Autor Tópico: Estou envelhecendo...  (Lida 10280 vezes)

Offline linuser104

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 838
    • Ver perfil
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #15 Online: 05 de Julho de 2011, 20:13 »
Eu entendo o desabafo...
Por um lado, vejo que existe um problema específico com a interface. Nesse ponto, não adianta brigar, é uma questão de gosto. Toda interface evolui, Mac e windows também mudam, é inevitável.
Quem nunca trabalhou com dock fica um pouco confuso no começo, mas depois fica superprático. Eu já usava uma dock lateral substituindo a barra inferior do gnome a pelo menos 2 anos, e no começo pode ser estranho, mas hj só preciso de uma espiadinha pra saber tudo o que está rodando, sem confusão de janelas abertas, nem mesmo várias áreas de trabalho eu uso mais. E, ao contrário de vc, eu a-do-ro a fonte Ubuntu. Uso em tudo! Como disse, uma questão de gosto :)
Mas quanto a instabilidade e os programas, concordo plenamente! Sinto que do 10.04 (lucid) pro 11.04 (Natty) houve um retrocesso. Travamentos são frequentes, telas pretas, erros quando maximizo/minimizo janelas, programas que fecham sem mais nem menos - o amarok não reconhece boa parte das minhas músicas (tanto que desisti de usá-lo), o empathy não envia algumas mensagens. Já formatei meu note umas 3 vezes desde que passei pro 11.04, e cada vez que formatei, pelo menos uma vez deu erro de instalação e tive que começar tudo de novo. Um inferno!
Essa semana, depois de um travamento do gtkpod que acabou não passando uns bons 10 discos copiados, ainda tive que ouvir outra pessoa dizer: "Claro, vc insiste em usar essa m*rda de sistema..." E ainda tive que ficar quieta, afinal, nem o windows vista que eu tinha antes travava desse jeito...
Apenas um desabafo... adoro o ubuntu e torço pra que o oncelot chegue com os problemas resolvidos.

Uma vez estava testando aqui numa máquina virtual um distribuição linux com KDE e o amarok não estava reconhecendo todas as músicas. Percebi que as que eram exibidas estavam com a permissão de execução marcada e nas outras músicas não, então foi só marcá-las para execução, nas permissões, que o amarok passou a reconhecê-las.
Linux = Quem realmente gosta de computador; Mac = Artista Digital; Windows = A maioria que votou no Tiririca [pior que tá não fica].

Offline linuser104

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 838
    • Ver perfil
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #16 Online: 05 de Julho de 2011, 20:24 »
agora ainda insisto na observação de que haja sim uma diferença entre os projetos voltados para notebook's e desktops e os mais novos... tablets, smarthphones, netbooks, etc.

Ola JoaoDamasceno.ufc

Aí é que está o problema. Mais uns anos e não vai haver esta diferença.

Veja nas noticias do ultimo CES, onde a convergencia para telas de toque deverá se tornar o novo padrão para notebooks e desktops.

A ideia dos "all-in-one" deverá ser a salvação,ou sobrevivencia dos desktops. Os preços lá fora, de notebooks chegaram quase ao valor dos desks. E aparentemente os habitantes do Japão e EUA não querem mais ter uma "caixa" ao lado do monitor, com fios para mouse e teclado.

Sem falar dos "media centers", onde os fabricantes de tv já estão invadindo o nicho, com aparelhos que fazem quase tudo, de mostrar os canais a fritar ovos. Eu jamais poderia imaginar que um dia compraria uma tv com wi-fi embutido, tomadas USB, e codecs de som e video e entrada para ligar computador/media center.

Em minha visão de um futuro proximo, não haverá mais desktops e notebooks, e sim "all-in-one" para usar em casa e notebooks/tables (ou hibridos) com telas touch para usar na rua.

