Autor Tópico: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site oficial  (Lida 37130 vezes)

Offline carlosaluisio

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 554
  • Só o capitalismo salva!
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #45 Online: 05 de Dezembro de 2007, 19:29 »


Por isso ratifico: Nas empresas o Office da MS ainda é imbativel e o Openoffice é bom e resolve muitas coisas mas falta muitas ferramentas.


Sinceramente eu queria saber O QUE o MsOffice faz que o o nao faz. USo ele desde 1998 (StarOffice) e até hoje a unica coisa que eu vi o msOffice fazer é os "imprescindíveis" textos piscantes... (que talvez até tenha no o e eu nem saiba)
Ubuntu Lucid é 10 !!!

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site oficial
« Resposta #46 Online: 05 de Dezembro de 2007, 20:49 »
Ozin,

Eu gosto do Openoffice, só uso ele.  Mas no trabalho tenho algumas dificuldades por não estar bem interado do Open. Vou investir mais no open.

Mas tem gente que não quer saber de aprender tudo de novo, no tópico anterior eu defendi o direito dessas pessoas de usarem o seu MS no Ubuntu através do Wine, eu queria que o Wine ajudasse essas pessoas a instalar seu software com licença, só isso. 

Mas depois do que escreveste fui fuçar melhor no Open para defender a minha tese do MS ser essêncial, ma acho que tenho que concordar com vc, quem se acostumar com o Open não vai sentir muita falta. Mas mesmo assim tenho abaixo algumas reclamações sobre o open, espero que os desenvolvedores implementem essas melhorias assim que possível.

1. Quando vc quer arrastar uma celula, no open não consigo fazer isso diretamente, primeiro tenho que marcar com o mouse ir até a próxima celula clicar de volta e voltar, aí sim é possível arrastar, teste vc mesmo, leve a celula A1 Para A2 diretamente. (creio que é um Bug).
2.Visualizar a impressão não tem o recurso de clicar com o mouse e o zoom aparece.
3. Quando vc recorta colunas ou linhas não tem o recurso inserir e colar ao mesmo tempo. Primeiro vc insere uma linha e depois cola.
4. Não Colore as abas, uso planilhas intensivamente e isso me ajuda a organizar e aumentar meu desempenho.
5. Os graficos tipo pizza ficam com as linhas pontilhadas, as apresentações no Laptop não ficam bacanas.
6. Acho meio pesadão, demora para abrir e salvar. (arquivos em formato livre ou não).
7. Tem mais coisas que agora não lembro e não consigo rever pois não tenho o MS no meu micro de casa.

Abs

Wildner


Offline Fernando Rodrigues

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 260
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #47 Online: 05 de Dezembro de 2007, 21:36 »
Sem querer ofender, mas eu achei essa ridícula.  No meu ponto de vista o wine nada mais é do que um paliativo para auxiliar aos usuários a entrar no linux.  Agora, preparar o ubuntu para executar programas ms nativamente a meu ver é remar contra a maré.  As pessoas que compram licença só possuem suporte de seus softwares no sistema original.  Se vc tem certeza "que quando tiver programas equivalentes no Linux isso não fará mais diferença" então não há mais necessidade de wine, pois existe sim programas equivalentes para linux.

Leandro, se não quis ofender então não ofenda. "Ridicula" é uma palavra que ofende. Vc poderia se pronunciar fortemente sem usar está palavra mais radical, não acha? Tudo que escrevi no forum é opinião pessoal e nunca desrespeito as outras opiniões.

Por isso ratifico: Nas empresas o Office da MS ainda é imbativel e o Openoffice é bom e resolve muitas coisas mas falta muitas ferramentas.  E em jogos nem se fala, inclusive li em algum artigo da Net que um dos cobrões do Linux disse "que se o Linux quiser ter futuro deve investir em Jogos, diversão, entretenimento. Pois sem isso será sempre periferico e não terá o respeito que merece" Desculpe não colocar a fonte mas não lembro, mas foi esta a mensagem do cara.

