Autor Tópico: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu  (Lida 80825 vezes)

Offline IgorM0L

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 487
  • Lokos está morto. Vamos ressucitá-lo?
    • Ver perfil
    • Yrado.net
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #180 Online: 27 de Maio de 2008, 21:56 »
  Claro, levar o codigo-livre para as alturas das utilizaçoes eh fantastico.
  Mas nao adiante levar sua utilizaçao para as alturas, sem mesmo retribuir no desenvolvimento, que eh a essecia (basica) do software.

Offline Polaco

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 525
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #181 Online: 28 de Maio de 2008, 00:14 »
O Debian lá por 2004, quando o Ubuntu surgiu, era alvo de críticas fortíssimas pelo alto conservadorismo da distribuição, que levava quase dois anos para sair uma nova versão estável, basta ver o tempo que levou para sair o sucessor do Woody. Sem falar nos conflitos internos que surgiam e trocas de membros do "alto-escalão" da distribuição.

Lembro que quando o Ubuntu foi lançado, foi considerado como "tudo o que o Debian sempre sonhou ser e não pode (ou não quis) se tornar".

Hoje sem o Ubuntu o Debian talvez fosse bem menos utilizado e conhecido, vi muita gente que acabou descobrindo a distribuição "mãe" depois de ter migrado ao software livre graças ao Ubuntu. O mesmo vale para o GNOME que na época era bem menos utilizado que o KDE e hoje é o ambiente dominante.
Ubuntu 10.04 x64 @ Dell Optiplex 740

Offline Syph0s

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 65
  • [syph0s@internet /]# chmod -R 777 /me
    • Ver perfil
    • //syph0s on Linux
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #182 Online: 28 de Maio de 2008, 00:43 »
O Debian lá por 2004, quando o Ubuntu surgiu, era alvo de críticas fortíssimas pelo alto conservadorismo da distribuição, que levava quase dois anos para sair uma nova versão estável, basta ver o tempo que levou para sair o sucessor do Woody. Sem falar nos conflitos internos que surgiam e trocas de membros do "alto-escalão" da distribuição.

Lembro que quando o Ubuntu foi lançado, foi considerado como "tudo o que o Debian sempre sonhou ser e não pode (ou não quis) se tornar".

Hoje sem o Ubuntu o Debian talvez fosse bem menos utilizado e conhecido, vi muita gente que acabou descobrindo a distribuição "mãe" depois de ter migrado ao software livre graças ao Ubuntu. O mesmo vale para o GNOME que na época era bem menos utilizado que o KDE e hoje é o ambiente dominante.

bingo!

Offline -.-

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 253
  • Ubuntu Gutsy
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #183 Online: 28 de Maio de 2008, 02:28 »
o povo do debian sempre faz tempestade em copo d'agua

como da vez em que não quiseram concordar com a licensa do firefox

http://www.meiobit.com/linux/comunidade_open_source_atirando_no_proprio_pe

ou de um bug reportado que se tornou um insulto no bugfix

http://www.meiobit.com/opensource/manhe-o-debian-est-me-xingando

eles tem que perceber que o foco deles é a estabilidade então não podem colocar os ultimos lançamentos logo não podem ser a distro mais usada.Ao inves de ficar nessa briga de jovens nerds que não saem do quarto eles deveriam,devido a inveja,criar uma versão com os ultimos lançamentos

agora querer que o ubuntu mande uma carta aberta lembrando que eles podem pegar os codigos sobre GNU/GPL© é uma verdadeira falta de respeito

ps:o © é de verdade,a GNU/GPL© está sobre Copyrights @_@

isso me lembra o FUD que a FSL fez do vista...

http://www.meiobit.com/nos_sabemos_o_mal_que_o_vista_ira_causar_fud_de_primeira_made_in_fsf
Assinatura removida pela Equipe do fórum. Verifique as regras das assinaturas.