Isto tudo sem falar dos sensores de movimento, que devem estourar até o natal, para concorrer com o da Microsoft, que liberou os sdk para desenvolvimento de aplicativos.( E já tem projetos em andamento para o uso no pinguim )

[]'s

Não vejo assim muito não, ou seja, que os notebooks serão todos do tipo touch, pois para mim touch como nos tablets é para consumo de conteúdo, principalmente mídias digitais (multimídia), mas para produtividade, notebooks e desktops ainda terão seu lugar ao sol por muito tempo ou alguém aqui se imagina escrevendo um extenso artigo de texto ou uma planilha complexa, etc, num tela de toque num pequeno monitor que mais parece um livro.
Linux = Quem realmente gosta de computador; Mac = Artista Digital; Windows = A maioria que votou no Tiririca [pior que tá não fica].

Offline Tota

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 14.982
    • Ver perfil
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #17 Online: 05 de Julho de 2011, 21:05 »
Não vejo assim muito não, ou seja, que os notebooks serão todos do tipo touch, pois para mim touch como nos tablets é para consumo de conteúdo, principalmente mídias digitais (multimídia), mas para produtividade, notebooks e desktops ainda terão seu lugar ao sol por muito tempo ou alguém aqui se imagina escrevendo um extenso artigo de texto ou uma planilha complexa, etc, num tela de toque num pequeno monitor que mais parece um livro.

Ola

Minha convergencia para desk é assim: um "all-in-one", umas 29 polegadas, tela touch, teclado sem fio (touch pad multimidia incluso no teclado) como Mac, HP, Positivo por ex. já ensaiam. Se precisar de teclado ele estará ali, mas se quiser faça tudo com gestos (na tela ou a distancia com por ex. o knetic )

que foi o que tentei expressar na mensagem anterior.

Há de se concordar que já é possivel hoje uma maquina assim. a tecnologia já está disponível.

Estou ansioso com o lançamento do Mac OS Lion este mês. Muito curioso com a receptividade que vai se manifestar na comunidade Mac e no restante a respeito do "unity for mac". ( é quase um clone do gnome3, pelo menos nas imagens)

O Ubuntu saiu na frente, eu sou um dos que não gosta muito do Unity, e provavelmente vou ter que "engolir a lingua" se aprovarem o Lion, pois em uns dois meses depois teremos plugins para o unity para ficar do jeitão do que fizer sucesso. E, claro, a microsoft espera para incorporar o sucesso nos produtos dela.

[]'s

Offline evil_queen

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 160
    • Ver perfil
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #18 Online: 05 de Julho de 2011, 21:55 »
Não vejo assim muito não, ou seja, que os notebooks serão todos do tipo touch, pois para mim touch como nos tablets é para consumo de conteúdo, principalmente mídias digitais (multimídia), mas para produtividade, notebooks e desktops ainda terão seu lugar ao sol por muito tempo ou alguém aqui se imagina escrevendo um extenso artigo de texto ou uma planilha complexa, etc, num tela de toque num pequeno monitor que mais parece um livro.
Mas os notebooks touch continuam tendo teclado, são iguais. Vc só dispensa o mouse, que é um dispositivo que muita gente detesta e da tendinite rsrsrs
Pelo menos os notes HP são assim. Os iMac também. voce só troca os cliques por toques na tela.

Qto ao lançamento do Lion, também estou curiosa. A receptividade vai ser ótima, pq qquer coisa que a apple lança vira febre. Eles tem um marketing muito bem trabalhado, algo que falta ao software livre.
Também achei o lion um tanto parecido com o gnome shell. Já o windows 8 não me agradou muito o que vi até agora.
« Última modificação: 05 de Julho de 2011, 21:59 por evil_queen »

