Autor Tópico: Tutorial Fluxbox  (Lida 20054 vezes)

Offline piike

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 128
    • Ver perfil
    • Blog do Piike
Tutorial Fluxbox
« Online: 17 de Agosto de 2005, 00:12 »
Tutorial de instalação/configuração do Fluxbox no Ubuntu

Bem pra começarmos precisamos baixar o fluxbox, o Eterm(terminal que permite o uso de background), o rox-filer(gerenciador de arquivos), o idesk(icones na sua area de trabalho), e o fluxconf(utilitario para configuração do fluxbox) utilize o apt ou synaptic(aquele que achar melhor):
Código: [Selecionar]
user@ubuntu:~$ sudo apt-get install fluxbox eterm rox-filer idesk fluxconf

Agora vou explicar o porque da instalção desses pacotes:
rox-filer: O nautilus resolve o problema de gerenciar os arquivos mas apresenta um "problema" durante sua utilização, ele toma conta da sua area de trabalho e coloca o papel de parede e icones, caso existam, da area de trabalho do gnome, se fosse só isso nao haveria nenhum problema de usar ele mas como o nautilus toma conta da area de trabalho voce nao tera como acessar o menu do fluxbox, o rox-filer é um bom gerenciador de arquivos e com ele da pra mudar o papel de parede e inserir icones na area de trabalho de forma facil.
eterm: O eterm alem de ser um terminal leve, oferece a possibilidade de alterar o papel de parede com o comando Esetroot.
idesk: O idesk permite o uso de icones na area de trabalho, ja que o fluxbox nao tem suporte nativo.
fluxconf: Permite alterar algumas configurações do fluxbox.

Apos feita a instalação do fluxbox o instalador se encarregarar de colocar a opção pra entrar no fluxbox pelo GDM, mas se voce quiser que ele seja o gerenciador padrao entaum voce tera que editar o arquivo .xinitrc que esta no seu diretorio de usuario, assim:
Código: [Selecionar]
exec fluxbox
Se existir algo como exec gnome-session comente-o, colocando um # na frente, e pronto, agora o fluxbox sera eu gerenciador padrao, agora é só reiniciar o X(Ctrl+Alt+backspace) e selecionar o fluxbox na opção [bold]session[/bold] no GDM.
O fluxbox quando instalado cria o diretorio .fluxbox no seu diretorio de usuario, é aqui que estão os arquivos de configuração do fluxbox(menu,init,keys,slitlist), os estilos padrao estao no diretorio /usr/share/fluxbox/styles sugiro que copie esse diretorio para o diretorio .fluxbox e no arquivo menu dessa pasta comente a seguinte linha:
Código: [Selecionar]

[submenu] (Styles) {}
      #[stylesdir] (/usr/share/fluxbox/styles) #comente essa linha
      [stylesdir] (~/.fluxbox/styles)
[end]


Qualquer estilo que desejar adicionar devera ser descompactado na pasta ~/.fluxbox/styles.

Agora que o básico já foi feito vamos para a parte de configuração.

Para melhorar a compatibilidade dos styles instale as artwiz-fonts:
Código: [Selecionar]
user@ubuntu:~$ sudo apt-get install xfonts-artwiz
Para mudar o tema do cursor do mouse instale o artwiz-cursor:
Código: [Selecionar]
user@ubuntu:~$ sudo apt-get install artwiz-cursor
OBS-reinicie o X

Adicionando programas na inicialização do fluxbox:
Crie um arquivo e coloque os programas que deseja executar, ex:
Código: [Selecionar]

gdesklets
idesk
fbsetbg -f ~/Themes/wallpapers/54_.jpg

Aqui eu adicionei o gdesklets, o idesk(gerenciador de icones) e o comando para colocar um papel de parede, salve o arquivo e torne-o executavel:
Código: [Selecionar]
user@ubuntu:~$ chmod +x nomedoarquivo
Feito isso abra o arquivo init e adicione a linha:
Código: [Selecionar]
session.screen0.rootCommand:  /endereço/do/arquivoexecutavel
Bem esse é o jeito que encontrei para adicionar programas na inicialização, existem outros mas recomendo esse pois se voce quiser adicionar ou remover é só abrir e editar o arquivo que voce criou.    

