Autor Tópico: Deixando o Linux  (Lida 7502 vezes)

gricwb

  • Visitante
Deixando o Linux
« Online: 30 de Outubro de 2008, 00:01 »
Bom pessoal, são alguns anos de linux, à 2 anos usando só linux (sem dual boot), e hoje decidi pular do barco. Não vou ficar aqui reclamando disso ou daquilo, dai os colegas vão tentar sugerir soluções e tudo mais, mas realmente não tem necessidade. Não sei se alguns de vocês já sentiram isto, mas ultimamente me sinto como se estivesse nadando contra a correnteza: Hardwares sem suporte, falta de softwares em algumas áreas (sim, comparado com alguns anos atrás o linux melhorou muito neste sentido!) e outras pedras no caminho. É claro para todos nós que o Linux tem diversas vantagens se compararmos aos outros SOs, mas também tem defeitos, e é por estes defeitos que estou mudando de SO.
Sei que o assunto é polemico, mas acredito que o caminho para o Linux é a unificação de pacotes e a concentração do desenvolvimento mais unificada (uma distro unica), embora muitos falem sobre a liberdade de escolha, que é melhor ter milhares de distros, mas realmente não vejo as grande distros se ajudando, e pior, vejo muitos de seus usuários falando mal de outras distros, aquela história de "a minha é melhor", meio absurdo porque todos usamos linux!
Espero um dia poder voltar pro linux!

Abraços a todos!
Gabriel R.     
« Última modificação: 30 de Outubro de 2008, 00:07 por gricwb »

Offline serraemeira

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 22
  • "Libertas Quae Sera Tamen"
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #1 Online: 30 de Outubro de 2008, 00:23 »
Olá Gabriel,

Da mesma forma que vc deve ter sido bem recebido aqui em sua chegada, desejo-lhe boa sorte em sua partida, mas lembre-se que a comunidade do software livre estará sempre aqui quando você precisar.

Abraço!
Usuário do Ubuntu Hardy Heron 8.04

Offline Polaco

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 525
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #2 Online: 30 de Outubro de 2008, 08:18 »
O "outro" sistema também não possui uma "distro única", recentemente lançaram uma nova versão duramente criticada pelos usuários da anterior de 2001, parece que não há união entre aqueles usuários, há quem diga que a versão nova é uma porcaria e nunca migrará, mas também há quem que migrou e nunca mais retorna ao arcaico e atrasado sistema anterior.

E para melhorar o cenário as atualizações são muito lentas, a versão da distro de 2001 ficou no mercado até 2006, um absurdo! e tem gente que ainda critica o Debian!

Sem falar que, a versão de 2006 também veio com incompatibilidades de software e hardware, nem tudo que funcionava na distro anterior funciona na atual, poderiam unificar numa distro única e 100% compativel, por que não? :P

Ouvi dizer também que a próxima versão (7 eu acho...) sairá só ao final do ano que vem, diminuiu mas ainda assim é muito tempo.

Todavia, seja feliz em sua nova (e cara) empreitada, espero que um dia retorne.
« Última modificação: 30 de Outubro de 2008, 08:24 por Polaco »
Ubuntu 10.04 x64 @ Dell Optiplex 740

Offline eberval

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 26
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #3 Online: 30 de Outubro de 2008, 08:34 »
Desejo boa sorte nesta grande empreitada...

Offline alessandro_ufms

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 290
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #4 Online: 30 de Outubro de 2008, 12:46 »
Cada usuário tem que ficar no SO que mais atender seus requisitos. Por exemplo, para design eu recomendo fortemente o MacOS, para jogos o Windows e para programação e desenvolvimento o Linux.

Quanto ao sistema "distro único" isso nunca vai acontecer, pois diferentemente do Windows ou MacOS, o "poder" não está na mão de um só. Eu particularmente nem penso na solução "distro única" pois não vejo jeito de implementá-la. Por exemplo, se todos concordassem de um dia para o outro fazer a tal distro único, que filosofia irão seguir? A do Debian de deixar tudo estável, a do Ubuntu de ser amigável, a do Slackware de deixar as coisas simples, a do Gentoo de deixar-nos compilar e contruir o sistema? Que gerenciador de pacotes vamos adotar? Vai ter geranciador de pacotes?... enfim nunca iriamos ter consenso.