Uso Linux há 5 Anos e há 2 não tenho mais em minha máquina Dual Boot e nem virtualização, o que escrevi não é para mim e para a humanidade, o mundo usa MS e se não puderem usar o que conhecem não vão mudar. Eles tem medo, muitas empresas tem medo de adotar o Linux por medo da reação de seus funcionários, da perda de produtividade, dos custos de treinamento, penso em profissionalismo, milhões de Reais rolando e decissões importantes a serem tomadas, devemos considerar tudo e todos os tipos de usuários, o Linux deve ser para todos e não para alguns grupos de pessoas.  A mudança é dificil devemos facilitar a vida daqueles que não são os experimentadores e formadores de opinião como nós. (Opinião Pessoal)

Mas valeu pelas criticas, o que seria do vermelho se todos gostassem do Azul.

Abs

Wildner



[/quote]


Concordo PLENAMENTE contigo, Widlner.
Se o Linux deseja ganhar espaço ou mercado, tem que correr atrás do Windows, não tem jeito! Deveria sim ser preparado, juntamente com o Wine, para que softwares MS sejam instalados em Linux.
Apesar da grande maioria utilizar o Windows pirata, VÁRIOS softwares são comprados. Se alguém tiver que abrir mão do investimento feito, com certeza essa pessoa não vai querer mudar de jeito algum! Ninguém vai querer jogar dinheiro no lixo, te garanto!

Como alguma distribuição Linux vai querer entrar no mercado empresarial sem querer que haja uma transição? Não existe isso. Nenhuma empresa se arriscará numa mudança tão brusca, se ela não vier de uma suave transição. A transição é o Wine. Talvez quando o Wine estiver na versão 2.0, teremos sim uma nova matriz mundial de sistemas operacionais.

Achei sua opinião perfeita! O Wine será a chave do sucesso do Linux, te garanto!
Uma vez as pessoas dentro e habituadas ao Linux, a migração para os softwares livres será um pulo.
sds

Offline carlosaluisio

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 554
  • Só o capitalismo salva!
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #48 Online: 06 de Dezembro de 2007, 10:29 »
Sem querer ofender, mas eu achei essa ridícula.  No meu ponto de vista o wine nada mais é do que um paliativo para auxiliar aos usuários a entrar no linux.  Agora, preparar o ubuntu para executar programas ms nativamente a meu ver é remar contra a maré.  As pessoas que compram licença só possuem suporte de seus softwares no sistema original.  Se vc tem certeza "que quando tiver programas equivalentes no Linux isso não fará mais diferença" então não há mais necessidade de wine, pois existe sim programas equivalentes para linux.

Leandro, se não quis ofender então não ofenda. "Ridicula" é uma palavra que ofende. Vc poderia se pronunciar fortemente sem usar está palavra mais radical, não acha? Tudo que escrevi no forum é opinião pessoal e nunca desrespeito as outras opiniões.

Por isso ratifico: Nas empresas o Office da MS ainda é imbativel e o Openoffice é bom e resolve muitas coisas mas falta muitas ferramentas.  E em jogos nem se fala, inclusive li em algum artigo da Net que um dos cobrões do Linux disse "que se o Linux quiser ter futuro deve investir em Jogos, diversão, entretenimento. Pois sem isso será sempre periferico e não terá o respeito que merece" Desculpe não colocar a fonte mas não lembro, mas foi esta a mensagem do cara.

Uso Linux há 5 Anos e há 2 não tenho mais em minha máquina Dual Boot e nem virtualização, o que escrevi não é para mim e para a humanidade, o mundo usa MS e se não puderem usar o que conhecem não vão mudar. Eles tem medo, muitas empresas tem medo de adotar o Linux por medo da reação de seus funcionários, da perda de produtividade, dos custos de treinamento, penso em profissionalismo, milhões de Reais rolando e decissões importantes a serem tomadas, devemos considerar tudo e todos os tipos de usuários, o Linux deve ser para todos e não para alguns grupos de pessoas.  A mudança é dificil devemos facilitar a vida daqueles que não são os experimentadores e formadores de opinião como nós. (Opinião Pessoal)

Mas valeu pelas criticas, o que seria do vermelho se todos gostassem do Azul.

