Autor Tópico: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças  (Lida 10564 vezes)

Offline platao

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 5.052
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #15 Online: 31 de Outubro de 2011, 23:58 »
Ola, para mim foi tramquilo a migração de interface, 1 semana e ja tinha me adaptado.
\\\\\\\\Apostilas Dicas e Guias do Ubuntu\\\\\\\\\> http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,79368.msg440997.html#msg440997

Offline BrunoPT

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 222
    • Ver perfil
    • Site Pessoal
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #16 Online: 01 de Novembro de 2011, 10:47 »
O Unity não é mau mas o Gnome-Shell é melhor

Offline Adriano R.N.

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.095
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #17 Online: 01 de Novembro de 2011, 16:13 »
O incrível é ver as pessoas querendo comparar funcionalidades disponíveis no gnome 2x que tem anos de caminhada, com o unity ou gnome 3 que estão nascendo.

Não tenho dúvidas que em breve teremos processo de customizações para os dois shell, no entanto, não é o momento, o melhor agora é a busca por estabilidade e eventuais adaptações.

Estou com o xubuntu 11.10 e não tem um formatador de pendrive fácil igual ao ubuntu 11.04 e anteriores, onde bastava usar o botão direito, ou seja, mesmo com o tempo de desenvolvimento do xfce, ainda não tem algo tão simples. O xfce é ruim por isso?? No meu entendimento não.

Quanto a personalizar e ativar efeitos do compiz nas versões anteriores, nunca foi algo tão intuitivo assim. Sempre tive que instalar avant-window-navigator ou cairo-dock / fusion-icon / emerald / compizconfig-settings-manager / compiz-fusion-plugins-extra / ir em Sistema> Preferência> Aparência> aba efeitos> ativar / depois tinha ir em Sistema> Preferência> gerenciador do compiz> ativar e desativar efeitos e ainda tinha os eternos conflitos do compiz, ativamos um recurso e ele desabita outro.

A intuitividade só existia porque nos acostumamos com os passos anteriores. Não estou dizendo que era ruim, apenas me condicionei a aprender  o novo, foi uma escolha entre resistir ou me permitir.

O grande barato de tudo isso é ver camaradas do mundo linux resistentes as mudanças do kde 3 para 4 / gnome 2 para 3 / unity e ao mesmo tempo leio em vários lugares gente que reclama que os usuários do windows não migram para o pinguim porque "não querem aprender, são preguiçosos, acomodados, ou" (essa foi a pior) "se mudar a cor do capim o burro morre de fome...". Toda mudança gera resistência.

Por mim que venham as mudanças, o principal é que a variedade de opções continue existindo. Com isso sempre terei escolhas a fazer.
Boa sorte e Muito AXÉ!!!

clodoaldops

  • Visitante
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #18 Online: 01 de Novembro de 2011, 17:37 »
Unity no 11.10 tá xou de bola.
Gnome-Shell no 11.10 tá xou de bola.
Kde4.7 no kubuntu11.10 tá xou de bola.
Resumindo: Ubuntu e Kubuntu estão muito bons, bem melhores que a versão 11.04.

Offline hugoleal85

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 509
    • Ver perfil
    • Recanto do Tux
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #19 Online: 01 de Novembro de 2011, 19:45 »
O incrível é ver as pessoas querendo comparar funcionalidades disponíveis no gnome 2x que tem anos de caminhada, com o unity ou gnome 3 que estão nascendo.

Não tenho dúvidas que em breve teremos processo de customizações para os dois shell, no entanto, não é o momento, o melhor agora é a busca por estabilidade e eventuais adaptações.

Estou com o xubuntu 11.10 e não tem um formatador de pendrive fácil igual ao ubuntu 11.04 e anteriores, onde bastava usar o botão direito, ou seja, mesmo com o tempo de desenvolvimento do xfce, ainda não tem algo tão simples. O xfce é ruim por isso?? No meu entendimento não.

Quanto a personalizar e ativar efeitos do compiz nas versões anteriores, nunca foi algo tão intuitivo assim. Sempre tive que instalar avant-window-navigator ou cairo-dock / fusion-icon / emerald / compizconfig-settings-manager / compiz-fusion-plugins-extra / ir em Sistema> Preferência> Aparência> aba efeitos> ativar / depois tinha ir em Sistema> Preferência> gerenciador do compiz> ativar e desativar efeitos e ainda tinha os eternos conflitos do compiz, ativamos um recurso e ele desabita outro.

A intuitividade só existia porque nos acostumamos com os passos anteriores. Não estou dizendo que era ruim, apenas me condicionei a aprender  o novo, foi uma escolha entre resistir ou me permitir.