Quanto ao "meu é melhor que o seu", hoje em dia somente os "newbies" ou fanboys fazem isso. O que podemos ter é comparação entre gerenciadores de pacotes diferentes, ou prós e contras de cada abordagem. Mas o "melhor sistema" é relativo, depende do observador.
« Última modificação: 30 de Outubro de 2008, 12:53 por alessandro_ufms »

Offline Angeli

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 75
    • Ver perfil
    • Angeli Informática
Re: Deixando o Linux
« Resposta #5 Online: 30 de Outubro de 2008, 14:25 »
enquanto uns vão outro chegam.... eu mesmo já usei varias distribuições, kurumin , slackware, o biglinux e por fim consegui instalar o kubuntu 8.10 na minha maquina que nenhuma versão anterior eu tinha conseguido devido as incompatibilidades com a placa mãe que eu tinha. Estou achando muito boa essa nova versão ...  meu HD agora so tem o kubuntu 8.10. Para mim o que falta para o Linux conquistar os usuários de vez , é so ter programas para rodar nele , porque o resto se conquista com o tempo, como por exemplo as facilidades de configuração ... que já estão se tornando mais amigável para usuários finais ...
Angeli Informática
http://www.angelinfo.com.br

Offline james_br

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 74
  • > Ubuntu 8.10 <
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #6 Online: 30 de Outubro de 2008, 20:57 »
Para mim o que falta para o Linux conquistar os usuários de vez , é so ter programas para rodar nele , porque o resto se conquista com o tempo, como por exemplo as facilidades de configuração ... que já estão se tornando mais amigável para usuários finais ...
Sou dessa opinião também, aliás, recentemente o Flash 10 se integrou bem no Ubuntu, acabando aquela coisa chata de menus ficarem "atrás" de alguma coisa nos sites.

A parte dos programas é fato, o Firefox por exemplo não deslancha totalmente porque muitos sites ainda só funcionam com o internet explorer, isso irrita mesmo. Openoffice ainda está bem atrás do MSOffice, e os comunicadores instantâneos não agradam todo mundo....um cara que usa MSN e ve o pidgin dá risada, o aMsn ainda é o melhorzinho mas continua muito feio por padrão...e outros programas, mas claro que existem alguns programas muito bons.

E jogos? No linux isso ainda está muito em segundo plano, o que é mais fácil?.....arranjar um Windows pirata e instalar o jogo e ser feliz ou... usar os jogos disponíveis pra Linux e aprender a usar o sistema, o Wine, configurar tudo, e depois instalar o jogo com o risco dele não funcionar? Num dá...não tem quase comparação..

Quanto ao hardware... esse é o principal ponto, se tudo funcionar beleza, se alguma coisa não funcionar, o cara vai ficar incrivelmente irritado, vai pensar em desistir na hora, e SE tiver paciência vai buscar no google e fóruns para resolver o problema dele.....o que as vezes(com sorte) é rapidamente resolvido....mas as vezes é tão complicado que o cara desiste, fica nervoso e sai espalhando pra todo mundo que Linux é ruim.
> http://brainstorm.ubuntu.com
Brainstorm: Contribua com idéias e votos para deixar o Ubuntu ainda melhor

Offline Alakazan

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 763
  • Tentando ser melhor
    • Ver perfil
    • Tecnologia, gadgets, linux...
Re: Deixando o Linux
« Resposta #7 Online: 30 de Outubro de 2008, 21:21 »
Pra mim, se o Linux funcionace bem com chipsets e placas de vídeo da SiS tava ótimo já. Jogo se emula, compatibilidade não.
PC é como ar-condicionado: é só abrir Windows que ele para de funcionar.
Tentando ser melhor - desculpem o incômodo!

Offline james_br

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 74
  • > Ubuntu 8.10 <
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #8 Online: 30 de Outubro de 2008, 21:29 »
Pra mim, se o Linux funcionace bem com chipsets e placas de vídeo da SiS tava ótimo já. Jogo se emula, compatibilidade não.
Eu odeio a SiS !(sim eu tenho uma placa dela)
Hardware é o que irrita mais mesmo como podem ver minha reação
> http://brainstorm.ubuntu.com
Brainstorm: Contribua com idéias e votos para deixar o Ubuntu ainda melhor

Offline Alakazan

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 763
  • Tentando ser melhor
    • Ver perfil
    • Tecnologia, gadgets, linux...
Re: Deixando o Linux
« Resposta #9 Online: 30 de Outubro de 2008, 21:34 »
eu também não gosto da SiS. Como sobreviverei de meu Pentium 4 por mais 2 anos ao menos, terei de comprar uma GeForce AGP, como uma 5500, já que todas são boas no Ubuntu. (ou não?)
PC é como ar-condicionado: é só abrir Windows que ele para de funcionar.
Tentando ser melhor - desculpem o incômodo!