Offline STIG

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 9
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #184 Online: 28 de Maio de 2008, 03:38 »

eles tem que perceber que o foco deles é a estabilidade então não podem colocar os ultimos lançamentos logo não podem ser a distro mais usada.Ao inves de ficar nessa briga de jovens nerds que não saem do quarto eles deveriam,devido a inveja,criar uma versão com os ultimos lançamentos

agora querer que o ubuntu mande uma carta aberta lembrando que eles podem pegar os codigos sobre GNU/GPL© é uma verdadeira falta de respeito


Com estas palavras demonstras primeiro ignorancia.
A Debian criar outra versão? Ela já tem 3versões disponiveis : stable, testing, unstable. E ainda possui o repositorio "experimental branch".

Com isso e a Debian é das primeiras distros a colocar no seus repositorios os ultimos lançamentos, ou não fosse ela a distro com mais pacotes nos repositorios - bem mais de 20 mil pacotes!

Já ouviste falar no apt-pinning? No etch-backports? Num sistema misto de repositorios?
Saberias que é prefeitamente possivel utillizar na debian stable, os pacotes actualizados que queremos sem perder a estabilidade imbativel da versão stable.

Também se alguma vez tivesses usado a debian saberias que a debian testing é tão actual quanto a ultima versão do Ubuntu e é bem mais estável.

Acho que demonstras uma grande falta de respeito.
Se não fosse a Debian o Ubuntu não existiria.
 O Ubuntu depende e vai continuar a depender daqueles a quem chamas nerdes invejosos.

EDIT: e essas referencias ao meio bit são para provar o que? Que frequentas site de troll's?
« Última modificação: 28 de Maio de 2008, 03:53 por STIG »

Offline raz0r

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 62
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #185 Online: 28 de Maio de 2008, 04:47 »

eles tem que perceber que o foco deles é a estabilidade então não podem colocar os ultimos lançamentos logo não podem ser a distro mais usada.Ao inves de ficar nessa briga de jovens nerds que não saem do quarto eles deveriam,devido a inveja,criar uma versão com os ultimos lançamentos

agora querer que o ubuntu mande uma carta aberta lembrando que eles podem pegar os codigos sobre GNU/GPL© é uma verdadeira falta de respeito


Com estas palavras demonstras primeiro ignorancia.
A Debian criar outra versão? Ela já tem 3versões disponiveis : stable, testing, unstable. E ainda possui o repositorio "experimental branch".

Com isso e a Debian é das primeiras distros a colocar no seus repositorios os ultimos lançamentos, ou não fosse ela a distro com mais pacotes nos repositorios - bem mais de 20 mil pacotes!

Já ouviste falar no apt-pinning? No etch-backports? Num sistema misto de repositorios?
Saberias que é prefeitamente possivel utillizar na debian stable, os pacotes actualizados que queremos sem perder a estabilidade imbativel da versão stable.

Também se alguma vez tivesses usado a debian saberias que a debian testing é tão actual quanto a ultima versão do Ubuntu e é bem mais estável.

Acho que demonstras uma grande falta de respeito.
Se não fosse a Debian o Ubuntu não existiria.
 O Ubuntu depende e vai continuar a depender daqueles a quem chamas nerdes invejosos.

EDIT: e essas referencias ao meio bit são para provar o que? Que frequentas site de troll's?

Apoiado amigo. Só não comento sobre o assunto porque vc disse tudo. Abs...

EDIT: Vida longa ao debian  ;D ;D ;D

"Pior que a ignorância é a auto-ilusão do conhecimento"

cat /etc/issue Debian GNU/Linux squeeze/sid \n \l

Offline pinduvoz

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.493
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #186 Online: 28 de Maio de 2008, 04:57 »
O Debian testing está "fantástico" e, como já dito acima, muito estável.

A quem quiser conhecer o Debian e já usou Ubuntu, Fedora ou Mandriva, o uso da versão testing, conhecida como Lenny, é altamente recomendável porque o "buraco" entre as versões dos pacotes/programas desaparece e a conhecida estabilidade do Debian nem chega a ser arranhada.

