Autor Tópico: Ubuntu nas Escolas (pt): o nosso testemunho  (Lida 4574 vezes)

Offline mavr

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3
    • Ver perfil
Ubuntu nas Escolas (pt): o nosso testemunho
« Online: 27 de Junho de 2007, 22:09 »
Viva! Na sequência do screenshot colocado no tópico http://ubuntuforum-pt.org/index.php/topic,21873.msg118994.html#msg118994 permitam-nos umas breves palavras-testemunho sobre a total viabilidade da utilização do Ubuntu, ou mesmo de outra distro Linux, conjuntamente com o software open source na Escola/no Ensino:

Antes de mais, desconheço qual a implantação do Linux, i.e. do Ubuntu, em outras escolas do país (e mesmo no Brasil, pois seria também interessante conhecer e obter partilha de informação e experiências). Nesta escola, para a qual de momento preferiamos manter algum anonimato, iniciamos um projecto experimental de implementação do Linux em Janeiro do corrente ano, 2007, num segmento da nossa rede.

Inicialmente foi instalada e configurada uma outra distro, uma versão que pretendiamos apoiar pela sua origem lusitana, mas que no entanto se verificou na prática não ser ainda viável para oferecer o desempenho e fiabilidade do conjunto de serviços que já possuíamos com o sistema proprietário anterior.

Em Fevereiro-Março avançamos com o Ubuntu 6.10, sistema que já conhecia dado que havia frequentado até Dezembro de 2006 um curso pós-laboral de Linux para Redes (na distro Ubuntu 'Edgy Eft') leccionado por um docente da Universidade da cidade em que resido. Instalaram-se experimentalmente 3 servidores e 10 máquinas clientes. Após um período experimental de cerca de 4 meses de utilização intensiva diária por parte dos nossos principais utilizadores, alunos do 2º e 3º ciclo do Ensino Básico, verificamos que este sistema e seu software  open source, quer na versão servidor que na versão desktop, tem todas (diria melhores ainda) as características de fiabilidade, desempenho, evolução de um qualquer sistema proprietário, e é capaz de proporcionar ferramentas adequadas ao ensino e às novas tecnologias (ex:a excelente suite office open source 'OpenOffice 2.2', desenvolvimento web e multimédia, correio electrónico e aplicações de engenharia social, etc.).
De notar que o site de informática do Ministério da Educação, embora 'ainda' não faça constar expressamente a referência  ao Linux, como alternativa viável no Ensino ao sistema operativo proprietário, promove já o uso do software livre nas escolas (http://www.crie.min-edu.pt/index.php?section=162); quanto à leccionação das TIC as orientações homologadas que se encontram no ME, http://moodle.crie.min-edu.pt/course/view.php?id=210, não referem a obrigatoriedade de um sistema específico, proprietário ou open source, mas sim um sistema operativo com ambiente gráfico, um processador de texto, folha de cálculo, apresentação mmx, base dados, etc.: de qualquer modos solicitavamos que quem possuísse alguma informação mais precisa neste âmbito, o favor de melhor nos elucidar; dado que prentediamos evitar o famoso 'dual-boot' por totalmente desnecessário, pelo menos numa perspectiva técnica.

Nesta altura, terminado o actual ano lectivo 2006/7, e preparando já o início do próximo ano lectivo, estamos a dar início à instalação  definitiva de todo o segmento da referida rede (cerca de 24 máquinas clientes Pentium4 e 3 servidores 'Dell PowerEdge' Xeon) em Ubuntu 7.04; com implementação de serviço de correio electrónico e plataforma educativa web (tudo open source), além das contas de utilizadores e servidores de partilhas-ficheiros com redundância, firewall, proxy, filtro de conteúdos, etc.

