Autor Tópico: Instabilidade abusiva  (Lida 14267 vezes)

Offline -.-

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 253
  • Ubuntu Gutsy
    • Ver perfil
Instabilidade abusiva
« Online: 22 de Maio de 2008, 00:22 »
as distros estão com esse problema atualmente,ubuntu,fedora,mandriva e cia

não se lança uma coisa que não está pronta,isso só atrapalha

isso sinceramente pode acabar com o linux antes dele emergir

no ubuntu o totem trava se executar outra musica sem fecher ele,no mandriva e bug dos bugs,em alguns sites o firefox simplesmente fecha abruptamente.

sinceramente isso me da uma frustação sem limites,ja que o linux é O sistema estável e seguro uma mancada dessas não é prudente,sinceramente não sei se apago os linux ou compro uma distro como Red Hat enterprise desktop ou Suse enterprise desktop que são feitas para serem produtivas sem causar frustação ao elemento entre a cadeira e o teclado,o que por sua vez sem stress produz mais.

sinceramente,cade a tão falada estabilidade ?
Assinatura removida pela Equipe do fórum. Verifique as regras das assinaturas.

Offline 0tacon

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 439
    • Ver perfil
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #1 Online: 22 de Maio de 2008, 01:37 »
Citar
sinceramente,cade a tão falada estabilidade ?

 Eu acho que ela foi pro espaço, assim que começaram a automatizar e tornar o Linux, ou pelo menos essas distros domésticas mais populares, uma coisa... fácil e bonita demais!
 Mas mesmo assim eu ainda não acho o fim do mundo. E meu Gutsy tá com um bug estranho. Quando eu clico no botão "sair" ele demora quase um minuto para aparecer a tela com as opções (desligar, reiniciar...). E eu estava maldizendo meu pingüim hoje, até que eu dei uma passada numa Lan House com Vista Home Basic nos seus Positivos... Aquela B#$%A é mais lenta e bugada que uns velhos AMD K6 que eu via rodando Windows ME. Deu aquelas travadas de Windows Explorer, que faz fechar todas as janelas... E eu não acredito que a M$ ainda não resolveu isso! Emfim, cheguei em casa e sorrí para meu ubuntu, porque ele, rodando num Pentium 4, tem o dobro da velocidade daqueles Positivos Dual Core 2.4 com 2GB RAM DDR2 rodando vista.
 Que a coisa tem ficado feia no Linux, isso tem, mas a gente (ainda) é feliz.


Offline rjbgbo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.889
  • Xubuntu 18.04LTS
    • Ver perfil
    • Twitter
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #2 Online: 22 de Maio de 2008, 03:28 »
Tudo tem o seu preço.
Ñ queremos usar o Linux como desktop, p/ ver filmes, escutar músicas, p/ nossas outras tantas tarefas que temos c/ o Windows e Mac.
Linux User #440843 | Ubuntu User #11469

Offline 0tacon

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 439
    • Ver perfil
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #3 Online: 22 de Maio de 2008, 05:23 »
Tudo tem o seu preço.
Ñ queremos usar o Linux como desktop, p/ ver filmes, escutar músicas, p/ nossas outras tantas tarefas que temos c/ o Windows e Mac.
Não entendi. Isso é uma afirmação ou uma pergunta retórica?
 Se é uma pergunta, e eu acho que é, a resposta é SIM! Óbvio, que o linux está aqui para substituir totalmente o Windows.


Offline kakita

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 285
    • Ver perfil
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #4 Online: 22 de Maio de 2008, 08:11 »
Querem estabilidade, mudem-se +para o debian que é quase igual ao ubuntu mas tem mais estabilidade, mas depois não se queixem que os programas são mais antigos pois esse é o preço pela estabilidade
linux não é só ubuntu fedora mandriva e suse tem muitas mais distros, essas que vc falou tem fama de ser instáveis, então mude para outra. Não desista de linux devido a 4 distros
Força aí

Offline carlosaluisio

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 554
  • Só o capitalismo salva!
    • Ver perfil
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #5 Online: 22 de Maio de 2008, 14:00 »
Querem estabilidade, mudem-se +para o debian que é quase igual ao ubuntu mas tem mais estabilidade, mas depois não se queixem que os programas são mais antigos pois esse é o preço pela estabilidade
linux não é só ubuntu fedora mandriva e suse tem muitas mais distros, essas que vc falou tem fama de ser instáveis, então mude para outra. Não desista de linux devido a 4 distros
Força aí

Eu iadizer exatamente isso.