No mais, comparar a filosofia do projeto Debian com a do Ubuntu não leva a nada, até porque o foco dos respectivos desenvolvedores é completamente diferente.

Em suma, use a distro que atenda suas necessidades (o Debian Etch, estável, atende as de muita gente) e não perca seu tempo criticando as demais.
:: Linux Registered User nº 439378 ::

boi

  • Visitante
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #187 Online: 28 de Maio de 2008, 08:15 »
Uma coisa que eu não sabia, e que acho um total absurdo, é que o Ubuntu continua a usar pacotes do Debian. No passado muitas distros grandes se basearam em outras mais antigas, por exemplo, Mandrake e Conectiva se basearam na Red Hat e Suse se baseou no Slackware, mas essas distros logo seguiram um caminho próprio, inclusive fazendo seus próprios pacotes. Agora, o que eu acho mais prejudicial não é nem isso, mas, como já disse em outros posts, o completo desleixo do Ubuntu com relação à qualidade. Fiquei inclusive surpreso quando vi no fórum e em outros lugares a quantidade de reclamações sobre a versão 8.04, que muitos dizem ser a pior versão já lançada do Ubuntu. Na minha própria máquina uso esta versão, e aqui tem funcionado muito bem, mas conhecendo o Ubuntu, que uso desde a versão 4.10, não duvido nem um pouco de que isso esteja acontecendo realmente. Também não ficaria surpreso se de repente, do nada, sem nenhuma explicação, o Ubuntu deixasse de funcionar na minha máquina, o que já me aconteceu no passado com outras versões. Acho que o principal problema que o Ubuntu trouxe foi o de manchar definitivamente a imagem do Linux, que antes era conhecido como um sistema estável e confiável, e hoje é visto como um sistema instável e cheio de bugs, um "Windows de pobre", cuja única vantagem é ser gratuito.

Offline Polaco

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 525
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #188 Online: 28 de Maio de 2008, 09:45 »
(...)Agora, o que eu acho mais prejudicial não é nem isso, mas, como já disse em outros posts, o completo desleixo do Ubuntu com relação à qualidade. Fiquei inclusive surpreso quando vi no fórum e em outros lugares a quantidade de reclamações sobre a versão 8.04, que muitos dizem ser a pior versão já lançada do Ubuntu. Na minha própria máquina uso esta versão, e aqui tem funcionado muito bem, mas conhecendo o Ubuntu, que uso desde a versão 4.10, não duvido nem um pouco de que isso esteja acontecendo realmente. Também não ficaria surpreso se de repente, do nada, sem nenhuma explicação, o Ubuntu deixasse de funcionar na minha máquina, o que já me aconteceu no passado com outras versões. Acho que o principal problema que o Ubuntu trouxe foi o de manchar definitivamente a imagem do Linux, que antes era conhecido como um sistema estável e confiável, e hoje é visto como um sistema instável e cheio de bugs, um "Windows de pobre", cuja única vantagem é ser gratuito.

Cada versão do Ubuntu é considerada por alguns como a "Pior já lançada", até pouco tempo atrás era a 6.10, depois a 7.04, a 7.10, com certeza a pior em breve será a 8.10...  ::)

Aqui a 8.04 está rodando "lisa", extremamente funcional, detectou todo o hardware do meu laptop, todos os programas que eu utilizo estão estáveis e até mesmo o Pulseaudio que a galera fala mal pra caramba, está funcionando perfeitamente bem aqui (adeus ALSA :P).

Pra mim, é a melhor versão do Ubuntu já lançada.

E sobre a estabilidade, o kernel Linux bem como algumas aplicações sempre foram consideradas (e ainda são) "solid as rock", dificilmente travam ou "penduram" o sistema inteiro, porém precisamos separar a interface gráfica (que sempre teve seus problemas...) do resto.

