Autor Tópico: (Gerenciador de janelas leve) IceWM com tema mais sofisticado - tema Ubuntu  (Lida 5904 vezes)

Offline gabriel0085

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 577
    • Ver perfil
O que é o IceWM?


Para quem não sabe o IceWM é um gerenciador de janelas bem mais leve que seus similares do GNOME, KDE e Xfce. Mas ainda sim é um gerenciador bastante funcional, indicado para micros mais antigos.

Vejam um trecho da descrição da Wikipedia sobre o IceWM:

Citar
O IceWM pretende se destacar na qualidade visual, mas sem deixar de ser leve e configurável.

O IceWM pode ser configurado através de arquivos de texto armazenados no diretório home, facilitando a adaptação às necessidades particulares de um usuário e permitindo o ajuste e cópia de configurações.

IceWM tem uma barra de tarefas opcional com menu, uma barra de exposição das tarefas, monitores de rede e processador, verificação de correio eletrônico e relógio configurável. O suporte aos menus do GNOME e do KDE é incorporada no seu próprio pacote.

Existem programas gráficos externos para editar a configuração e o menu.








Autor: Jakson Aquino

Fonte: http://jalvesaq.googlepages.com/icebuntu.html




IceWM com tema do Ubuntu


Encontrei perdido aqui no fórum um tópico em que o colega jalvesaq deixou um post, no qual coloca um link de um tema para o IceWM mais moderno, baseado no Ubuntu.

Citar
" Fiz um pacote Debian que instala o tema IceBuntu do Ilya Yakubovich adaptado para o português e renomeado para Ubuntu.O pacote inclui mais algumas facilidades para computadores antigos, como scripts para facilitar a montagem e desmontagem de cd, disquete e pen-drive. Para maiores detalhes: http://jalvesaq.googlepages.com/icebuntu.html "

 
Montagem em que vários itens do menu aparecem expandidos depois dos aplicativos sugeridos pelo pacote icebuntu terem sido instalados.    



Uma captura de tela com alguns programas abertos.


*Clique nas imagens para ampliar



Arquivos

O tema para IceWM aqui apresentado é quase uma cópia do tema IceBuntu elaborado por Ilya Yakubovich. Foram realmente poucas as alterações no tema propriamente, mas o pacote inclui algumas facilidades para maior rapidez na configuração do tema, como um modelo de menu com títulos em português, sugestões de aplicativos a serem instalados e o acréscimo de alguns ícones.

    *icebuntu_0.1-1.tar.gz: Arquivo fonte dos dois pacotes seguintes. Baixe esse arquivo se quiser fazer mudanças e criar o seu próprio pacote.

    * icebuntu_0.1-1_all.deb: Tema Ubuntu para IceWM e mais alguns ícones e scripts para ficar mais fácil de montar e desmontar disquete, CD-ROM e pendrive e de usar a conexão discada.

    * icewm-selected-themes_0.1-1_all.deb: alguns temas que encontrei na internet com um aspecto mais moderno dos que os disponíveis nos repositórios oficiais do Debian e Ubuntu.

 




Completando a configuração


Depois de instalar o pacote icebuntu:

    * O IceWM está com a tradução incompleta. Eu traduzi algumas das mensagens mais visíveis. Para usar a nova tradução, feche todos os programas e salve o arquivo icewm.mo no diretório /usr/share/locale/pt_BR/LC_MESSAGES. Feche a sessão do IceWM e faça login novamente.

    * A partir do IceWM, clique em "Configurações -> Temas -> Ubuntu". Se preferir, escolha "Ubuntu -> Wallpaper" para usar o papel de parede padrão do Ubuntu Gutsy, mas isso poderá deixar o computador mais lento.

    * Copie o arquivo /usr/share/icewm/themes/Ubuntu/example_menu para ~/.icewm/menu.

