Autor Tópico: Depoimento de mais um ubuntero  (Lida 4424 vezes)

Offline Haldor

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver perfil
Depoimento de mais um ubuntero
« Online: 06 de Fevereiro de 2011, 14:44 »
Olá a todos,

Acho que tenho muita sorte(?). De uns tempos pra cá, desde que troquei de laptop andei meio grilado com algumas coisas bizarras que andavam acontecendo no Win7. A principio eu até que curti, achei leve, facil e simples. Mas logo apos alguns tempos de uso, sem entrar em absolutamente nenhum site dito suspeito, mesmo assim ele foi infectado por Trojans, virus e malware.

Entao a minha solução natural foi: vou trocar essa titica! Eu havia mexido com o RedHat 7 e Debian nos meus bons tempos de faculdade então dei trela pro Linux. Mas, ao mesmo tempo eu tenho meus trabalhos da pos e não podia perder muito tempo com isso, tinha que ser uma mudança ágil. Não me entendam mal: eu não vejo problema algum em fuçar um sistema para sanar os problemas. Ainda acho que o grande diferencial do Linux é te dar liberdade TOTAL em resolver os problemas à sua maneira, do seu jeito.

Mas ainda assim eu tinha pouco tempo. Tenho prazos a cumprir e coisas para fazer. Então peguei "esse tal de Ubuntu". E, caras, foi minha melhor experiência Linux que eu tive! Ele reconheceu absolutamente tudo! Não tive que fazer absolutamente nada. Restaurei meus arquivos pessoais em um usuário padrão e tive uma ótima experiência com o repositório de programas do Ubuntu. Pude instalar, por exemplo, o PostgreSQL rapidamente usando o Launchpad.

Fui radical, por necessidade. Sem essa de dual boot. Expurguei o Windows da minha maquina e não pretendo voltar pra ele nunca mais.

Me empolguei tanto com isso que estou escrevendo esse depoimento e, pela primeira vez, faço parte de uma comunidade virtual relacionado a um SO. Espero poder ajudar e trocar informações sobre esta que, para mim, foi a distro mais amigável com que trabalhei. Isso otimizou meu tempo e posso dedicar muito mais tempo ao meu trabalho.

Obrigado à comunidade deste forum por dispor este espaço para compartilhar minhas ótimas impressões sobre o Ubuntu.

Um grande abraço a todos!

Offline Ioca100

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.848
  • Rio,Brasil
    • Ver perfil
Re: Depoimento de mais um ubuntero
« Resposta #1 Online: 06 de Fevereiro de 2011, 15:32 »
Bem-vindo ao fórum e boa sorte!
Eu também praticamente não uso Windows, que tenho instalado virtualmente.
Usuário Linux- 449417

Offline velox256

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.915
  • Debian é Debian... :)
    • Ver perfil
    • Linux Inside
Re: Depoimento de mais um ubuntero
« Resposta #2 Online: 06 de Fevereiro de 2011, 15:38 »
Espero sinceramente que esta frase seja verdadeira, é muito comum em uma primeira instância de alegria e tal o usuário falar isso e depois ter que voltar ao Windows por uma razão ou outra... Abrir mão de certas coisas apenas pra dizer que usa Linux não é uma coisa "inteligente"...


Olá a todos,

Fui radical, por necessidade. Sem essa de dual boot. Expurguei o Windows da minha maquina e não pretendo voltar pra ele nunca mais.
Computador perereca, com disco perereca, monitor perereca e sistema super xuxu. Visitem a minha página em http://sidserra.k6.com.br ou meu blog em http://sidserra.blogspot.com.br.

Offline Haldor

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver perfil
Re: Depoimento de mais um ubuntero
« Resposta #3 Online: 06 de Fevereiro de 2011, 16:09 »
Citar
Espero sinceramente que esta frase seja verdadeira, é muito comum em uma primeira instância de alegria e tal o usuário falar isso e depois ter que voltar ao Windows por uma razão ou outra... Abrir mão de certas coisas apenas pra dizer que usa Linux não é uma coisa "inteligente"...

Concordo. Mas veja no meu caso,eu tenho trabalhado em projetos de bancos de dados geográficos e, por pura opção, usava exclusivamente software livre para o desenvolvimento do banco e manipulação dos dados, dentro do proprio windows. Creio que não abri mão de nada. Não posso me culpar por ser entusiasta de utilizar software livre (mesmo quando utilizava o Windows). Então, acho que tudo com que venho trabalhando depende bem mais de software livre do que algo proprietário. Meus jogos eu deixo para o XBOX e não deixo de jogá-lo só porque ele é da Microsoft, por exemplo. E não abro mão dele tampouco.

Eu apenas pulei o passo de coexistir com o Windows em um período de "transição". Claro, passei por isso em um outro computador com outra distro (o Debian), pelo fato de que alguns componentes nao foram reconhecidos. E, nisso, o Ubuntu 10.10 não me deu problema algum.

Então, eu espero que minha frase seja verdadeira para outras pessoas também.
« Última modificação: 06 de Fevereiro de 2011, 16:16 por Haldor »