O grande barato de tudo isso é ver camaradas do mundo linux resistentes as mudanças do kde 3 para 4 / gnome 2 para 3 / unity e ao mesmo tempo leio em vários lugares gente que reclama que os usuários do windows não migram para o pinguim porque "não querem aprender, são preguiçosos, acomodados, ou" (essa foi a pior) "se mudar a cor do capim o burro morre de fome...". Toda mudança gera resistência.

Por mim que venham as mudanças, o principal é que a variedade de opções continue existindo. Com isso sempre terei escolhas a fazer.


Concordo plenamente com o colega, com apenas um porém; no momento acho o Gnome-shell mais completo e estável que o Unity. Em minha humilde opinião ambas as interfaces gráficas são muito boas. Obviamente, devido ao pouco tempo de desenvolvimento, ainda precisam de ajustes, mas ambas têm grande potencial.
"Cada homem que encontro é superior a mim em alguma coisa; e nisto posso aprender dele." [Ralph W. Emerson]
Meu blog

Offline Henrique1977

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 236
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #20 Online: 03 de Novembro de 2011, 02:07 »
O incrível é ver as pessoas querendo comparar funcionalidades disponíveis no gnome 2x que tem anos de caminhada, com o unity ou gnome 3 que estão nascendo.

Não tenho dúvidas que em breve teremos processo de customizações para os dois shell, no entanto, não é o momento, o melhor agora é a busca por estabilidade e eventuais adaptações.

Estou com o xubuntu 11.10 e não tem um formatador de pendrive fácil igual ao ubuntu 11.04 e anteriores, onde bastava usar o botão direito, ou seja, mesmo com o tempo de desenvolvimento do xfce, ainda não tem algo tão simples. O xfce é ruim por isso?? No meu entendimento não.

Quanto a personalizar e ativar efeitos do compiz nas versões anteriores, nunca foi algo tão intuitivo assim. Sempre tive que instalar avant-window-navigator ou cairo-dock / fusion-icon / emerald / compizconfig-settings-manager / compiz-fusion-plugins-extra / ir em Sistema> Preferência> Aparência> aba efeitos> ativar / depois tinha ir em Sistema> Preferência> gerenciador do compiz> ativar e desativar efeitos e ainda tinha os eternos conflitos do compiz, ativamos um recurso e ele desabita outro.

A intuitividade só existia porque nos acostumamos com os passos anteriores. Não estou dizendo que era ruim, apenas me condicionei a aprender  o novo, foi uma escolha entre resistir ou me permitir.

O grande barato de tudo isso é ver camaradas do mundo linux resistentes as mudanças do kde 3 para 4 / gnome 2 para 3 / unity e ao mesmo tempo leio em vários lugares gente que reclama que os usuários do windows não migram para o pinguim porque "não querem aprender, são preguiçosos, acomodados, ou" (essa foi a pior) "se mudar a cor do capim o burro morre de fome...". Toda mudança gera resistência.

Por mim que venham as mudanças, o principal é que a variedade de opções continue existindo. Com isso sempre terei escolhas a fazer.
Concordo  plenamente.  Que  ironia:  usuários  linux  reclamando  da  resistência  às  mudanças  de  usuários  windows,  e  quando  há  mudanças  no  linux  os  próprios  usuários  de  linux  resistindo  às  mudanças.  Não  adianta  nada  falar  que  usuários  windows resistem  a  mudar  de  sistema  operacional  pois  não  querem  o  novo,  se  aqui  mesmo  no  mundo  linux  não  houver  uma  coerência  entre a   teoria  e  a  prática  de  certos  usuários,  e  não  estou  a  me  referir  a  todos  os  usuários.
Não  sei  se  me  expressei  bem,  mas  fiz  o  melhor  que  pude.  Se  não  tiver  me  expressado  bem,  ou  se  tiver  sido  infeliz  em  minhas  colocações  me  desculpem.
"O Estado não é a solução, é o problema.  Ronald Reagan"
Você  que  é  iniciante  não  esqueça  de  ler  isso:  http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,90314.0.html

Offline HerrSchafer

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 135
  • Sempre aprendendo... isso evita o Alzhimmer!
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #21 Online: 03 de Novembro de 2011, 06:42 »
O grande barato de tudo isso é ver camaradas do mundo linux resistentes as mudanças do kde 3 para 4 / gnome 2 para 3 / unity e ao mesmo tempo leio em vários lugares gente que reclama que os usuários do windows não migram para o pinguim porque "não querem aprender, são preguiçosos, acomodados, ou" (essa foi a pior) "se mudar a cor do capim o burro morre de fome...". Toda mudança gera resistência.

huashaushuashuahsuashua.....
Foi a mesma coisa quando colocaram os botões das janelas do lado esquerdo: "absurdo!", "não é prático", "bla bla bla".
Segundo especialistas, o mal de Alzheimer (doença degenerativa do cérebro), pode ser evitado (ou adiado) pelo simples fato de aprender coisas novas; segundo eles, estes estímulos às conexões neurais pode sim ser uma poderosa vacina. Confesso que o Unity fez com que eu garantisse mais uma boa dose de anti-Alzheimer.