Para mudar o papel de parede existem diversos modos, aqui vou mostrar 3:
1) No arquivo de configuração do estilo existe uma linha com o comando rootCommand edite-o assim:
Código: [Selecionar]
rootCommand: fbsetbg -f /endereço/da/imagem.jpg
OBS-Nem sempre funciona
2) No arquivo init insira a seguinte linha:
Código: [Selecionar]
session.screen0.rootCommand: fbsetbg -f /endereço/da/imagem.jpg  
OBS-Sempre funciona
3) Usando o Rox-Filer:
Usando o rox-filer eh o modo mais facil de se colocar um papel de parede, basta ir num terminal qualquer e digitar:
Código: [Selecionar]
rox -p=PIN
Feito isso ele ira tomar posse de sua area de trabalho, assim como o nautilus faz no Gnome, e aparecerá o icone para sua pasta de usuario, clique nela com o botão direito do mouse, ira aparecer o menu do icone, clicando na opção Imagem de Fundo abrira uma janela pedindo para se arrastar a imagem que se deseja. Pronto voce ja selecionou seu papel de parede, só que toda vez que voce entrar no fluxbox tera que digitar o comando acima, então para ele iniciar com esse papel de parede será preciso editar o arquivo que eu citei acima, para a inicialização de programas no fluxbox, e inserir o comando rox -p=PIN.

Adicionando ícones na area de trabalho:
Existem muitos gerenciadores de ícones para o X, entretanto mostrarei como inserir icones com o Rox-Filer e com o idesk:
1) Rox-Filer
Bem pra inserir os icones é o jeito menos trabalhoso que existe para o fluxbox. Pra começar crie uma pasta(usando o rox-filer, lógico) para os icones que deseja, dentro da pasta crie um arquivo e coloque o comando para a execução de algum aplicativo:
Código: [Selecionar]
firefox
Salve e torne-o executável        
Código: [Selecionar]
chmod +x nomedoarquivo
Feito isso clique com o botão direito do mouse no icone do arquivo executavel que voce criou, entao abrira um menu, na opção Arquivo "nomedoarquivo" aparecerá a opção Definir icone abrirá uma janela selecione o icone e arraste-o.

2)idesk
Se já estiver instalado crie no seu diretorio de usuario o arquivo .ideskrc e coloque as seguintes linhas:
Código: [Selecionar]

table Config
  FontName: sans
  FontSize: 10
  FontColor: #ffffff
  Locked: false
  Transparency: 50
  Shadow: true
  ShadowColor: #000000
  ShadowX: 1
  ShadowY: 2
  Bold: false
  ClickDelay: 100
  IconSnap: true
  SnapWidth: 55
  SnapHeight: 100
  SnapOrigin: BottomRight
  SnapShadow: true
  SnapShadowTrans: 200
  CaptionOnHover: false
end

table Actions
  Lock: control right doubleClk
  Reload: middle doubleClk
  Drag: left hold
  EndDrag: left singleClk
  Execute[0]: left doubleClk
  Execute[1]: right doubleClk
end


Salve o arquivo. Agora crie a pasta(se não existir) .idesktop em sua pasta de usuário :
Código: [Selecionar]
mkdir .idesktop
É nessa pasta (.idesktop) onde ficarão os ícones usados pelo idesk e os arquivos de configuração de cada ícone.

Exemplo de criação de um ícone para rodar o navegador Firefox :

copie o ícone que vc deseja usar para o firefox na pasta .idesktop
obs : no linux todo nome de arquivo ou pasta que começa com um "."  é arquivo oculto no sistema , se estiver usando algum gerenciador de arquivos , precisa configurar ele pra mostrar todos os arquivos ocultos.Renomeie o arquivo do ícone para o mesmo nome do programa que ele vai representar no caso : firefox.png crie o arquivo de configuração para o ícone firefox.png usando um editor de texto o nome do arquivo será : firefox.lnk abra esse arquivo (firefox.lnk) e coloque nele as seguintes linhas :
Código: [Selecionar]

table Icon
  Caption: Firefox
  Icon: .idesktop/firefox.png
  X: 644
  Y: 650
  Command[0]: firefox
end

Salve o arquivo.
OBS- Se não quiser que apareça o texto embaixo do ícone com o nome da aplicação que o ícone "roda" deixe um espaço em branco depois do ":" da linha Caption.

