenas uma plataforma para jogos, pois é só pra isso que eu vejo ele servir sem ser obliterado por um Linux...

Eu também uso dual boot. Windows pra mim só tem servido pra rodar jogos que eu não consegui rodar no meu Linux. Só pra isso. Jogo com alguns amigos, e uma ou duas vezes na semana a gente marca pra jogar, daí eu tenho que ir pro Windows mesmo. Fora isso, no meu cotidiano mesmo, tem umas 3 semanas que não uso mais o Windows. Não vejo necessidade, visto que o Ubuntu consegue suprir (e muito bem) minhas demais necessidades. Esse final de semana vou ver se consigo aprender a usar o Gparted pelo pendrive pra ver se consigo diminuir a minha partição do Windows e aumentar a do meu Ubuntu.
Única coisa que me prende ao Windows ainda são os games. No dia que isso mudar, troco pro Ubuntu totalmente, sem pensar duas vezes.