Autor Tópico: Uma Palestra, Um Ubuntu, Um Iniciante, Uma História, Um Twitter, Um Blog  (Lida 3936 vezes)

Offline renato.ostapiuk

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 17
    • Ver perfil
Tudo começou há, mais ou menos, nove meses numa palestra do Prof. Dr. Marcos Mafra sobre aplicações de softwares livres na engenharia química. Antes de entrar no tema específico o grupo PET (Programa de Educação Tutorial "me corrijam se eu estiver errado") de Computação fez uma apresentação sobre sistemas baseados em UNIX. A idéia de Linus Torvard era fantástica e a ideologia do software livre apaixonante. Após esta palestra encontrei um colega, o qual é adepto ao software livre e muito bom com o software estatístico (livre) R e este incrivelmente tinha um cd do Ubuntu 8.04 Hardy Heron na mão! É obvio que este saiu das mãos dele e foi parar nas minhas.

Admirado com a minha nova aquisição fui o mais rápido o possível para casa usar o meu novo brinquedo. Chegando em casa, como usuário inexperiente que era, formatei o desktop e instalei o ubuntu, sem dual-boot. O único que detalhe, esquecido no auge da minha empolgação, eu não era o único usuário do computador. Eu tenho uma mãe! E esta usuária (convicta) do Micro$oft Window$. Estava criado o meu problema. Apesar do Ubuntu ser uma das mais amigáveis distribuições do Linux que se pode encontrar hoje, ainda perde em recursos gráficos para o seu concorrente capitalista. Outro problema: o Windows Live Messenger. Apesar de alternativas Open Source como amsn e emesene serem altamente funcionais, não se comparam a beleza gráfica do popular WLM. Resultado, tive que formatar de novo e criar um dual-boot. Uma partição com o nosso amigo de código-livre e outra com o concorrente capitalista em fase de teste.

Desde quando o Ubuntu foi instalado o sistema travava, travava, travava sempre. Conversando com usuários mais experientes descobri que isso não era certo, o sistema é muito estável. Descobri depois de diversas reinstalações que o problema era um conflito ocorrendo entre a duas placas de memória RAM que estavam instaladas no desktop. Removendo uma das placas o problema foi resolvido. Em pouco tempo, surgiram vários problemas com FLASH, com o firefox e comecei a perder a empolgação com a idéia do software livre e aos poucos fui retornando ao mundo fechado da Micro$oft.

Em dezembro de 2008 comprei um notebook e me livrei da divisão de bens computacionais com a minha querida mãe. Este meu notebook veio com o Window$ Vi$ta (a grande bomba da década). Com o tempo passei a ficar com ódio da beleza letárgica do Vista, letárgica se referindo ao consumo GIGANTESSSSCO de memória que este sistema operacional faz. Passei a utilizar o velho companheiro de guerra XP.

Sou extremamente contra a pirataria, mas sou a favor da distribuição do conhecimento e da cultura. Estava fazendo o download de uma série, a qual gosto muito, e estava enfrentando problemas com o XP e o MEGAUPLOAD. Extremamente irritado, fui procurar informções sobre meu velho e esquecido novo amigo Ubuntu. Descobri que havia saído uma nova versão: Ubuntu 9.04 Jaunty Jacklope. Aí vem a questão: desistir de vez do meu fiel companheiro de guerra XP? Para um adorador de games é uma decisão muito difícil, visto que é possivel executar jogos pelo Ubuntu através do Wine, mas o rendimento não é muito bom. Apesar da tristeza no coração resolvi: chega de ser traído pela Micro$oft. Instalei o Jaunty.

Logo veio a primeira descoberta, Ubuntu para arquitetura da AMD 64bits. O rendimento comparado com o Hardy 32bits foi impressionantemente maior (meu desktop era AMD 64bits). A real facilidade para o uso do terminal me surpreendeu, o apt-get é uma ferramenta impressionante. Assim como os comandos rm e mv que poupam muito tempo de clique após clique através do Explorer.

Desde a minha mudança, que completará uma semana amanhã estou muito satisfeito. Ontem num acesso de insônia que tive, fiquei pensando... Por que não criar um Twitter para contar estas experiências neste novo velho universo? Quem sabe isso possa encorajar outras pessoas a fazerem a mesma opção que fiz! Batata! Criei uma página no Twitter. Mas para minha decepção descobri que não era possível criar textos muito extensos. Por isso a idéia do blog. Claro que postarei no Twitter sempre, de coisas novas até posts aqui para os que quiserem seguir.

Twitter: http://twitter.com/mundubuntu

Blog: http://twitterubuntu.wordpress.com

Para quem quiser seguir! Sempre que postar no blog avisarei por lá!

Obrigado pela paciência e por terem chegado até o fim do meu texto!

Renato

Offline Adriano R.N.

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.095
    • Ver perfil
Re: Uma Palestra, Um Ubuntu, Um Iniciante, Uma História, Um Twitter, Um Blog
« Resposta #1 Online: 23 de Julho de 2009, 20:14 »
Boa noite, Renato!
Seu depoimento é gratificante e demonstra a necessidade de uma mudança processual.
Sabemos que nem todas as facilidades do windows estão presentes no GNU/Linux, porém, temos inúmeras vantagens que ele não tem.
Um pouco de paciência, investigação e disposição compensam os pequenos entraves que surgem. Espero que você tenha 100% de satisfação com o Ubuntu.
Boa sorte e Muito AXÉ!!!
Boa sorte e Muito AXÉ!!!

Offline achteutis

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 343
    • Ver perfil
Re: Uma Palestra, Um Ubuntu, Um Iniciante, Uma História, Um Twitter, Um Blog
« Resposta #2 Online: 23 de Julho de 2009, 20:21 »
Olá Renato

seguindo no twitter. De outro iniciante: Seja bem-vindo.
Toshiba Satellite m302, core 2 duo 1.83Ghz, 3G de ram, chipset intel, Ubuntu Oneiric Oncelot (11.10) 32 bits.
Netiqueta: http://pt.wikipedia.org/wiki/Netiqueta
http://oquenaoestanogibi.wordpress.com/, blog crítico de HQ, no início.

Lunik

  • Visitante
Re: Uma Palestra, Um Ubuntu, Um Iniciante, Uma História, Um Twitter, Um Blog
« Resposta #3 Online: 23 de Julho de 2009, 22:28 »
Você foi corajoso em ter instalado ele sem dual boot hein.
Na casa dos meus pais instalei com dual boot e mesmo assim passei uma semana recebendo ligações do tipo: "acho que o computador quebrou, tá com uma tela estranha quando eu ligo", hahahahaa.

Boa sorte na sua saga linux.

[]s

Offline Xterminator

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.285
    • Ver perfil
Re: Uma Palestra, Um Ubuntu, Um Iniciante, Uma História, Um Twitter, Um Blog
« Resposta #4 Online: 24 de Julho de 2009, 07:34 »
Citar
Desde a minha mudança, que completará uma semana amanhã estou muito satisfeito.
Espero que o entusiasmo da descoberta dure bastante tempo, o meu completará 10 anos ano que vem,
vivo aprendendo coisas novas e já eduquei a patrõa e as crianças (filha/sobrinhos(as)) na Casa do tio Edson "só roda Linux".

Offline maudy

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 481
  • Darth Tux
    • Ver perfil
    • Dicas para iniciantes no Ubuntu
Re: Uma Palestra, Um Ubuntu, Um Iniciante, Uma História, Um Twitter, Um Blog
« Resposta #5 Online: 24 de Julho de 2009, 08:04 »
ai, ai, ai..

mais um!

 :)

Offline Ioca100

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.848
  • Rio,Brasil
    • Ver perfil
Re: Uma Palestra, Um Ubuntu, Um Iniciante, Uma História, Um Twitter, Um Blog
« Resposta #6 Online: 25 de Julho de 2009, 09:10 »
Comecei com o Linux numa VMware, depois em dual boot, hoje o XP adormece e logo irei colocá-lo virtualmente.Já tenho três anos no Ubuntu.
Usuário Linux- 449417

Offline Pedru

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 232
    • Ver perfil
    • Livre Linux
Re: Uma Palestra, Um Ubuntu, Um Iniciante, Uma História, Um Twitter, Um Blog
« Resposta #7 Online: 26 de Julho de 2009, 00:10 »
Renato, você é/pretende ser escritor ou escreve por hobby?

Você escreve muito :D
É bom saber que o Ubuntu o satisfaz!

Aqui quem fala é o dono do blog Livre Linux :D..,

Acho que você foi muiiiiito corajoso em apagar seu Windows direto... Eu demorei um tempo pra fazer isso...

Já saí e voltei do Ubuntu por problemas com falta de espaço no HD... Mas agora é 100% Ubuntu :D...

Offline renato.ostapiuk

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 17
    • Ver perfil
Re: Uma Palestra, Um Ubuntu, Um Iniciante, Uma História, Um Twitter, Um Blog
« Resposta #8 Online: 26 de Julho de 2009, 00:50 »
Opa!

Então Pedru, escrevo por hobby! Porque eu curso engenharia, mas gosto de escrever!

Por falar no seu blog, gostei muito! Cheio de dicas pros iniciantes.

Mas antes de sumir com o Windows do meu HD eu pensei muito e como pensei, principalmente por causa dos softwares de engenharia. Mas felizmente hoje tive uma descoberta fantástica, um software open source para o AspenTech bastante usado em engenharia de processos o EMSO do grupo ALSOC!

Bom, por final, eu gostaria de agradecer a todos que comentaram o meu tópico, deixando menssagens de incentivo e entraram no meu blog prestigiando a minha história!


Renato

Valeu galera!