Aplicações gráficas, ambientes desktop e até mesmo o servidor X sempre tiveram seus problemas de estabilidade (alguns bizarros até...) e o que eu percebo utilizando o sistema, é que esses problemas diminuíram bastante nos últimos tempos, experimente usar uma versão antiga do Debian (Woody ou Potato) ou do Red Hat (7, 8 ou 9) e tente fazer tarefas comuns ao usuário de desktop (internet, messenger, compactar arquivos, gravar cd's...) e você verá uma estabilidade comparável ao Windows 98 em alguns casos.
Ubuntu 10.04 x64 @ Dell Optiplex 740

boi

  • Visitante
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #189 Online: 28 de Maio de 2008, 12:02 »
Cada versão do Ubuntu é considerada por alguns como a "Pior já lançada", até pouco tempo atrás era a 6.10, depois a 7.04, a 7.10, com certeza a pior em breve será a 8.10...  ::)

Verdade, mas isso é algo que evidencia a falta de controle de qualidade do Ubuntu. Aqui no meu hardware também o Ubuntu está rodando bem, pelo menos por enquanto. Mas eu próprio já tive muitos problemas com versões anteriores, portanto não duvido de quem diz ter problemas com esta. E nem me surpreenderia se até mesmo no meu computador de uma hora para outra o Ubuntu não der mais boot, por exemplo, mesmo porque isso já aconteceu comigo depois de um update. E não foi só uma vez. Já temos o problema crônico do Ubuntu não funcionar bem depois de um upgrade de uma versão para outra, o que é, ao contrário do que querem muitos aqui no fórum, um problema específico do Ubuntu, e não do Linux em geral. E ainda por cima temos que a cada update rezar para que dê tudo certo, pois no Ubuntu até uma simples atualização automática é arriscada.

Offline kcnp

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 88
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #190 Online: 28 de Maio de 2008, 13:30 »
Acho que o pessoal ta exagerando nessas criticas ao ubuntu.
O ubuntu não é o debian!!!!
É claro que o Ubuntu t6em muito a agradecer ao Debian, mas o debian também o tem ao Ubuntu.
E outra coisa se só desenvolvimento de software fosse suficiente pra retribuir a comunidade então o software livre tava perdido, por que a grande maioria das pessoas não sabe desenvolver software.
Eu, sinceramente, acho que só o fato do ubuntu traduzir os softwares pra diversas linguas já uma contribuição mais que suficiente. Isso sem tirar o market sensacional do ubuntu.
Além do mais é injusto dizer que o ubuntu simplesmente pegou o debian e mudou o nome dos seus softwares.
Eu instalei uma vez o debian aqui em casa e tive dificuldade de instalar um drive pra minha impressora HP, que no Ubuntu consegui instalar facil, e ai? Será que isso não representa uma melhoria no ubuntu em relação ao Debian?
E em relação ao ubuntu se afastar do linux é mentira, visto que todos que entram no ubuntu acabam vindo aos foruns, e só o que leem aqui é referências do ubuntu sendo uma distribuição linux baseada no debian e tudo mais.
Eu uso o Ubuntu 8.04 e aqui em casa me parece ótimo. Bugs é obvio que vai ter, mas eu aposto que quando sair a 8.10 grande parte das pessoas que reclamam hoje vão dizer : "O ubuntu 8.10 ta um lixo, o 8.04 aqui ta redondinho, mais o 8.10 ta cheio de problemas".
Então acho que as críticas tão muito exageradas.
kcnp

Offline vinicius_aleao

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.275
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #191 Online: 28 de Maio de 2008, 13:43 »
O que o Ubuntu trouxe de realmente maravilhoso -- e esse é o motivo de eu sentir enorme dificuldade de largá-lo -- foi a comunidade. Os fóruns (nacional e internacionais) são tão bons que é possível resolver praticamente todo problema que surgir. Até hoje, nunca tive um problema sério que não conseguisse resolver.