Enfim, o bebê Unity ainda está engatinhando...
Notebook HP Pavilion g4 Ubuntu 13.04
Intel(R) Core(TM) i3 CPU M 370 @ 2.40GHz
3GB ram 500 GB hd (ext4 tunado... tks galactus!)

Offline Davidr

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 57
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #22 Online: 03 de Novembro de 2011, 10:18 »
Eu gostei do Unity, está se saindo bem no meu notebook, que tem uma placa mãe.. SIS672, e olha que já tenho ele desde 2008. Já uso o Ubuntu desde a versão 10.10 e até agora só vejo melhoras. Se eu tivesse que aguentar o gnome fallback aí sim eu iria considerar mudar no mínimo de interface gráfica, pois o GNOME Shell não roda aqui de jeito nenhum, enquanto que o Unity 2D está tranquilo.

Eu acho que deveriamos apoiar o Unity(mesmo com sugestões e críticas construtivas), uma vez que eles foi projetado para atrair novos usuários, acredito que o caminho é por aí, a possibilidade de customização deve chegar em breve, mas primeiro ele deve ficar estável o suficiente para a próxima fase.

Não esquecer que o GNOME foi o primeiro a inventar a "moda", muitos também não gostaram(eu nem pude usar), então nesse caso não se pode jogar pedras apenas nos desenvolvedores do Ubuntu, eles entenderam que poderiam fazer melhor e correram atrás.

Offline clcampos

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 10.790
  • .:: User Linux #439596 ::.
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #23 Online: 03 de Novembro de 2011, 10:29 »
Desde ontem estou usando (instalado) o 11.10, primeira versão com Unity no meu note! Posso dizer que achei até legal o Unity e o gnome-shell, mas estou apanhando muito.

É evidente que eu vá apanhar, isso porque estou acostumado com o gnome2, mas estou usando o Unity como principal para me acostumar a ele, e devagar vai indo.

Se fossem me perguntar eu iria querer continuar no gnome clássico, mas temos que "evoluir". O que posso dizer até aqui é que esta ótimo, minha máquina esta muito rápida e olha que ontem troquei meu HD, de 320Gb 7200 rpm, por um novo, com 750Gb 5400 rpm.

Vou brincando aqui e reaprendendo com o fórum.
Cristiano/Timóteo - MG
.: Como Fazer Perguntas de Forma Inteligente :.                
Com dúvida? pesquise!

Offline Adriano R.N.

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.095
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #24 Online: 03 de Novembro de 2011, 14:35 »
Ontem instalei novamente o ubuntu 11.10 com unity-3d, usei o básico de aplicativos, codecs e plugins. Estava tudo relativamente bem até eu mexer no compiz  ;D
Deu um conflito medonho que nem com o comando "unity --reset" resolveu.
Aproveitei o problema e instalei o gnome-shell, removi unity+compiz e pela primeira vez o gnome-shell ficou bom em meu netbook, mandei o awn na lateral esquerda com uma dúzia de aplicativos, agora só falta o menu global :'( para ficar perfeito.
O Unity-2d aparentemente continua lá, como sei que ele funciona bem não fiz questão de retirá-lo.
A Canonical precisa pensar se mantém essa relação com o compiz, acredito que sem ele boa parte dos problemas seriam resolvidos, mesmo que inicialmente tivéssemos menos recursos.
Boa sorte e Muito AXÉ!!!

Offline Leonardo C

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 279
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #25 Online: 03 de Novembro de 2011, 23:54 »
Isso do Compiz realmente é algo a se pensar.

Offline rhuan 261

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 141
  • Para todo débito existe um crédito de igual valor.
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #26 Online: 04 de Novembro de 2011, 14:51 »
Eu sinceramente não tenho o que reclamar da unity atendia todas as minhas necessidades, entendo que, para quem gosta de configurar TUDO ou quase tudo no pc, tende a criticar a unity.

Eu vi isso hoje:
http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2011/11/desenvolvedores-do-ubuntu-justificam-problemas-da-interface-unity.html
É Iniciante??????????????????
Leia isto Primeiro

Offline Leonardo C

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 279
    • Ver perfil
Re: O Unity não é nenhum bicho de 7 cabeças
« Resposta #27 Online: 04 de Novembro de 2011, 18:48 »
Fiquei bem mais tranquilo agora.