Simultaneamente, é possível ainda que avancemos com a migração de outro segmento de rede (mais servidores e máquinas locais) também para Ubuntu. Neste caso, dado se tratar de uma rede de maior dimensão e complexidade [modificado] e pretendendo correr também software, cliente-servidor, proprietário à medida (gestão escolar-pedagógica e gestão administrativa) com base em sql server, teremos provavelmente uma dificuldade técnica acrescida na configuração dos servidores (esperemos que o Samba4 seja lançado entretanto:). Referimos isto, dado que na maioria das escolas esta dificuldade nem sequer se coloca visto terem acesso directo à net (adsl) através do ISP! (e também já se conseguiu colocar vários módulos do software de gestão escolar JPM a correr em Ubuntu numa escola pública local).

Contamos conseguir até Setembro ter esta migração efectuada, para dar formação posterior aos utilizadores (docentes, não-docentes e alunos); temos alinhavado um projecto de fazer um DVD sobre instalação e utilização do Ubuntu em rede no meio escolar, que esperamos conseguir concretizar no pouco tempo livre do mês de Agosto (lá se vão as férias!:). Se conseguirmos efectuar esta mudança tentaremos junto dos nossos utilizadores constituir um grupo para colaborar com o projecto Ubuntu Escolas (http://www.ubuntu-pt.org/Wiki/UbuntuEscolas) e na indispensável ajuda à tradução do Ubuntu e respectivas aplicações (neste campo é só uma ideia ainda).

Nesta zona do interior norte, somos dois técnicos de informática (com alguma formação em administração redes e servidores windows e também na óptica do utilizador, como a certif. ECDL) de duas escolas, uma privada e uma pública, e temos vindo a implementar aos poucos (de um modo não oficializado) o Ubuntu conforme nos é possível, e nas situações mais críticas com o auxílio imprescindível-precioso, ainda que derivado de uma relação de amizade, de um expert em Linux Debian da Universidade local.

Gostariamos, se for possível, de ter algum feedback sobre este tema e partilha de experiências, ideias e sugestões. Agradecido.

mavr (raposo.mav@gmail.com)

P.S.:
Notícias recentes do Ubuntu Linux
Computadores desktop e notebooks da fabricante mundial Dell em Ubuntu (Maio de 2007):
http://direct2dell.com/one2one/archive/2007/05/01/13147.aspx
http://www.dell.com/content/topics/segtopic.aspx/linux_3x?c=us&cs=19&l=en&s=dhs
Parlamento Francês migra toda a sua rede, cerca de 1.154 máquinas, computadores e servidores, para Ubuntu (Março, Junho 2007): http://news.softpedia.com/newsPDF/French-Parliament-Will-Switch-from-Microsoft-to-Ubuntu-49186.pdf
http://www.lepoint.fr/content/conjoncture/article?id=124869
'Ubuntu Mobile' para telemóveis e outros gadgets encontra-se em desenvolvimento em parceria com a Intel (Maio; lançamento previsto em Outubro 2007): https://wiki.ubuntu.com/MobileAndEmbedded
https://lists.ubuntu.com/archives/ubuntu-devel-announce/2007-May/000289.html

Notícias do Linux
Linux nas empresas portuguesas (2005): http://tek.sapo.pt/4L0/593469.html
Linux nas empresas portuguesas e Administração Pública (2006): http://tek.sapo.pt/4P0/655468.html



"Eduquem as crianças de hoje e não será preciso castigar os homens de amanhã.", atribuída a Pitágoras (582? — 496? a.C.)
« Última modificação: 28 de Junho de 2007, 19:55 por mavr »

Offline mavr

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3
    • Ver perfil
Re: Ubuntu nas Escolas (pt): o nosso testemunho
« Resposta #1 Online: 30 de Junho de 2007, 15:03 »
Viva! Este tema encontra-se a ser discutido em http://www.phpbbplanet.com/forum/viewtopic.php?t=1798&mforum=fagulha (Forum dos Professores: Informática); pelo que qualquer contributo será bem vindo na discussão que aí ocorre.

Agradecido,
mavr