Offline cello73

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 37
    • Ver perfil
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #19 Online: 07 de Julho de 2011, 08:31 »
Cello, de fato houve uma modernização sim, não há dúvida de que instalar internet há alguns anos atrás era horrível sim... e tem também outras coisas, como fazer cópias de CD's, DVD's que melhorou e muito assim como o reconhecimento de impressoras que antigamente se mostrava uma das piores configurações do Linux.
O que me refiro com certo "desgosto" é ver que tem muita coisa que é "boba", que não tem esse efeito que tanto querem demonstrar que tem. Digo isso porque quando instalo um sistema operacional qualquer, sou desses que fica mexendo em tuuuudo, modifico interface, abro tudo que é programa, instalo e desinstalo programas, enfim, fico nessa me mexer pra valer, e sendo assim, não vejo nada de tão expressivo nesses Unity e Gnome 3 e acredito plenamente que muito mais eles fariam se corrigissem os (relativamente poucos) bugs que ainda existem no Gnome 2.32.xx.. e o implementassem com alguns plugins, bem como o próprio Ubuntu que eles poderiam e deveriam modificar em caráter de urgência, a Central de Programas (que é interessante sim, porém, ainda muito pobre).

Obs. Fico pensando que "maravilha" virá com o Ubuntu 11.10 sem o Synaptic !!!!

Mas nesse caso meu caro amigo, não seria interessante você ter uma distribuição "oficial" e estável em sua máquina e para os testes instalar outras versões ou distribuições em dual boot ou via máquina virtual ? (virtual box)

Tenho também a mesma "coceira" sua em fuçar as coisas...mas prefiro fazer desta maneira, instalando em máquinas virtuais e quando muito em dualboot....mas mantenho a minha distribuição e versão oficiais intocadas...para evitar esse tipo de problema.

É só uma sugestão...

Paulo Correa

  • Visitante
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #20 Online: 07 de Julho de 2011, 10:01 »
Eu possuo uma maquina própria para testes, já fucei o Fedora 15 trocentas  vezes nela e acabo tirando em pouco tempo.

Offline 13S13

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 0
    • Ver perfil
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #21 Online: 07 de Julho de 2011, 10:41 »
Acho estranho tantas pessoas acharem normal um desktop ser obrigado a se comportar como um smartphone. Numa rápida consulta aos meus colegas (todos estão usando Ubuntu no "modo clássico"), verifiquei algumas opiniões:
1) Unity não serve para escritório, tampouco para desenvolvedores
2) Mudanças são boas, quando agregam valor. Nenhum valor está sendo agregado nas novas versões do Ubuntu.
3) Usar uma tela de toque para substituir o mouse causará maior incidência de casos de DORT/LER. Tente imaginar como será a posição para operar o dispositivo. Usar uma tela de toque durante alguns minutos é bacana. Experimente usar durante 2 ou 3 horas.
4) Ninguém sabe quem são os ditos "novos usuários" que preferem a instabilidade e o engessamento do Unity ao invés da leveza e personalização do gnome shell. O mesmo pode ser dito da Central de Programas. Na primeira vez que não for possível instalar um programa pela quebra dos pacotes, como será que o "usuário comum" irá fazer?
5) Os caminhos para as customizações que outrora eram tranquilas, ficaram complexas.
6) Opções para substituir o Ubuntu estão sendo discutidas (lol).

O pior foi ouvir que "pelo menos no windows eu posso ocultar a barra de tarefas ou escolher onde ela deve aparecer...."

Restringir as opções do usuário pela pressuposta incompetência para decidir o que ele deve usar não o torna melhor.

13S13


Paulo Correa

  • Visitante
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #22 Online: 07 de Julho de 2011, 11:24 »
Sei também que como outros usuários dizem há como ir se adaptando a novas tendências evoluídas da informática, como o Tota mencionou, porém pergunto e o usuário que não tem como ter as parafernálias para se atualizar, continuar como eu tendo seus desktops simples e de humilde configuração, o que fazer?

Nesse caso, se os sistemas operacionais evoluírem para o uso do toque de tela, extinção do mouse, e blá, blá, blá, espero que isso não aconteça, pois iria voltar a época que apenas pessoas mais abastadas tinham PCs em casa.