Meu caro -.- , nao compre redHat enterprise (o centos é igual, free, mas sem o suporte).

Use Debian. Esse sim, uma rocha. Só que com pacotes mais antigos

Em tempo, meu gusty gibbon está redondinho ! Antes tinha uns bugs violentos, mas agora tá na boa !
O Hardy... bem.... tô vendo que tá brabo mesmo. Até a minha webcam, que foi só plugar e usar no gusty, no hardy, vi que nem achou ela... bah !
Carlos
Ubuntu Lucid é 10 !!!

Offline carlosaluisio

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 554
  • Só o capitalismo salva!
    • Ver perfil
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #6 Online: 22 de Maio de 2008, 14:01 »
Em tempo, teste o Linux Mint....

Pelo menos na época do Gusty, me lembro que ele nao tinha os bugs chatos...

Carlos
Ubuntu Lucid é 10 !!!

Offline -.-

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 253
  • Ubuntu Gutsy
    • Ver perfil
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #7 Online: 22 de Maio de 2008, 14:21 »
eu sei que existem essas distros perfeitamente estaveis e testadas

so que o meu ponto é esse absurdo de lançar uma coisa incompleta.
Assinatura removida pela Equipe do fórum. Verifique as regras das assinaturas.

Offline ins3rt c0in

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 700
    • Ver perfil
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #8 Online: 22 de Maio de 2008, 14:50 »
Eu sou um usuário de sorte. Não pego nenhum desses BUG que geralmente todo mundo relata. Um dos motivos deve ser porque sempre faço instalação limpa. Desde que atualizei para o Breezy, nunca tive problemas com atualizações, inclusive a única que eu fiz sem formatar a partição que foi para o Dapper, usando um ISO, não tive problemas.

O Hardy estou usando desde os Alphas e também não tive nenhum problema, exceto uma instabilidade durante a faze de teste com o Firefox, agora está muito sólido.

Offline flsantos

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 117
    • Ver perfil
    • pp.fls.10
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #9 Online: 22 de Maio de 2008, 14:59 »
Eu tenho feito sempre actualizações e também não tenho desses bugs, nem instabilidades que me impeçam de funcionar.
Talvez porque tenha um equipamento mais antigo.



Offline 0tacon

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 439
    • Ver perfil
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #10 Online: 22 de Maio de 2008, 22:55 »
 De fato, andei fazendo umas atualizações aqui e meu gutsy tá menos "quadrado". De 300MB pra baixar, baixei uns 70MB. Caramba, o Ubuntu tá pensando que é windows (não, eu não sou o primeiro a dizer isso).
 
Citar
Use Debian. Esse sim, uma rocha. Só que com pacotes mais antigos
Sério mesmo, é? Bom saber, quando eu estiver mais treinado nessa de Linux eu passo proDebian - mas sem largar o Ubuntu. Aliás, Debian é Debiam mesmo, a super-vaca humilha!
 
Citar
Em tempo, meu gusty gibbon está redondinho ! Antes tinha uns bugs violentos, mas agora tá na boa !
O Hardy... bem.... tô vendo que tá brabo mesmo...
E X A T A M E N T E !


Offline kakita

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 285
    • Ver perfil
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #11 Online: 23 de Maio de 2008, 10:27 »
Insert coin acho que vc não teve problemas por ser hardware ser 100% compatível com linux, poderia dizer a sua maquina como é?
Eu tambem não tenho muito que me queixar a não ser da minha placa gráfica ATI, os restantes bugs do sistema não são nada de muito importante
Quanto ao ubuntu virar windows, até pode parecer mas não é, eles apenas estão tentando facilitar o uso de linux mas facilitaram tanto que estão acabando por dificultar. É muito mais dificil resolver bugs quando tudo tem interface gráfica e muitas coisas não necessarias.
Windows é diferente, eles passam mais tempo pensando como impedir a pirataria e como ganhar mais lucro com os produtos que acabam cometendo muitos erros que prejudicam não só o utilizador como eles próprios, acredito que a equipe de programadores da microsoft seja muito competente, mas é dificil pegar num sistema do qual nunca "ninguem" viu o código fonte e programar sem cometer erros

A maior parte das vezes quanto mais simples mais fácil, por isso vamos testar distros mais simples e depois ajudar o ubuntu a se tornar uma distro melhor.
o ubuntu faz a sua parte, atrai muitos utilizadores com as suas facilidades, efeitos do compiz, e outras frescuras. Depois de estar dentro do universo linux percebemos os erros do ubuntu e podemos melhorá-lho
O Linux é velho mas o ubuntu é recente, quem quer um sistema tipo windows mas gratuito, sem complicações com pagamento de software  e com muita segurança o ubuntu é uma boa distro. Quem quer um sistema estável seguro e funcional talvez é melhor procurar outra distro (pelo menos por agora). 