Agora digite num terminal :
Código: [Selecionar]
user@ubuntu:~$ idesk
imediatamente aparecerá em sua área de trabalho o ícone que vc colocou na pasta .idesktop e que foi configurado para o firefox, um duplo click no ícone e o navegador firefox abrirá normalmente.
O ícone criado no idesk pode ser posicionado a vontade na tela, e sua posição é salva automaticamente , assim toda vez que ativar o idesk, os ícones estarão na mesma posição que haviam sido deixados.


Mudando o menu do fluxbox:
Bem aqui mostrarei como editar(adicionar/remover) o arquivo menu(~/.fluxbox/menu) do fluxbox. Ele consiste basicamente em 4 campos:

[comando] (nome) {ação} <ícone>

Em [comando] pode ser usado:

[begin] [end] [exec] [exit] [reconfig] [restart] [submenu] [style] [include] [workspaces] [config] [separator]

[begin] (nome) é usado no nível mais alto do menu, serve como o 'nome' do menu.
[submenu] usado para criar submenus
[end] usado para fechar a sequencia dos comandos [begin] e [submenu]
[exec] (nome_no_menu) {/comando/para/aplicação}
[separator] cria um separador no menu

Você pode usar isto para iniciar programas, como em:
Código: [Selecionar]
[exec] (Firefox) {/usr/bin/firefox} </usr/share/pixmaps/firefox.png>
ou
Código: [Selecionar]
[exec] (Firefox) {firefox} </usr/share/pixmaps/firefox.png>

Este comando serve para fecha o Fluxbox, em nome pode por Exit ou Sair.
Código: [Selecionar]
[exit] (nome)
Serve para reiniciar o Fluxbox, você pode usar no nome, Reiniciar ou Restart.
Código: [Selecionar]
[restart] (nome)
Aqui você insere o caminho onde estão seus styles.
Código: [Selecionar]
[stylesdir] (/caminho/dos/styles)

Deixando o Eterm ou o aterm transparente:
Inclua a seguinte linha no arquivo menu(~/.fluxbox/menu):
Aterm
Código: [Selecionar]
[exec](Eterm){aterm +sb -tr -sh 50 -fg white}
Eterm(sem bordas e barras de rolagem)
Código: [Selecionar]
[exec](Aterm){Eterm -x --scrollbar off --buttonbar off -f white -O -g 65x40+320+80}

Bem acho que com isso já dá para deixar o seu fluxbox com um visual legal qualquer dúvida é só postar aí se eu souber responder enviarei a resposta o mais rápido possível.
Sony Vaio Fz250AE

Offline galactus

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.655
    • Ver perfil
Tutorial Fluxbox
« Resposta #1 Online: 17 de Agosto de 2005, 00:29 »
Parabéns pelo belo tutorial. Moderadores, acho que este tópico deveria ser mudado para "Tutoriais".
Ubuntu  Mate 19.04 64bits /  Kubuntu 19.04 64bits

Offline piike

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 128
    • Ver perfil
    • Blog do Piike
Tutorial Fluxbox
« Resposta #2 Online: 17 de Agosto de 2005, 04:15 »
Aew Xterminator vlw pelas dicas do nautilus(que eu nao conheço muito bem), mas eh que o rox-filer tambem ajuda a inserir icones na area de trabalho por isso o citei nesse tutorial, ele tambem eh mais leve e se o cara nao tiver uma maquina muito boa ele vai servir muito bem. Agora em relacao a aparencia dos icones no nautilus nao entendi muito bem posta mais detalhes!?
VLW
Sony Vaio Fz250AE

Offline sampaioprimo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 33
    • Ver perfil
Tutorial Fluxbox
« Resposta #3 Online: 19 de Agosto de 2005, 18:38 »
opa, adorei seu tutorial, fazia tempo que buscava sobre configuração do fluxbox mas nunca tinha achado um que concentrasse tudo num só, e por isso sempre ficava com preguiça  :lol: seu tutorial me animou e agora cá estou eu a usar e experimentar o fluxbox.
   gostei tanto do que você escreveu que tomei a liberdade de colocar uma dica no vivaolinux.com.br com um link para esse tutorial aqui. por você tudo bem? se tiver algum problema me dá um toque que a dica ainda não foi publicada e eu peço para os moderadores do VOL tirarem ela.
    uma última coisa, o único problema que tive até agora foi em relação a acentuação, sites que tem no titulo acentos aparecem incompletos, por exemplo o título dessa página aqui aparece apenas F pois logo no o de Fórum tem um acento. se por acaso sabe como resolver isso? um grande abraço, rodrigo.