    * O pacote icebuntu instala alguns arquivos no diretório /etc/skel que tornam a aparência de aplicativos gtk, e kde mais próximas do tema Human, padrão do Ubuntu. Esse arquivos serão automaticamente adicionados ao diretório de novos usuários. Se quiser, crie ou sobrescreva os arquivo do seu diretório home com os arquivos do /etc/skel, mas somente faça isso se souber o que está fazendo, pois poderá perder dados se sobrescrever o seu diretório .kde. A forma menos arriscada de copiar os arquivos é com o comando:

         
Código: [Selecionar]
tar xvzf /usr/share/icewm/themes/Ubuntu/skel.tar.gz -C ~/
      Para ver a lista dos arquivos que serão sobrescritos, digite num terminal:

         
Código: [Selecionar]
tar tvzf /usr/share/icewm/themes/Ubuntu/skel.tar.gz
    * Para que seja permitido a um usuário comum desligar o computador a partir do IceWM, é preciso executar no terminal o seguinte comando:

     
Código: [Selecionar]
EDITOR=leafpad sudo visudo
      E adicionar próximo ao final do arquivo aberto as duas linhas seguintes:

     
Código: [Selecionar]
Cmnd_Alias SHUTDOWN_CMDS = /sbin/shutdown, /sbin/reboot, /sbin/halt
      ALL ALL=(ALL) NOPASSWD: SHUTDOWN_CMDS

      Depois de copiar e colar as linhas acima, salve o arquivo e feche o leafpad.

    * Clique em "Utilitários -> Editor do menu", abra o arquivo menu no diretório ~/.icewm e elimine e acrescente itens a gosto. Itens que provavelmente precisarão ser eliminados referem-se à conexão discada. Os scripts para conectar e desconectar dependem do wvdialconfigurado.

    * Se tiver instalado o audacity, configure-o para usar "ALSA" como dispositivo de entrada e de saída.

    * Se quiser mais memória livre, desinstale o gdm e passe a fazer o login no console. O icebuntu inclui os scripts /usr/bin/desligar e /usr/bin/ice. Este último permite abrir o IceWM digitando o comando ice. O icebuntu também altera o arquivo /etc/motd.tail, acrescentando instruções sobre os dois comandos acima. Para maiores detalhes sobre todos os arquivos e programas instalados, veja o pacote fonte do icebuntu.

    * O rox-filer não inclui ícones para arquivos OpenDocument. Um quebra-galho é criar links simbólicos para os ícones do OpenOffice 1.0:

Código: [Selecionar]
      cd /usr/share/rox/ROX/MIME
      sudo ln -s "mime-application:vnd.sun.xml.impress.png" "mime-application:vnd.oasis.opendocument.presentation.png"
      sudo ln -s "mime-application:vnd.sun.xml.draw.png" "mime-application:vnd.oasis.opendocument.graphics.png"
      sudo ln -s "mime-application:vnd.sun.xml.calc.png" "mime-application:vnd.oasis.opendocument.spreadsheet.png"
      sudo ln -s "mime-application:vnd.sun.xml.writer.png" "mime-application:vnd.oasis.opendocument.text.png"
      sudo ln -s "mime-application:vnd.sun.xml.writer.png" "mime-application:rtf.png"

    * Se encontrar algum problema no pacote, por favor, me avise.
 





Criando um Live CD com IceBuntu


O Live CD do Ubuntu tem uma estrutura muito robusta, e parece ter sido planejado para ser modificado. Mesmo eliminando o Gnome e o GDM do CD, ele continua funcionando normalmente. Suponho que um CD do Ubuntu rodando IceWM no lugar do Gnome será instalável em máquinas com menos de 256 MB de RAM, mas não tive oportunidade de fazer esse teste. As vantagens em relação ao uso do Alternate CD é a maior rapidez do processo de instalação e a possibilidade de testar se o Ubuntu é capaz de configurar automaticamente o hardware. Para criar um IceBuntu Live CD, basta seguir as instruções do artigo (em inglês) LiveCDCustomization (é preciso saber instalar e remover programas pela linha de comando, usando dpkg e apt-get ou aptitude). Seguem abaixo algumas dicas adicionais:

    * Copie o arquivo icebuntu_0.1-1_all.deb para edit/tmp antes de executar o comando chroot e use o dpkg para instalar o pacote. Depois, use o aptitude para corrigir os problemas.

    * O gdm é necessário para que a inicialização pelo Live CD abra automaticamente o modo gráfico. Se não se importar de digitar startx ou ice, pode desinstalar o gdm.

    * Não desinstale o ubiquity ou outros programas que você desconfie serem necessários para fazer a instalação no HD ou para o bom funcionamento do Live CD.

    * Se preferir, e se o computador em que será testado tiver bastante memória, ao invés de um CD mínimo, faça um CD completo, instalando todos os pacotes sugeridos e recomendados pelo pacote icebuntu.
« Última modificação: 22 de Novembro de 2007, 08:51 por gabriel0085 »