Autor Tópico: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?  (Lida 18276 vezes)

Offline Josue Carrecon

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 114
    • Ver perfil
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #15 Online: 01 de Novembro de 2011, 08:20 »
Ueh, mas e aquele negocio de validação do seven via bios, caiu, ou BIOS eh  como os definição que os malas aqui da Bicho Ignorante Operando o Sistema.

Offline BrunoPT

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 222
    • Ver perfil
    • Site Pessoal
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #16 Online: 01 de Novembro de 2011, 08:43 »
Parece que vou ter que começar a comprar Computadores Portáteis em lojas como a System76...

Offline Josue Carrecon

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 114
    • Ver perfil
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #17 Online: 01 de Novembro de 2011, 13:50 »
Ueh no seven jah não existe trava pela BIOS, ou coisa parecida.

Linaangel

  • Visitante
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #18 Online: 01 de Novembro de 2011, 17:12 »
Olá Moçada!
Fazendo + uma pesquisa, acabo de saber que a Free Software Foundation lançou uma campanha online, voltada aos que produzem computadores, com a intenção de convencer as empresas de ativar o Secure Boot nas maquinas mas sem limitações, permitindo aos consumidores finais a opção de poder instalar um Open-Source.

Achei isso neste site:
http://notebookitalia.it/windows-8-e-secure-boot-e-polemica-13071

Quem quiser aderir à campanha:
http://www.fsf.org/campaigns/secure-boot-vs-restricted-boot/

abs, la ;)

Linaangel

  • Visitante
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #19 Online: 01 de Novembro de 2011, 23:40 »
Achei + esta noticia (in englishhhhhh.....mas o principal, dá p/ entender):

http://www.pcworld.com/businesscenter/article/242865/linux_foundation_secure_boot_need_not_be_a_problem.html

Abs, La

Offline Davidr

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 57
    • Ver perfil
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #20 Online: 05 de Novembro de 2011, 14:51 »
Acho que isso não vai dar em nada, basta tentarem vender o Windows em países onde a lei antitrust é coisa séria, simplesmente o produto será barrado, basta que seja comprovado que a lei foi infringida. O Windows não pode dificultar a instalação de outro sistemas operacionais.

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Secure Boot do Windows: Muito Barulho por Nada?
« Resposta #21 Online: 05 de Novembro de 2011, 18:37 »
“Much ado about nothing”

“Muito barulho por nada”, em tradução literal, é o significado do tema do editorial desta edição, que também é título da comédia do Bardo de Avon, William Shakespeare (1564–1616). A mesma expressão poderia ser usada para descrever a nova celeuma criada em torno de um recurso que considero muito bem-vindo a qualquer sistema que tem a pretensão de manter um nível mínimo de segurança, e ao qual a Microsoft recentemente declarou suportar oficialmente a partir da próxima versão do Windows®.
Resumo da ópera: os PCs e notebooks passariam a poder bloquear a inicialização do Linux ou de qualquer outro sistema operacional, caso o Windows 8 estivesse instalado nesse hardware anteriormente. O responsável pelo bloqueio seria o recurso Secure Boot do firmware UEFI (Unified  Extensible Firmware Interface), doravante disponível por padrão em todos os computadores de arquitetura Intel. Assim, de acordo com a versão 2.3.1 da especificação UEFI, publicada em 06 de abril deste ano, caso o recurso Secure Boot esteja ativado, o firmware UEFI permitirá apenas a  inicialização de sistemas operacionais que disponham de uma assinatura digital válida, seja ela proveniente do fabricante da placa-mãe ou do firmware UEFI, e que ficaria armazenada em um banco de dados especial.
Que ninguém se engane: a ideia é boa para todo mundo, pois aumenta o nível de segurança dos sistemas e torna mais difícil contornar os mecanismos de proteção de qualquer sistema operacional. Mesmo que esses mecanismos estejam configurados do modo mais seguro possível, se um vírus infectar o setor de boot e carregar um aplicativo malicioso na memória, poderá tranquilamente desativar qualquer configuração de segurança implementada. Caso o computador só inicie gerenciadores de inicialização, sistemas operacionais ou hypervisors de fontes confiáveis, não é mais possível manipular esses sistemas e contornar suas configurações de segurança.
Para iniciar o Linux em uma máquina equipada com esse tipo de mecanismo de segurança, tanto o gerenciador de boot quanto o kernel precisariam ser assinados com uma chave privada, e a chave pública deveria estar disponível no banco de dados do fabricante da placa-mãe, em um esquema mais ou menos semelhante ao que ocorre hoje com os navegadores de Internet. Esses fabricantes provavelmente não terão nenhum problema em armazenar as chaves públicas de sistemas Linux
comerciais, como os da Red Hat, Oracle, SUSE ou Canonical. Para projetos comunitários, tais como Debian, Fedora etc, é improvável que os fabricantes de hardware disponibilizem as chaves públicas dessas distribuições. Para esses casos, entretanto, a especificação publicada pela UEFI prevê a solicitação de senha no item 5 do seu parágrafo 27.7.3.3 caso o firmware se depare com um sistema não assinado. Com isso, evita-se que um agressor manipule ocultamente o processo de boot, sem que seja necessário desativar totalmente o recurso Secure Boot. Desse modo, todos os sistemas operacionais modernos – e não apenas o Windows 8 – adentrariam o Nirvana do nível de segurança adequado à era da computação em nuvem.
Demorou! Não se incomode com o ruído de fundo... ■

AUTOR: Rafael Peregrino da Silva
Diretor de Redação da Revista Linux Magazine
Editorial da Revista Linux Magazine, página 04
Edição: #84
Novembro de 2011
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #22 Online: 05 de Novembro de 2011, 18:39 »
Pessoal, deem uma lida nesse editorial que saiu esse mês na revista Linux Magazine referente justamente a esse tema: Secure Boot.