Por outro lado, por conta de tanta reclamação, confesso que fico "cabreiro" (como se diz aqui pela Paraíba  ;D) quando vou instalar o Ubuntu para alguém, porque tenho medo de algo não funcionar direito. Por exemplo, não consegui fazer o wine funcionar em duas máquinas de um professor de um amigo meu da Universidade que estava querendo se livrar do Windows -- mas que ainda precisava de alguns programas específicos. O jeito foi instalar o XP em uma e o Ubuntu na outra, e prometer ficar de olho quando alguma solução aparecesse.

E por que não instalei outra distro? Exatamente por causa da comunidade. Certamente, é mais interessante pra mim instalar um Ubuntu bugado com uma ótima comunidade do que uma outra distro estável que eu nunca usei e que talvez não tenha uma comunidade tão boa assim.

Assim que puder (isso é uma vontade já meio antiga), vou instalar o Debian em dual-boot, entrar no fórum deles e ir aprendendo até eu ter pelo menos um "plano B" na hora de instalar o Linux pra alguém.
« Última modificação: 28 de Maio de 2008, 13:48 por vinicius_aleao »

Offline Nossile

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 807
  • Loading...
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #192 Online: 28 de Maio de 2008, 15:15 »
Eu já tinha dito isso aqui no fórum. O Ubuntu está cada vez mais "pop", atrai cada vez mais usuários, a maioria sem experiência em GNU/Linux e uma boa parte sem experiência em informática.

Isso não é desculpa, já que é para quem a distribuição é voltada. O problema é que com o aumento da base de usuários aumenta proporcionalmente o número de usuários que enfrentam problemas, e mesmo que a relação proporcional seja alterada (vamos ser bonzinhos e considerar que os percentual de problemas tenha diminuido) o número de usuários reportando problemas aumenta, gerando uma percepção deformada da situação. Isso é demonstrado pelo que os colegas já afirmaram em posts anteriores, de que cada versão é apontada como a pior.

Se repararem grande parte dos problemas dessa versão são ligadas a som e vídeo, pois com o aumento do número de usuários o Ubuntu tem que lidar com o aumento da diversidade de hardware usado por estes usuários. Considero que a inclusão de algumas novas soluções como o pulse-audio e o FF Beta não foram condizentes com o rótulo LTS da versão, nesse ponto houve erro.

Sobre a relação com o Debian não vou opinar, mas digo que por menos que o Ubuntu contribua diretamente a contribuição dele é inegável, o número de pessoas que eu conheço que hoje usam Debian, Fedora, Mandriva, Slack, Suse que iniciaram com o Ubuntu é muito grande, sem este todo esse pessoal ainda seria usuário somente de Windows. Se o Ubuntu for realmente ruim para o GNU/Linux, ter baixa qualidade e todos os defeitos citados, o caminho natural vai ser a migração para outras distribuição, então não ha porque toda essa tempestade.
sudo aptitude remove terno-e-gravata && sudo aptitude install bermuda chinelo -y

Offline -.-

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 253
  • Ubuntu Gutsy
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #193 Online: 28 de Maio de 2008, 16:12 »
para provar que frequento site com ponto de vista tecnico e não ideologico.uso o que for melhor pra mim,no caso windows e mac e sou muito livre ja que não sou obrigado a usar linux

ps:estou fora dessa comunidade de pessoas livres e coagidas a aceitar o que vem da boca de um idiota.

ps²:eu posso comprar um mac e 2 quads @_@
Assinatura removida pela Equipe do fórum. Verifique as regras das assinaturas.

Offline agente100gelo

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.347
  • @Ceará
    • Ver perfil
Re: Mais uma vez, falando mal do Ubuntu
« Resposta #194 Online: 28 de Maio de 2008, 16:36 »
Este tópico já passou dos limites.
Este tipo de discussão não leva a nada a não ser ânimos exaltados sem necessidade.
Trancado.
Advogado e analista de sistema cearense.
Twitter: @glaydson