Offline piike

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 128
    • Ver perfil
    • Blog do Piike
Tutorial Fluxbox
« Resposta #4 Online: 19 de Agosto de 2005, 23:51 »
e aew irmao tambem sou membro do VOL não coloquei lá pq já tem um monte de explicações sobre o fluxbox, e inclusive peguei informações de lá mas algumas não funcionaram, peguei aquelas que facilitavam mais, outras tive que fuçar mesmo, como o Rox-Filer. Em relação as fontes isso depende de cada tema geralmente usam a fonte 'lucida', mas voce pode editar o tema procure pelos comandos que tenham font no final tipo:
Código: [Selecionar]
window.label.focus.font:             lucidasans-10
Coloque uma fonte que tenha suporte a acentuação como Sans, Times New Roman, etc.
Qualquer dúvida posta aih se eu souber respondo o mais breve possível senão vou ter que estudar :evil:.
Sony Vaio Fz250AE

Offline sampaioprimo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 33
    • Ver perfil
Tutorial Fluxbox
« Resposta #5 Online: 20 de Agosto de 2005, 02:57 »
fala cara, infelizmente não resolveu eu testei umas fontes inclusive times new roman, notei que de fato que ele mudou a fonte mas não resolveu o problema de acentuação, que não deve ter relação mesmo com a fonte selecionada no estilo pois pelo que estou reparando esse erro só ta rolando na barra de cima onde aparece o nome dos programas, no menu do próprio fluxbox a opção shells gráficos aparece com acento sem problemas. vou ir atrás do que pode ser isso. se tiver alguma outra idéia por favor me dá um toque.
    sobre o VOL o que me motivou a criar uma dica com um link para seu tutorial foi justamente o fato de ter visto muita coisa solta sobre o Fluxbox por ai e sentir falta de alguma coisa que falasse de um número grande de configurações interessantes para deixar o fluxbox mais funcional, inclusive cito esse fato no corpo da dica. falow

Offline sampaioprimo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 33
    • Ver perfil
Tutorial Fluxbox
« Resposta #6 Online: 20 de Agosto de 2005, 03:00 »
esqueci de mencionar, no eterm a acentuação também esta zoada, o que esta me tirando o sono agora é porque diabos no menu a opção shells gráficos aparece na boa  :?

Offline glicodc

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 144
    • Ver perfil
Tutorial Fluxbox
« Resposta #7 Online: 30 de Agosto de 2005, 21:16 »
parece muito bom esse tutorial, pra quem ja tem alguma noção hehe
eu naum sei nem criar diretorio por codigo. hehe
Mas tipow eu fui tentar aki
ae criou na barra de aplicações
Debian e mais um monte de coisa. é isso msmo??
**  Eu sou legal  ** To falando serio

Glicão com a bola toda com ubuntu ahauhau

Offline glicodc

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 144
    • Ver perfil
Tutorial Fluxbox
« Resposta #8 Online: 30 de Agosto de 2005, 21:17 »
parece muito bom esse tutorial, pra quem ja tem alguma noção hehe
eu naum sei nem criar diretorio por codigo. hehe
Mas tipow eu fui tentar aki
ae criou na barra de aplicações
Debian e mais um monte de coisa. é isso msmo??
E tem vario itens repitidos q eu ja tinha
**  Eu sou legal  ** To falando serio

Glicão com a bola toda com ubuntu ahauhau

Offline piike

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 128
    • Ver perfil
    • Blog do Piike
Tutorial Fluxbox
« Resposta #9 Online: 31 de Agosto de 2005, 01:18 »
aew cara vc nao precisa criar diretorio(pasta) por linha de comando($ mkdir nomedapasta) vc pode criar pelo modo grafico, mas vai te limitar, acho que tudo que eu disse no tutorial da pra fazer no modo grafico, o negocio eh que usando o modo texto vc tera nocao dos problemas que possam ocorrer imediatamente ou futuramente, ai vai depender de vc, pelo modo texto voce depois nao vai ficar culpando o SO como no "janelas", voce ve os erros que estao ocorrendo imediatamente desde uma ma configuracao dos temas ate problemas de acesso, pra quem esta iniciando no mundo free eh interessante buscar o conhecimento previo das coisas tipo quais comandos são essenciais de saber, tipo se voce quer programar tem que primeiro saber o que um algoritmo nao eh??? de uma olhada no google sobre manuais do linux se quiser tenho um e te passo isso vai clarear um monte de coisas, lembro quando ainda era um macaco apertador de botoes e usava a unica coisa que presta da M$, o DOS+janelas, quando tentava abrir um programa pelo console nao abria nem com reza braba, isso eh totalmente diferente no linux tipo quando estou aqui emulando jogos pra windows(saiu sem querer :evil: ) e de repente trava, como fazer pra sair do jogo?? resetar o pc??? nao, eh so matar o processo :P, bom espero que voce entenda que o linux eh um sistema muito versatil e que ele da oportunidades que nenhum outro SO te da. VLW
OBS- foi mal por estar sem acentos eh q estou no pc do vizinho e aqui nao tem linux
Sony Vaio Fz250AE

Offline Magneto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 768
    • Ver perfil
Tutorial Fluxbox
« Resposta #10 Online: 14 de Dezembro de 2005, 20:05 »
Resolvi postar aqui minhas dúvidas que é para não criar um tópico novo, hehe.Bom, é o seguinte, estou experimentando o Flux, já instalei , reinstalei, só para testar mesmo, tenho duas dúvidas, a primeira é se existe como aumentar a barra, ela fica meio pequena, e dependendo do tema escolhido fica menor ainda, tem como aumentar?A segunda, o menu dele está só com 3 opções, Xterm, reiniciar e sair, como faço para ter outras alternativas, antes aparecia agora não mais (sistema, temas, etc).

Offline Magneto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 768
    • Ver perfil
Tutorial Fluxbox
« Resposta #11 Online: 14 de Dezembro de 2005, 20:48 »
Opa, descobri, o arquivo menu estava vazio, copiei o conteúdo de outro e deu certo, falta agora só o tamanho da barra :).

Offline Chrisostomo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 30
    • Ver perfil
Tutorial Fluxbox
« Resposta #12 Online: 06 de Junho de 2006, 00:27 »
Citar
É que tipo assim se você rodar somente o nautilus "fora" do gnome...
por padrão o gnome carrega o gnome-settings-daemon que é o responsável pelas configurações gerais tipo ícones,fontes,tipos mime , sem ele o nautilus fica digamos assim "pelado" , os ícones do mimetypes e outras coisas ficam como uma folha branca, daí a necessidade de carregar o gnome-settings , isto vale para o gdesklets pois ele utiliza muitas bibliotecas do gnome e qualquer aplicação GTK caso o tema seja definido pelo gnome-theme-manager vão utilizar o tema GTK bonitão que você escolheu a dedo, carregue o gnome-settings daemon & e em seguida abra o fluxconf para você ver o que eu estou dizendo...


Xterminator...
nao sei oq eh.. mas como sou meio "lerdo", não consegui carregar o gnome-settings daemon...

por favor.. poderia exemplificar?

grato...  :D
"A imbecilidade sempre leva vantagem sobre a sabedoria. Essa superioridade evidencia-se sobretudo quando o ignorante ignora por completo o conhecimento do sabio. Não há como ministrar conhecimento a um tolo que se orgulha da própria tolice." -Monge Takuan, MUSASHI

Offline vitor

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 472
  • Uepa!
    • Ver perfil
Re: Tutorial Fluxbox
« Resposta #13 Online: 02 de Dezembro de 2006, 17:24 »
pessoal...
quando aplico o comando IDESK
me retorna o seguinte: Can't find config file or missing 'Config' table in the config file.

qual será o problema?
Jabber: vitorml (a) jabber.cz

Offline KurtKraut

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 307
    • Ver perfil
    • http://planeta.ubuntubrasil.org/author/5
Re: Tutorial Fluxbox
« Resposta #14 Online: 03 de Dezembro de 2006, 02:13 »
Postem na categoria de screenshots as belezuras que vocês conseguirem fazer com o Fluxbox. Eu tenho uma certa dificuldade de deixá-lo palatável, coisa que acho o Gnome já tem por padrão: me parece bonitinho, principalmente com o tema alaranjado surgido depois do Dapper.