Autor Tópico: Guia Introdutorio do Ogg vorbis  (Lida 6001 vezes)

Yuran

  • Visitante
Guia Introdutorio do Ogg vorbis
« Online: 30 de MAR?O de 2006, 01:14 »
Citar
Ouvir música no computador (ou em dispositivos digitais móveis) é algo que se tornou rotineiro para muita gente. Em grande parte, o responsável por isso é formato de áudio MP3, que de tão popular, já é executado em leitores de DVD, aparelhos de som e até em telefones celulares. No entanto, o formato MP3 é patenteado e isso foi o suficiente para que tecnologias alternativas fossem exploradas. É aí que entra o Ogg Vorbis, um padrão para música digital que está se tornando cada vez mais conhecido

Ogg é o nome dado ao formato de arquivos de áudio criado pela Xiph.org. É esta parte que contém as informações de metadados, áudio e até vídeo. Já Vorbis, é o nome dado à técnica de compressão de áudio que é empregado no arquivo Ogg. Assim, pelos menos teoricamente, é possível usar o Ogg com outro formato de compressão ou usar o Vorbis em outro formato de arquivo. Agora, fica óbvio que Ogg Vorbis é a junção das tecnologias Ogg e Vorbis

Tecnicamente, o formato Ogg Vorbis consegue gerar arquivos até 25% menores que equivalentes em MP3. Na geração de arquivos, é possível definir o nível de qualidade, que é medido em valores de -1 a 10, com mudanças feitas de 0,1 em 0,1. Deixando a compressão no nível 3, é possível gerar áudio equivalente a um arquivo em MP3 com 160 Kbits de bit rate (taxa de gravação por segundo), o que garante uma ótima qualidade sonora (imagine então músicas geradas no nível 10!).O formato ainda suporta até 255 canais de áudio independentes.

Assim como o MP3, o formato Ogg Vorbis também trabalha com o esquema de tags (tagging), que permite a inserção de informações adicionais ao arquivo de áudio, como nome do cantor ou da banda, nome do disco ao qual pertence, ano de lançamento, etc.


artigo completo e links: http://www.infowester.com/oggvorbis.php

Post do forum da Comunidade do Slackware-PT: http://forum.slackware-pt.net/viewtopic.php?p=1184&sid=6a499bb54a126ca02ee46432defcff7b

Porque usar mp3 (excluindo os dispositivos que somente leem esse formato), se podemos usar algo melhor e de codigo livre, o formato ogg vorbis eh de uma qualidade superior, pena nao ser tao difundido, vamos mudar isso?

Alguns MP3 players ja vem com suporte a ogg, servindo de opção pra quem deixar de lado o formato mp3, como os produtos de custo acessivel da iRiver e o espetacular aparelho da Cowon o iAudio (infelizmente nao encontrei a venda oficilamente no brasil - somente no mercado livre), esse senhor de aparelho alem de reproduzir o formato ogg tem suporte a muitos outros, inclusive o flac e video em mpeg-4 (serie X5) e sua relação custo beneficio eh muito boa, enquanto um iAudio X5 de 30GB custa 280 dolares na Amazon, o iPod video de 30 GB da Apple custa 290. Ha opções para o ogg vorbis surgindo a cada dia.

Bem vamos ao ponto, o ubuntu ja vem com os codecs necessarios para reproduzir ogg e tambem para ripar e codificar,
O aplicativo de ripagem de audio padrao do ubuntu - o sound juicer, faz isso, ha ainda opçoes como o Grip, Goobox, players como Listen e banshee possuem recurso de ripagem integrados, assim como o promissor SongBird. Testem voces, ripem uma faixa em mp3 a 128kbps e uma faixa em ogg tambem a 128kbps, compare os arquivos e veja qual ce sai bem.
Aqui estou obtendo arquivos ogg com qualidade muito boa e tamanho reduzido, num exemplo, usei e aconselho o uso do Script audio-convert (Disponivel em http://www.gnomefiles.org/app.php?soft_id=1159) converti um arquivo mp3 de 3.8mb para ogg usando fator 3, recebi um arquivo de 3.5mb com qualidade sonora igual, lembrando que a possibilidade do arquivo ser 25% varia, em meu exemplo ele diminui somente 5.2%, mas o acumulo de arquivos em ogg pode fazer diferenca ao usar um "ogg player", pois teremos mais musicas com mesma qualidade em um unico dispositivo.

O formato ogg vorbis eh tambem usado em jogos (inclusive para windows) para economizar espaço na compressao dos arquivos de instalação, Redhat, OpenSuse e ubuntu, dentre outras distros, usam o ogg vorbis como codec padrao (por isso temos de baixar codecs para executar mp3 e outros arquivos, as distros por questoes judiciais e financeira nao disponibilizam codecs proprietarios), o ogg vorbis tambem esta sendo usado em lojas de musica virtuais, dentre as que conheci e achei no google estao a Mindawn da Mandriva, que disponibiliza audio somente em ogg e em flac, contudo nao possui artista de peso como os do serviço iTunes, e um serviço online muito bom que ainda nao testei mas foi relatado no link do forum do Slackware acima e que suporta ogg eh o ALLofMP3, diponivel em http://www.allofmp3.com/ , muitos artista conhecidos e algumas reliquias a um preço muito bom, confiram que pode valer a pena.

Bem termino aqui com esse pequeno guia introdutorio do ogg vorbis e espero ter ajudado aqueles que tinham duvida sobre esse formato livre de audio, que tem tudo para despontar de vez e tirar mais um formato proprietario de lado.
Tenham bons Sons!

OBS: Vi alguns de usarios do linux, reclamando da qualidade dos arquivos ogg, que estavam muito graves e/ou com sons metalizados, tambem tive esse problema, mas apos ter sido obrigado a reinstalar o ubuntu (meu hd deu pau) consegui - e estou conseguindo - converter para ogg (inclusive de mp3, o que nao eh aconselhavel, segundo alguns usuarios e sites) obtendo resultados excelentes, nao tenho certeza, mas pode ser por configuraçoes da central de controle de volume do gnome, na parte de captura de audio observem esses dispositivos e configuraçoes caso tenham ma qualidade em seus arquivos ogg.

Abraços!

Offline LedStyle

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.345
    • Ver perfil
    • http://www.tuxresources.org
Guia Introdutorio do Ogg vorbis
« Resposta #1 Online: 30 de MAR?O de 2006, 13:19 »
Bom... eu uma vez converti vários MP3 meus pra OGG com um script e me arrependi, mas não pela qualidade. A qualidade ficou perfeita, muito bom, mas perdi todas TAGs com nome de artista, album, nome da faixa. No entanto no quesito qualidade nunca tive problemas. Nem notei perda. Muito bom o formato!

Offline unfear

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 223
    • Ver perfil
Guia Introdutorio do Ogg vorbis
« Resposta #2 Online: 30 de MAR?O de 2006, 14:03 »
bom, minhas ultimas experiencias com o Ogg não foi muito boa, fiz a comparação de um mesmo cd que rippei em mp3 e outro em ogg, o ogg fico com o volume mais baixo e qualidade inferior, só que utilizei a qualidade padrão configurada no Grip, nem sabia que dava para controlar a quialidade assim, o que notei quando toco nos players é que ele não tem a taxa de bitrate fixa como o mp3, vou testar para ver como é que fica aumentando a qualidade