Por exemplo eu, não trocaria meus desks por esses futuristas aí, uso desktops para trabalho e vamos imaginar juntos: Pessoas vindo ao cyber, comendo pipocas gordurosas e tocando na tela touch screen, seria hilario, não?

Apenas descontraindo! (kakak)   

Offline rodrigo.miguel

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 720
    • Ver perfil
    • LinuxUserVlog
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #23 Online: 07 de Julho de 2011, 11:54 »
Acho estranho tantas pessoas acharem normal um desktop ser obrigado a se comportar como um smartphone. Numa rápida consulta aos meus colegas (todos estão usando Ubuntu no "modo clássico"), verifiquei algumas opiniões:
1) Unity não serve para escritório, tampouco para desenvolvedores
2) Mudanças são boas, quando agregam valor. Nenhum valor está sendo agregado nas novas versões do Ubuntu.
3) Usar uma tela de toque para substituir o mouse causará maior incidência de casos de DORT/LER. Tente imaginar como será a posição para operar o dispositivo. Usar uma tela de toque durante alguns minutos é bacana. Experimente usar durante 2 ou 3 horas.
4) Ninguém sabe quem são os ditos "novos usuários" que preferem a instabilidade e o engessamento do Unity ao invés da leveza e personalização do gnome shell. O mesmo pode ser dito da Central de Programas. Na primeira vez que não for possível instalar um programa pela quebra dos pacotes, como será que o "usuário comum" irá fazer?
5) Os caminhos para as customizações que outrora eram tranquilas, ficaram complexas.
6) Opções para substituir o Ubuntu estão sendo discutidas (lol).

O pior foi ouvir que "pelo menos no windows eu posso ocultar a barra de tarefas ou escolher onde ela deve aparecer...."

Restringir as opções do usuário pela pressuposta incompetência para decidir o que ele deve usar não o torna melhor.

13S13

Não há abandono do mouse. Mas os sistemas deixam de estar presos a ele, deixam de ser construídos somente sobre a lógica de funcionamento do mouse...

É uma tendência geral, não só do Ubuntu. Vide GNOME 3, Mandriva 2011...

Eu creio que agora está ruim sim (e não é só o Unity não...). Mas vai melhorar... :)
« Última modificação: 07 de Julho de 2011, 11:59 por rodrigo.miguel »

Offline rodrigo.miguel

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 720
    • Ver perfil
    • LinuxUserVlog
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #24 Online: 07 de Julho de 2011, 12:57 »
Na primeira vez que não for possível instalar um programa pela quebra dos pacotes, como será que o "usuário comum" irá fazer?

Nossa!  :o

Falando assim até parece que removeram o Synaptic dos repositórios...

Offline bitetti

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 103
  • Spartans to night we dinner with Mickey Mouse!!!
    • Ver perfil
    • Wild Witch Project
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #25 Online: 07 de Julho de 2011, 13:05 »
Olha, cheguei a pegar a época que o povo evitava e mal dizia de trocar o win98 pelo XP. Essas migrações são inevitaveis mesmo que não desejadas.
 

Offline arthuraccioly

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 25
    • Ver perfil
Re: Estou envelhecendo...
« Resposta #26 Online: 11 de Julho de 2011, 12:59 »
O Unity é diferente, mas muito fácil de se adaptar. Já consegui me acostumar com um par de semanas "catucando" nele.

Enquanto ao visual, realmente é um pouco mais requintado e "cheio de frescurites", hehhehhe. Mas graças a Alá que hoje até as placas de vídeo onboard vem com uma razoável aceleração 3D.

O Ubuntu 11.04 aqui não deu pau, instalou perfeito (só deu uma bronquinha com a resolução da tela do GRUB, mas a configuração era fácil).

Estou acreditando nessa interface voltada para a praticidade e eficiência, sem capar o sistema dos recursos mais direcionados para os Power Users, ou desenvolvedores.

Nós, meros mortais, podemos facilmente nos adaptar a este Pinguinzinho simpático, o Natty. Gente boa esse rapaz...!