Offline dudu_ubuntun

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 507
    • Ver perfil
    • O Tempo do Mundo
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #12 Online: 23 de Maio de 2008, 13:51 »
0tacon, para resolver esse problema apague alguns arquivos ocultos, os referente ao gnome (.config .gconf .gconf2 .gnome2* .metacity .nautilus) isso vai apagar teus painéis, trocar teu papel de parede e retornar essas configurações para o original, faça isso com cuidado e não apague todos os arquivos ocultos, acredito que vc seja um usuário avançado deve saber o que apagar ;)

Sobre instabilidade: sem comentários...

Abraços a todos

Offline velox256

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.915
  • Debian é Debian... :)
    • Ver perfil
    • Linux Inside
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #13 Online: 24 de Maio de 2008, 15:50 »
Citar
não se lança uma coisa que não está pronta,isso só atrapalha

E desde qdo isso é coisa só do Linux? E o Windows Vista, mais bugado do que cabeça de loira? Além do mais, não se pode esperar 100% de compatibilidade com 100% das máquinas usando o mais variado tipo de hardware existente, tanto os de boa procedência qto os feito nas coxas. Além disso, também não se pode esperar que tudo que é programa funcione de primeira (seria o certo, mas...) e os bugs só vão sendo sanados de acordo com o lançamento das correções e que são, obviamente, disponibilizadas depois dos desenvolvedores receberem relatos do mundo todo sobre o comportamento das suas máquinas no uso diário do sistema.
Sinceramente eu não passo por quase nenhum desses problemas que eu vejo por aqui e aqueles com os quais eu me deparo acabo, na maioria das vezes, consertando eu mesmo. Se os desenvolvedores de hardware fizessem drivers decentes dos seus produtos para o Linux (como faz a nVidia, tanto que placa de vídeo eu só uso dela) e não dependêssemos de soluções dadas pela própria rapaziada open source (muitas vezes precárias mas funcionais), talvez não tivesse tanto rolo de problemas como hj vemos por aí, mas fazer o quê...
Computador perereca, com disco perereca, monitor perereca e sistema super xuxu. Visitem a minha página em http://sidserra.k6.com.br ou meu blog em http://sidserra.blogspot.com.br.

Piras

  • Visitante
Re: Instabilidade abusiva
« Resposta #14 Online: 28 de Maio de 2008, 21:26 »
Francamente, não creio que o Linux vive esta crise de estabilidade por ser "fácil ou bonito demais". Tanto o Ubuntu quanto o Fedora já foram igualmente fáceis e bonitos sem recair na instabilidade atual. Penso que este é um problema gerado pela competição, aliada ao preconceito de que distro boa é a distro mais atual. O kakita tem toda razão; há um custo elevado em lançar a versão mais atual de cada programa, especialmente quando se tratam de programas e bibliotecas estratégicos, como o próprio kernel ou o navegador padrão.

Agora, o autor do tópico tem razão quando diz que distros como o Ubuntu e Fedora não deveriam lançar programas ainda imaturos. Afinal, a instabilidade é incompatível com o tipo de público que distros como estas querem seduzir. Acho que ambas foram um pouco imprudentes demais nesta última versão. Quanto ao Mandriva, há muito tempo que seu controle de qualidade deixa muito a desejar. No meu caso, adotei a resolução de reservar a versões recém-lançadas exclusivamente a minha partição para testes. É só depois de ficar de quarentena por ali durante algumas semanas é que qualquer distro se tornará candidata a uma instalação definitiva, inclusive o Ubuntu.

E, para quem não tem espaço de sobre no seu disco rígido, o que aconselho é o seguinte: salvo se você tiver "nervos de aço" ou muita experiência no uso do Linux, esqueça a última versão do Ubuntu! Pelo menos até que ele se torne a penúltima...