Autor Tópico: maior projeto de migração na área bancária no Mundo!  (Lida 3246 vezes)

Carlos Araujo

  • Visitante
maior projeto de migração na área bancária no Mundo!
« Online: 19 de Junho de 2006, 14:16 »
Olhem que coisa fantástica:

"Projeto brasileiro de implantação, em bancos, de sistemas operacionais baseados em Linux é o maior do mundo* Banco implanta Linux em suas agências para economizar R$ 53 milhões

O Banco do Brasil apresenta nos próximos dias seu projeto de instalação de sistemas baseados em software livre, que se constitui na maior implantação de sistemas operacionais baseados em Linux em bancos do mundo. Aproximadamente, 40 mil terminais de auto-atendimento, além de 60 mil estações "

FONTE DA NOTÍCIA: http://www.softwarelivre.org/news/6760

Isso é que é  migração gigante....a MS não deve estar feliz com isso...Ah! com certeza que não:-)

Offline a13x

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 98
    • Ver perfil
maior projeto de migração na área bancária no Mundo!
« Resposta #1 Online: 19 de Junho de 2006, 15:15 »
muito boa essa notícia, o Brasil economizando com software livre!
pelo menos isso o Lula tá fazendo bem... mas se o PSDB voltar ao poder, M$ volta junto :(

Piras

  • Visitante
maior projeto de migração na área bancária no Mundo!
« Resposta #2 Online: 19 de Junho de 2006, 17:07 »
Citação de: "a13x"
muito boa essa notícia, o Brasil economizando com software livre!
pelo menos isso o Lula tá fazendo bem... mas se o PSDB voltar ao poder, M$ volta junto :(


Só uma pergunta, a13x: há alguma manifestação oficial do PSDB a respeito do assunto? Eu, particularmente, não conheço nenhuma diretiva do PSDB em favor do software proprietário ou contra o software livre. Aliás, partidos de todas as tendências ideológicas têm favorecido o software livre nos Estados e Municípios. Reconheço que a atual gestão é a mais engajada em favor do open source, mas tirar daí que assumindo outro partido a política irá se inverter é ir um pouco longe demais.

Offline ars351

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 43
    • Ver perfil
maior projeto de migração na área bancária no Mundo!
« Resposta #3 Online: 19 de Junho de 2006, 17:18 »
Citação de: "Piras"
Reconheço que a atual gestão é a mais engajada em favor do open source, mas tirar daí que assumindo outro partido a política irá se inverter é ir um pouco longe demais.


Piras, meu velho, vale a máxima de que todo mundo usa software livre de uma forma ou de outra, mesmo que não seja end-user (via servidor, por exemplo).

trabalho há três anos numa grande autarquia federal, e uso WinNT no meu terminal.
mas a rede é *nix. ou solaris, não sei ao certo.

infelizmente, processamos documentação proprietária, quando deveríamos, por questão puramente ética, migrar para o padrão livre de documentos, que a OOo prega.

falta vontade política para usarmos o OOo em terminais, e rodar aplicativos de forma nativa.

sei que outros órgãos do governo federal migraram suas plataformas, mas aqui onde trabalho, nem se fala nisso.
Alexandre Ribeiro
ubuntu 5.10 : : linux registered user #103613
hp pavilion dv4000

PESQUISE, depois PERGUNTE

Piras

  • Visitante
maior projeto de migração na área bancária no Mundo!
« Resposta #4 Online: 20 de Junho de 2006, 03:23 »
ars351,

O que você diz só confirma o que eu mesmo penso a respeito do software livre e de outros temas de interesse público: não há a menor coerência nos partidos políticos! O mesmo governo que favorece o software livre de um lado o sepulta de outro; é-se de esquerda num ministério e de direita num outro; uma secretaria combate a corrupção  e a outra a favorece; uma defende os direitos humanos, outra promove massacres...

O Estado de São Paulo avançou muito nestes últimos anos no campo da informatização e do "governo eletrônico". Em contrapartida, é um dos Estados onde menos se promove a adoção do software livre. Aliás, a Fundação Padre Anchieta, mantida de fato pelo Estado, acaba de fazer a TV Cultura migrar de volta para o Windows, duvido muito que por motivos técnicos.

Poucos países têm adotado políticas coerentes no campo do software livre. Na Espanha há pelo menos coerência na sua adoção pelo Poder Público: algumas das distribuições mais interessantes que têm surgido ultimamente são mantidas por governos regionais espanhóis. Uma delas é uma derivada do Ubuntu, o Guadalinex, mantida pela Comunidade (região) Autônoma da Andaluzia. E há a gnuLinEx, criada pela Junta (governo da Comunidade Autônoma) da Extremadura, que acaba de lançar a sua versão estável, fundada no Debian e cheia de novidades interessantes.

E o mais interessante é que estes sistemas têm sido amplamente difundidos na administração pública, sendo empregados nas escolas, telecentros e outros órgãos públicos. É de dar inveja!

Offline a13x

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 98
    • Ver perfil
maior projeto de migração na área bancária no Mundo!
« Resposta #5 Online: 20 de Junho de 2006, 19:10 »
é reconheço que eu não tenho nenhuma prova de que o PSDB é contra o SL
essa minha opinião eu adiquiri lendo br-linux.org, lá sempre tem uma notícia onde fala do governo do PSDB favorecendo o software proprietário (leia-se Microsoft) ao invéz do software livre.
um exemplo: http://br-linux.org/linux/node/3308 (leia os comentários que vc vai me entender)
falando exatamente do Estado de SP.

Piras

  • Visitante
maior projeto de migração na área bancária no Mundo!
« Resposta #6 Online: 20 de Junho de 2006, 23:08 »
Já conhecia esta notícia e sei que os principais defensores do software proprietário no partido estão exatamente em S. Paulo. Mas, não me parece suficiente para dizer que inverter a política de informática do governo federal seja uma certeza com o PSDB.

Se eu seguisse o mesmo raciocínio, poderia dizer que, devido às atividades de certos indivíduos, seria política do PT defender o caixa 2, ou melhor, "o dinheiro não contabilizado". Mas é preciso não confundir as coisas, você não acha?