Autor Tópico: Epson Stylus TX125  (Lida 32256 vezes)

Offline vinicius_aleao

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.275
    • Ver perfil
Re: Epson Stylus TX125
« Resposta #15 Online: 10 de Setembro de 2011, 23:31 »
Só funciona reiniciando, comigo foi a mesma coisa.

Offline rafaelsarilho

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 441
  • Não use drogas, use Linux!
    • Ver perfil
    • Google+
Re: Epson Stylus TX125
« Resposta #16 Online: 11 de Setembro de 2011, 20:54 »
Só funciona reiniciando, comigo foi a mesma coisa.
aqui não funciona :/
Até breve...  :D


Offline pazigrafio

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver perfil
    • Educação e Aprendizagem
Re: Epson Stylus TX125
« Resposta #17 Online: 06 de Fevereiro de 2012, 13:35 »
Olá amigos, eis os passos que segui para instalar essa impressora no Ubuntu 10.04:
1- baixei o drive específico para o modelo da impressora direto do site http://download.ebz.epson.net/dsc/search/01/search/searchModuleFromResult
;
2- tentei instalá-lo via comando dpkg -> # dpkg -i (nome do drive)
3- obtive erro de dependência, faltava instalar o programa lsb;
4- tentei um "apt-get intall lsb", ainda como root;
5- recebi informação de que não era possível instalar esse programa pois já tinha instalado o lsb-base;
6- tentei desinstalar o lsb-base via dpkg -> # dpkg -r lsb-base;
7- obtive informação de que esse pacote está correlacionado a dezenas de outros e removendo iria prejudicar a todos;
8- não muito conformado, tentei instalar a impressora via conjunto de drives que são disponibilizados diretamente, assim que conectamos a impressora ao computador;
9- depois de algumas tentativas, consegui 100% da funcionalidade da impressora usando o drive da TX110;

Para Scanner:
1- instalei os pacotes  iscan-data_1.13.0-1_all.deb e iscan_2.28.1-3.ltdl7_i386.deb (nesta sequência), baixados no site http://linux.avasys.jp/drivers/iscan/2.28.1/iscan_2.28.1-3_i386.deb
2- reinicializei  a imrpessora e o computador.

Enfim, depois de algumas dificuldades lá está ela, funcionando perfeitamente. É preciso dizer que, apesar das dificuldades de encontrar e de fazê-la funcionar, de as coisas não estarem "tudo prontinho", graças às indicações da comunidade, ou seja, de usuários que ao conseguirem resolver seus problemas fazem questão de postar o "como conseguiu", sempre há soluções para o Linux. Não desista dele rapidamente, o esforço vale a pena.
Ubuntu 10.4; Motherboard VS-G31-VA (VScom); Intel Core 2 Duo E7500 2.93ghz; 1 G memória DDR2; HD sata 320G; Vídeo e Áudio on-bord.