LINK: http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,89348.0.html


Valeu...

Fui...

Até mais...!!!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: Secure Boot do Windows: Muito Barulho por Nada?
« Resposta #23 Online: 05 de Novembro de 2011, 18:57 »
É mais uma "tempestade em copo d'água" que os fanáticos do "free-software" criaram para gerar intriga e dúvida. Esse artigo explica bem como toda a coisa funciona(rá) e não há porque se alarmar.

Além disso, a Microsoft fez isso para a própria segurança do sistema deles (contra hackers e vírus), não tem nada a ver com o Linux, e eu acho que ela nem pensou em Linux ao implementar essa funcionalidade.
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Secure Boot do Windows: Muito Barulho por Nada?
« Resposta #24 Online: 05 de Novembro de 2011, 19:30 »
Microsoft fez isso para a própria segurança do sistema deles (contra hackers e vírus), não tem nada a ver com o Linux, e eu acho que ela nem pensou em Linux ao implementar essa funcionalidade.

Olá garfo...
Será mesmo que ela foi "tão inocente" assim com as pretensões dela...? Tenho minhas sinceras dúvidas, mas em todos os casos...!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: Secure Boot do Windows: Muito Barulho por Nada?
« Resposta #25 Online: 05 de Novembro de 2011, 20:17 »
Microsoft fez isso para a própria segurança do sistema deles (contra hackers e vírus), não tem nada a ver com o Linux, e eu acho que ela nem pensou em Linux ao implementar essa funcionalidade.

Olá garfo...
Será mesmo que ela foi "tão inocente" assim com as pretensões dela...? Tenho minhas sinceras dúvidas, mas em todos os casos...!

Nesse caso específico, eu acho que sim. Pense bem: por que a Microsoft iria prejudicar o Linux colocando o "secure boot" sendo que o Linux não é uma ameaça pra ela, pois este não tem nem 1% do mercado?

Talvez (e eu repito: talvez!) ela esteja querendo prejudicar os Linux em servidores, mas quem compra uma máquina para servidor em lojas? Quem vai usar um notebook como servidor? É ilógico.

Concluindo: Acredito (tenho quase certeza) que a Microsoft fez/faz isso para aprimorar a segurança do sistema dela, e ponto. O que passar disso é puro "mimimi... a Microsoft odeia o Linux, e quer acabar com ele... mimimi", ou seja, total bullshit.
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

Brodovisk

  • Visitante
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #26 Online: 05 de Novembro de 2011, 20:18 »
Hehe , não sei mais acho que nem vai precisar manja mto para retirar esse tróço....
A hirens boot sempre se esforça com esse tipo de coisa , podem ter certeza !Ou a maioria vai se livrar dos chips da intel novos ou dos pcs.
Alguém aqui acha que a micosoft (só paga mico de soft ) é capaz de fazer algo contra o resto do mundo que meche com pc?Eu pago para ver!
PoO nem a sony consegue se livrar dos anti-block dos play station , e pior são vários tipo , a maioria funciona e tem a versão compativel com o firmware atualizado ainda!kkkkk
Nem é preciso esquentar a cuca , se bloquearem e não tiver jeito(acho impossivel isso) , vai ficar igual os mac(é um ou outro que tem mac), eles vão é se condenar , vai ser a falência total!kkkk...
Outro dia apaguei um hd com truecrypt e sistema com bitlocker quer mais?Ele não mostra a partição vai formatar como?Retira bateria e reseta a placa e o baguio continua alocado na ram...Mais eu faço ele apaga namarra !Não adianta colocar nada na bios , a bios sempre tem uma que serve em outra placa...Tipo a Bios da  Nvidia 9800 de 1 gb que roda na 8800GT de 512 e a tranforma em 1gb.....rs..
Pode coloca esse trem  não pega nada não!É bom !Vai perde tempo tentando um jeito de não deixarem retirar!Vão ter mais gastos!Vai surgir um monte de usuário pedindo suporte porque o win bugou e não conserta e nem dá boot para reinstala-lo...kkkk
Vou é rachar de rir como sempre!rs...
Só não daria para desbloquear caso fizessem um pc que opera em 65 bits, aí lascou pq não vai ter como soft algum ler os binários que sempre vão ser errônios no final da leitura e lascou tudo....
hsauhuashsuas
No mercado livre mesmo tem trocentos aparelhos que vendem para instalar bios na unha !
Pc sempre vai ser pc!Não tem limites desde que ele processe os dados ele tem uma forma de retirar , alterar e editar qualquer coisa que coloque no mesmo...Nem que seja preciso outro pc p/ colocar mais tem como alterar sim...