Abs

Wildner





Concordo PLENAMENTE contigo, Widlner.
Se o Linux deseja ganhar espaço ou mercado, tem que correr atrás do Windows, não tem jeito! Deveria sim ser preparado, juntamente com o Wine, para que softwares MS sejam instalados em Linux.
Apesar da grande maioria utilizar o Windows pirata, VÁRIOS softwares são comprados. Se alguém tiver que abrir mão do investimento feito, com certeza essa pessoa não vai querer mudar de jeito algum! Ninguém vai querer jogar dinheiro no lixo, te garanto!

Como alguma distribuição Linux vai querer entrar no mercado empresarial sem querer que haja uma transição? Não existe isso. Nenhuma empresa se arriscará numa mudança tão brusca, se ela não vier de uma suave transição. A transição é o Wine. Talvez quando o Wine estiver na versão 2.0, teremos sim uma nova matriz mundial de sistemas operacionais.

Achei sua opinião perfeita! O Wine será a chave do sucesso do Linux, te garanto!
Uma vez as pessoas dentro e habituadas ao Linux, a migração para os softwares livres será um pulo.
sds

[/quote]

Lamento decepcionar os internautas do forum, mas sabe quando o Wine vai ser como vocês querem ?

A resposta é  NUNCA.

o Wine é desenvolvido desde 1993, o trabalho do pessoal é um trabalho hérculeo (o wine não é um emulador, e sim, uma implementação de API), e é como se eles já tivessem montado um quebra cabeça de 15000000000 peças, e a cada dia viesse mais 10000 para eles montarem. Tanto que, 14 anos depois, não chegou na versão 1.0, e o pessoal trabalha arduamente nele.

Muito mais fácil seria as empresas desenvolvedoras portarem seus códigos para qt, gtk . É só compilar em um ou em outro. Até do .NET, tem o mono, que compila e gera binários em Linux. A solução seria isso. Quanto a jogos, o cedega tem dado conta do recado, tanto em Linux, como em Mac.

No caso do OpenOffice, ele é realmente muito usado. Acho que até meio pau a pau com o Office em repartições públicas e algumas empresas. A saída é isso: Fazer com que o OpenOffice seja cada vez melhor ! Mas nao contem com o Wine... ele será um quebra galho eternamente. Eu o conheci assim, e assim será.
E eu acho que não existiu maior trabalho dispendioso na comunidade livre que o Wine (pelo menos, trabalho que dá mais trabalho)
Carlos
Ubuntu Lucid é 10 !!!

Offline maudy

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 481
  • Darth Tux
    • Ver perfil
    • Dicas para iniciantes no Ubuntu
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #49 Online: 06 de Dezembro de 2007, 10:48 »
O Wine será a chave do sucesso do Linux, te garanto!
Uma vez as pessoas dentro e habituadas ao Linux, a migração para os softwares livres será um pulo.
sds

Duas percepções equivocadas, ao meu ver.
1 - o Linux já é um sucesso, naquilo que ele se propõem. Ele não depende do Windows para existir.
2 - Uma vez que um usuário novo usa um atalho para seu dia-a-dia ele dependerá dele sempre. Exemplo: eu conheço vários usuários que se eu deletar um atalho no desktop deles, eles me ligarão perguntando como acessar o programa. Ao criar uma dependência do Wine, para quê eu precisarei estudar outro aplicativo nativo pro linux, se o atalho funciona?

Para pensar.

Offline leandromdelima

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 272
  • My fate to live and die in the shadows.
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #50 Online: 06 de Dezembro de 2007, 11:25 »
O Wine será a chave do sucesso do Linux, te garanto!
Uma vez as pessoas dentro e habituadas ao Linux, a migração para os softwares livres será um pulo.
sds

Duas percepções equivocadas, ao meu ver.
1 - o Linux já é um sucesso, naquilo que ele se propõem. Ele não depende do Windows para existir.
2 - Uma vez que um usuário novo usa um atalho para seu dia-a-dia ele dependerá dele sempre. Exemplo: eu conheço vários usuários que se eu deletar um atalho no desktop deles, eles me ligarão perguntando como acessar o programa. Ao criar uma dependência do Wine, para quê eu precisarei estudar outro aplicativo nativo pro linux, se o atalho funciona?

Para pensar.

É justamente o ponto que eu defendo.  Como se espera que as pessoas migrem definitivamente do windows para o linux deixando eles cada vez mais acostumados a programas ms?  Se não houver um esforço eles vão continuar escravos da ms.  Milhares de vezes já foi repetido que linux não é windows.  Como eu mencionei anteriormente, do meu ponto de vista isso é remar contra a maré.
Quando eu avançar, avancem comigo.  Se eu parar, me empurrem para frente.  Se eu der meia volta, matem-me.

Offline nitrofurano

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 55
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #51 Online: 06 de Dezembro de 2007, 11:42 »
um canal de criticas para o UbuntuStudio também é muito bem vindo - conheço escolas secundarias e faculdades da area de artes/design que o tem instalado como dualboot - e estudantes-profissionais-investigadores desta area são uma excelente massa critica para uma distribuição como a UbuntuStudio, mesmo esta não sendo oficial da Canonical

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #52 Online: 06 de Dezembro de 2007, 15:53 »
O Wine será a chave do sucesso do Linux, te garanto!
Uma vez as pessoas dentro e habituadas ao Linux, a migração para os softwares livres será um pulo.
sds

Duas percepções equivocadas, ao meu ver.
1 - o Linux já é um sucesso, naquilo que ele se propõem. Ele não depende do Windows para existir.

Não entendi por que vc disse que nós percebemos que o Linux não é um sucesso. Ninguém disse isso. Ao contraria Eu e alguns amigos que usamos o Linux estamos percebendo como cresce a publicidade e anuncios a respeito do Linux, mas poderiamos ter pelo menos 33% de participação mundial e não é isso que ocorre hoje, ainda. Esperem pra ver ehehhe.

2 - Uma vez que um usuário novo usa um atalho para seu dia-a-dia ele dependerá dele sempre. Exemplo: eu conheço vários usuários que se eu deletar um atalho no desktop deles, eles me ligarão perguntando como acessar o programa. Ao criar uma dependência do Wine, para quê eu precisarei estudar outro aplicativo nativo pro linux, se o atalho funciona?

Para pensar.

A minha opinião  sobre o que escreveu acima é o seguinte: Tem pessoas que são preguiçosas, tem pessoas que não tem tempo e tem pessoas que são praticas, se estes tipos de pessoas aprenderam a usar algum tipo de programa Ruindus é dificil para eles aprender a usar outro. E por causa disso simplesmente eles não usam nada de Linux, por que não migram.  Agora se eles tiverem a oportunidade de usar os seus programas favoritos através do Wine(pelo menos alguns mais importantes tipo: MS office, Photoshop e alguns jogos) eles estariam obrigatoriamente usando o Linux, seria mais ou menos assim 90% usariam programas Linux e somente uns 10% MS, até que a participação da plataforma Linux aumentasse a ponto de ser mais respeitado no mundo corporativo, obrigando aos fabricantes de softwares a fazerem drives e programas para o Linux, ou seja, o mercado obrigaria eles a isso.

Não quero polemizar e me acho no direito de dar a minha opinuão, pois só uso software livre, Ubuntu a mais de 2 anos e estou louco de feliz, mas meus amigos nenhum quer saber do Ubuntu, tem medo, não roda seus programas e nem seus jogos, eles vêem o meu Ubuntu acham bonito, legal mas não querem instalar.

Temos que ter mais jogos, melhorar o openoffice, melhorar a usabilidade, automatizar algumas configurações e arrumar os bugs de lançamento, a galera não gosta de ficar postando para consertar paus, foi por isso que o Linux foi criado, ninguém aguentava os paus do ruindus.

Abs

Wildner


Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #53 Online: 06 de Dezembro de 2007, 16:09 »


Por isso ratifico: Nas empresas o Office da MS ainda é imbativel e o Openoffice é bom e resolve muitas coisas mas falta muitas ferramentas.


Sinceramente eu queria saber O QUE o MsOffice faz que o o nao faz. USo ele desde 1998 (StarOffice) e até hoje a unica coisa que eu vi o msOffice fazer é os "imprescindíveis" textos piscantes... (que talvez até tenha no o e eu nem saiba)

Carlos Aluisio,

Vc sabe como resolver as minhas dúvidas no openoffice?
1. Quando vc quer arrastar uma celula, no open não consigo fazer isso diretamente, primeiro tenho que marcar com o mouse ir até a próxima celula clicar de volta e voltar, aí sim é possível arrastar, teste vc mesmo, leve a celula A1 Para A2 diretamente. (creio que é um Bug).

2. Quando vc recorta colunas ou linhas não tem o recurso inserir e colar ao mesmo tempo. Primeiro vc insere uma linha e depois cola.

3. Quero abrir o relatório em txt no calc para editar as colunas e o openoffice abre no writer, o problema é que as informações estão todas em uma celula só tipo informação espaço informação de novo e assim por diante. Preciso que cada informação fique uma celulas os espaços precisam ser eliminados sem que isso seja manual.

Abs

Wildner

Offline leandromdelima

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 272
  • My fate to live and die in the shadows.
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #54 Online: 06 de Dezembro de 2007, 17:18 »
A minha opinião  sobre o que escreveu acima é o seguinte: Tem pessoas que são preguiçosas, tem pessoas que não tem tempo e tem pessoas que são praticas, se estes tipos de pessoas aprenderam a usar algum tipo de programa Ruindus é dificil para eles aprender a usar outro. E por causa disso simplesmente eles não usam nada de Linux, por que não migram.  Agora se eles tiverem a oportunidade de usar os seus programas favoritos através do Wine(pelo menos alguns mais importantes tipo: MS office, Photoshop e alguns jogos) eles estariam obrigatoriamente usando o Linux, seria mais ou menos assim 90% usariam programas Linux e somente uns 10% MS, até que a participação da plataforma Linux aumentasse a ponto de ser mais respeitado no mundo corporativo, obrigando aos fabricantes de softwares a fazerem drives e programas para o Linux, ou seja, o mercado obrigaria eles a isso.

Não quero polemizar e me acho no direito de dar a minha opinuão, pois só uso software livre, Ubuntu a mais de 2 anos e estou louco de feliz, mas meus amigos nenhum quer saber do Ubuntu, tem medo, não roda seus programas e nem seus jogos, eles vêem o meu Ubuntu acham bonito, legal mas não querem instalar.

Temos que ter mais jogos, melhorar o openoffice, melhorar a usabilidade, automatizar algumas configurações e arrumar os bugs de lançamento, a galera não gosta de ficar postando para consertar paus, foi por isso que o Linux foi criado, ninguém aguentava os paus do ruindus.

Abs

Wildner



Beleza, então vamos torcer então para a Canonical lançar um Ubuntu Lazy Version, com wine otimizado e ícones para pré-instalação do msn, ie, office e paciência, totalmente projetado para suporte integral à microsoft.  Pode vir também com uma área de trabalho apenas, para não confundir a cabeça dos usuários.  Compiz nem pensar, é uma tecnologia muito diferente do que eles estão acostumados.  Talvez os próprios desenvolvedores do wine otimizem ele para essa versão, quem sabe até incluindo uma feature da famosa "tela azul" para os mais saudosos.
Quando eu avançar, avancem comigo.  Se eu parar, me empurrem para frente.  Se eu der meia volta, matem-me.

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #55 Online: 06 de Dezembro de 2007, 18:20 »
A minha opinião  sobre o que escreveu acima é o seguinte: Tem pessoas que são preguiçosas, tem pessoas que não tem tempo e tem pessoas que são praticas, se estes tipos de pessoas aprenderam a usar algum tipo de programa Ruindus é dificil para eles aprender a usar outro. E por causa disso simplesmente eles não usam nada de Linux, por que não migram.  Agora se eles tiverem a oportunidade de usar os seus programas favoritos através do Wine(pelo menos alguns mais importantes tipo: MS office, Photoshop e alguns jogos) eles estariam obrigatoriamente usando o Linux, seria mais ou menos assim 90% usariam programas Linux e somente uns 10% MS, até que a participação da plataforma Linux aumentasse a ponto de ser mais respeitado no mundo corporativo, obrigando aos fabricantes de softwares a fazerem drives e programas para o Linux, ou seja, o mercado obrigaria eles a isso.

Não quero polemizar e me acho no direito de dar a minha opinuão, pois só uso software livre, Ubuntu a mais de 2 anos e estou louco de feliz, mas meus amigos nenhum quer saber do Ubuntu, tem medo, não roda seus programas e nem seus jogos, eles vêem o meu Ubuntu acham bonito, legal mas não querem instalar.

Temos que ter mais jogos, melhorar o openoffice, melhorar a usabilidade, automatizar algumas configurações e arrumar os bugs de lançamento, a galera não gosta de ficar postando para consertar paus, foi por isso que o Linux foi criado, ninguém aguentava os paus do ruindus.

Abs

Wildner



Beleza, então vamos torcer então para a Canonical lançar um Ubuntu Lazy Version, com wine otimizado e ícones para pré-instalação do msn, ie, office e paciência, totalmente projetado para suporte integral à microsoft.  Pode vir também com uma área de trabalho apenas, para não confundir a cabeça dos usuários.  Compiz nem pensar, é uma tecnologia muito diferente do que eles estão acostumados.  Talvez os próprios desenvolvedores do wine otimizem ele para essa versão, quem sabe até incluindo uma feature da famosa "tela azul" para os mais saudosos.

Leandromdelima,

Notei que vc não entendeu que eu quis dizer e por isso vou tentar ser mais claro na minha explanação da "opnião".

O que quis dizer foi que podemos ajudar alguns usúarios em algumas coisas, não transformar o Ubuntu em ruindus. O Wine existe, mas não existe ao mesmo tempo, pois é dificil de fazer funcionar. Eu uso todos os programas do Ubuntu, mexo na configuração, fiz os diabos, leio, estudo e tudo mais, mas quando parto para o wine, meu amigo, é um desastre, já notei que nos foruns muita gente não sabe o que fazer, querem dicas, não funciona e assim por diante.
Isso poderia ser um pouco mais simples só isso, não sou defensor do ruindus, não quero que permaneçam nele. Só acho que se temos a ferramenta , então, que ela funcione, e mais ainda, que ela seja fácil de funcionar.

Pergunta: No forum "recentemente" há reclamações de que o firefox, K3B, Amarok não funciona? Existe, as é dificil, mas o wine!!!!! só com muito jeitinho, ou seja, na unha.

Outra coisa, procure não ser ironico nas coisas que vc fizer, todos estamos aqui para trocar idéias, não para ser inimigos, se vc conseguir explanar as suas idéias talvez vc consiga ajudar as pessoas a se convencerem, mas com porradas a gente não vai a lugar algum, só há sofrimento.

Eu era do forum do opensuse e lá tinha uma galera que só dava porrada, os caras eram grossos,(claro tinha muitas exceções), abandonei o forum por que aqui a galera é legal, todos respeitão a opinião , respondem amistosamente.

Vamos continuar assim, com classe e respeito aos outros nos mínimos detalhes, que com certeza a comunidade só tende a se fortalecer e a crescer.

Abs
Wildner Leandro

Offline Eunir Augusto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 853
  • Embaixador do Projeto Fedora Brasil
    • Ver perfil
    • Comunidade PCLinuxOS Brasil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #56 Online: 06 de Dezembro de 2007, 21:36 »
o unico programa que já vi funcionar 100% no Wine é o Picasa, do Google, haja vista que as versões pra linux, tanto .deb qto .rpm, não trazem suporte ao Webalbum dele. o resto, pra mim, tbm foi só lambança, mas nao sei se do wine ou se foi limitação minha tbm

[ ]s
Comunidade PCLinuxOS Brasil - Assinatura modificada a pedido do grande amigo Ricardo (rjbgbo)

Offline Fernando Rodrigues

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 260
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #57 Online: 06 de Dezembro de 2007, 22:14 »
A minha opinião  sobre o que escreveu acima é o seguinte: Tem pessoas que são preguiçosas, tem pessoas que não tem tempo e tem pessoas que são praticas, se estes tipos de pessoas aprenderam a usar algum tipo de programa Ruindus é dificil para eles aprender a usar outro. E por causa disso simplesmente eles não usam nada de Linux, por que não migram.  Agora se eles tiverem a oportunidade de usar os seus programas favoritos através do Wine(pelo menos alguns mais importantes tipo: MS office, Photoshop e alguns jogos) eles estariam obrigatoriamente usando o Linux, seria mais ou menos assim 90% usariam programas Linux e somente uns 10% MS, até que a participação da plataforma Linux aumentasse a ponto de ser mais respeitado no mundo corporativo, obrigando aos fabricantes de softwares a fazerem drives e programas para o Linux, ou seja, o mercado obrigaria eles a isso.

Não quero polemizar e me acho no direito de dar a minha opinuão, pois só uso software livre, Ubuntu a mais de 2 anos e estou louco de feliz, mas meus amigos nenhum quer saber do Ubuntu, tem medo, não roda seus programas e nem seus jogos, eles vêem o meu Ubuntu acham bonito, legal mas não querem instalar.

Temos que ter mais jogos, melhorar o openoffice, melhorar a usabilidade, automatizar algumas configurações e arrumar os bugs de lançamento, a galera não gosta de ficar postando para consertar paus, foi por isso que o Linux foi criado, ninguém aguentava os paus do ruindus.

Abs

Wildner



Beleza, então vamos torcer então para a Canonical lançar um Ubuntu Lazy Version, com wine otimizado e ícones para pré-instalação do msn, ie, office e paciência, totalmente projetado para suporte integral à microsoft.  Pode vir também com uma área de trabalho apenas, para não confundir a cabeça dos usuários.  Compiz nem pensar, é uma tecnologia muito diferente do que eles estão acostumados.  Talvez os próprios desenvolvedores do wine otimizem ele para essa versão, quem sabe até incluindo uma feature da famosa "tela azul" para os mais saudosos.

Não entendi a ironia utilizada no seu post.
Não entendi a comparação entre comodidade e preguiça? Por acaso quem utiliza um carro pode ser chamado de preguiçoso, pelo fato de querer mais comodidade na sua locomoção?

Realmente fica difícil debater algo com alguém que se propõem a entrar num fórum pra esculhambar a opinião alheia.
Acho que esse espaço não foi criado para isso!

sds

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #58 Online: 06 de Dezembro de 2007, 23:45 »
Fernando,

Este post esta meio bagunçado mesmo.

Minha pergunta é: Vc entendeu quem escreveu as coisas. Estou defendendo desde o começo o direito de me expressar, não entendi se vc  me deu um pito ou se foi para o outro participante. Quanto a ironia que mencionei foi a do outro integrante que escreveu ironicamente, não Eu.

Com relação a preguiça tem todo um contexto que escrevi , mas foi mais ou menos assim, tem gente que realmente tem preguiça de estudar o Linux, aprender o novo, tem gente que é acomodada, outros são praticos e estas pessoas não gostam de mudança, para essas pessoas usar os seus programas através do wine seria a porta e entrada no Linux, só isso, não quis causar polemica.

Aqui é um Forum e estamos debatendo idéias.  Não quis em momento algum esculhambar nada e nem desrespeitar opiniões.

Portanto se entendeu de maneira errada por favor desconsidere.  Reconsidere se o espaço é para isso ou não pois estamos no café com Ubuntu, aqui é para todos os tipos de assuntos eheheheheh.

Wildner
« Última modificação: 06 de Dezembro de 2007, 23:53 por wildner »

Offline Fernando Rodrigues

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 260
    • Ver perfil
Re: Ubuntu 8.04 (período de sugestões): Veja o que já foi sugerido no site ofici
« Resposta #59 Online: 06 de Dezembro de 2007, 23:52 »
Fernando,

Este post esta meio bagunçado mesmo.

Minha pergunta é: Vc entendeu quem escreveu as coisas. Eu estou defendendo desde o começo o direito de me expressar, não entendi se vc  me deu um pito ou se foi para o outro participante.

Com relação a preguiça tem todo um contexto no que escrevi e acho que somente o leandromdelima é que entenderá direito, mas se vc seguir as postagens enttenderá que estamos trocando idéias e elas estão correlacionadas com o Linux.

Aqui é um Forum e estamos debatendo idéias.  Não quis em momento algum esculhambar nada e nem desrespeitar opiniões.

Portanto se entendeu de maneira errada por favor desconsidere.

Wildner

Que isso, cara! Entendi perfeitamente o seu ponto de vista e, inclusive, concordo com ele.
Meu post foi direcionado exclusivamente àquele que fez ironias pra tentar desprestigiar o comentário alheio.

Tem sempre aqueles radicais xiitas que levam tudo a ferro e fogo e, quando escutam a palavra "windows", já vem com 4 pedras na mão.
Esse ódio todo pode fazer mal... ;)