Offline elvisricardo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 164
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #10 Online: 30 de Outubro de 2008, 21:54 »
 ;D Bom amigo você vai deixar o linux... se um dia voltar estaremos aqui prontos para ajudar... e quanto a programas, problemas e outras coisas mais... eu tinha um ACER 5050 a placa de rede sem fio nunca, nunca funcionou fiquem com ele durante 3 anos até queimar e não morri, agora estou com um AMZ 201, não é mil maravilhas... mas quase tudo funciona nele, eu nao sou deixar o linux só porque minha web can integrada nao funciona nele, nao funciona, procure a solução não tem solução... paciencia... mas como eu sempre digo... o melhor sistema é aquele que voce gosta de usar... eu amo o linux desde iniciei nele nunca mais sai... quando eu falo que usei windows apenas 2 anos e uso linux a 6 anos dos 8 anos que eu tenho contato com computadores... mesmo com todos os problemas eu nunca pensei em deixar o linux... até porque foi por causa dele, que hoje eu sei o que sei... aprendi muita coisa, e ensinei algumas... então boa sorte e que vença o melhor !
Ryuzaki L usa Ubunbu linux :D

Offline Jaypur

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 98
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #11 Online: 01 de Novembro de 2008, 13:34 »
boa sorte na sua nova aventura, quando você voltar estaremos te dando boas vindas como se fosse ontem  ;D

Offline kakita

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 285
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #12 Online: 01 de Novembro de 2008, 21:37 »
Citar
Hardwares sem suporte

Achoq ue este e sem duvida o pior problema do linux, e quando ouço falar que o tal hardware funciona +/- no linux fico triste, faz parecer que o linux é inferior ao windows, quando na verdaed o problema nao tem nada a ver com linux mas sim com as empresas produtoras de hardware.

É mais frustrante ainda para quem comprou um computador novo, topo de gama (como eu) e vê que simplesmente ainda não existe driver para todo aquele hardware maravilhoso, desde que comprei o meu laptop+ impressora foram precisos 2 meses para sair o driver oficial+o kernel 2.6.27(para os modulos wirless)
para ter algum hardware extra a funcionar, fico triste e compreendo a sua situação.

Eu não vou desistir do linux, mas tambem nao desisto de dual boot até ter este problema resolvido(talvez daqui a 10 ou 20 anos).


Offline chapafogu1nho

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 77
  • “Bem-aventurado aquele a quem tu escolhes” .
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #13 Online: 24 de Novembro de 2008, 23:26 »
Pra mim, se o Linux funcionace bem com chipsets e placas de vídeo da SiS tava ótimo já. Jogo se emula, compatibilidade não.

isso eu concordo

inclusive eu criei um topico aqui no forum sobre um problema que tava tendo do linux em geral
reconhecer a minha placa de video ne um k6-2
no final nenhum reconheceu como devido. a resolucao foi trocar de placa de video. pior mais ta valendo.
Computer is like to air-conditioning, not to provide with "Windows" open. hehe

Offline mbelancon

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 116
    • Ver perfil
Re: Deixando o Linux
« Resposta #14 Online: 25 de Novembro de 2008, 11:11 »
acredito que o caminho para o Linux é a unificação de pacotes e a concentração do desenvolvimento mais unificada (uma distro unica), embora muitos falem sobre a liberdade de escolha, que é melhor ter milhares de distros, mas realmente não vejo as grande distros se ajudando, e pior, vejo muitos de seus usuários falando mal de outras distros, aquela história de "a minha é melhor"

Respeito sua opinião, mas tenho algumas objeções:
1. Os usuários que brigam defendendo suas distros geralmente são pessoas que não sabem nada, e no minimo não tem nada a ver com o projeto de desenvolvimento de nada.
2. Sobre a unificação de pacotes e desenvolvimento unificado (uma distro unica), isso é realmente impossível, e acho bom que seja! Cada distro é um "catadão" das coisas que tem por ai. Tem o Grupo de desenvolvimento do Xorg, Cups, Pidgin, Amsn, Totem, etc. Cada um faz o que quer fazer, e no final uma distro reune vários deles. Linux nasceu com um e-mail do Linus Torvalds pedindo que testassem seu kernel, e ai outras pessoas começaram a criar softwares para aquele kernel, e pra mim esse é o ponto mais positivo da filosofia:

"SE vc acha que nenhuma distro é o que vc precisa, vc pode criar a sua, é só vc querer"
Ubuntu 8.04 64 bits
Com Flash e Java 64 bits!
Aspire 5520-5912