Offline linuser104

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 838
    • Ver perfil
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #27 Online: 05 de Novembro de 2011, 20:33 »
Hehe , não sei mais acho que nem vai precisar manja mto para retirar esse tróço....
A hirens boot sempre se esforça com esse tipo de coisa , podem ter certeza !Ou a maioria vai se livrar dos chips da intel novos ou dos pcs.
Alguém aqui acha que a micosoft (só paga mico de soft ) é capaz de fazer algo contra o resto do mundo que meche com pc?Eu pago para ver!
PoO nem a sony consegue se livrar dos anti-block dos play station , e pior são vários tipo , a maioria funciona e tem a versão compativel com o firmware atualizado ainda!kkkkk
Nem é preciso esquentar a cuca , se bloquearem e não tiver jeito(acho impossivel isso) , vai ficar igual os mac(é um ou outro que tem mac), eles vão é se condenar , vai ser a falência total!kkkk...
Outro dia apaguei um hd com truecrypt e sistema com bitlocker quer mais?Ele não mostra a partição vai formatar como?Retira bateria e reseta a placa e o baguio continua alocado na ram...Mais eu faço ele apaga namarra !Não adianta colocar nada na bios , a bios sempre tem uma que serve em outra placa...Tipo a Bios da  Nvidia 9800 de 1 gb que roda na 8800GT de 512 e a tranforma em 1gb.....rs..
Pode coloca esse trem  não pega nada não!É bom !Vai perde tempo tentando um jeito de não deixarem retirar!Vão ter mais gastos!Vai surgir um monte de usuário pedindo suporte porque o win bugou e não conserta e nem dá boot para reinstala-lo...kkkk
Vou é rachar de rir como sempre!rs...
Só não daria para desbloquear caso fizessem um pc que opera em 65 bits, aí lascou pq não vai ter como soft algum ler os binários que sempre vão ser errônios no final da leitura e lascou tudo....
hsauhuashsuas
No mercado livre mesmo tem trocentos aparelhos que vendem para instalar bios na unha !
Pc sempre vai ser pc!Não tem limites desde que ele processe os dados ele tem uma forma de retirar , alterar e editar qualquer coisa que coloque no mesmo...Nem que seja preciso outro pc p/ colocar mais tem como alterar sim...


Tudo bem, mas isso é para usuário "safo", o usuário comum, e é esse que interessa a microsoft, não vai atrás destas "artimanhas" para rodar um SO que ela nem conhece e apenas resolveu instalar por curiosidade por que era fácil, mas agora...

De tudo que já se comentou sobre a MS tentar barrar o crescimento do linux, para mim essa é a que tem mais chance de acontecer de fato e acho que aqueles que dizem: muito barulho por nada, estão é superestimando esta estratégia que repito não é voltada para usuários mais, vamos dizer assim, buscadores de solução e sim para os usuários clicadores, os comuns que só querem ligar e usar. Esses são a esmagadora maioria.
Linux = Quem realmente gosta de computador; Mac = Artista Digital; Windows = A maioria que votou no Tiririca [pior que tá não fica].

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Secure Boot do Windows: Muito Barulho por Nada?
« Resposta #28 Online: 05 de Novembro de 2011, 20:39 »
Não digo prejudicar o GNU-Linux de uma forma geral e específica. Mas prejudicar qualquer indivíduo, com sua total liberdade de escolha, de poder experimentar na mesma máquina, além do Windows, qualquer outro sistema operacional. Por exemplo, quando um iniciante tem dúvidas em relação ao desempenho do GNU-Linux/Ubuntu na sua máquina, as duas sugestões são dadas: testar um LiveCD ou LiveDVD, LivePenDrive, ou então, instalar em dual boot. Ele experimenta e, do sistema que ele gostar mais, ele mantém e retira o outro. Dessa forma, pelo visto, até que se prove o contrário, o usuário terá que fazer uma escolha: ou Windows (que normalmente é usado para jogos) ou GNU-Linux! Ou seja, é quase um ultimato para o usuário...!!!! Vamos esperar para ver...!!!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Futuro do Linux comprometido pelo Windows 8?
« Resposta #29 Online: 05 de Novembro de 2011, 20:47 »
Acho graça na Microsoft! Ela detém o seu sistema operacional instalado em praticamente 95% dos computadores de mesa, uns 3% (mais ou menos) usam Mac (principalmente Europa), os 2% restante utilizam outros sistemas operacionais. Logo, é maioria absoluta nessa área de desktop e fica colocando entraves na BIOS dos computadores. No entanto, na área que ela mais apanha que são os servidores e, mais atualmente, os portáteis, ela praticamente é um "apito surdo". E segundo algumas "previsões" o futuro da tecnologia são os portáteis, tipo tablet, celulares e congêneres. Quando é que ela, Microsoft, vai perceber que o jogo sempre estará empatado: ela ganha nos desktop e o GNU/Linux ganha nos demais setores...!!!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz