Autor Tópico: Gostaria, mas não recomendo Linux  (Lida 19996 vezes)

Offline Nightlinux

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 353
    • Ver perfil
Gostaria, mas não recomendo Linux
« Online: 17 de MAR?O de 2012, 09:47 »
(Acredito que seja aqui o local mais apropriado para este tipo de mensagem.)

Bom dia!!

Gostaria de recomendar o Linux para todos (e até recomendo informalmente sem pretensão de convencer), mas se a pessoa tem dificuldade até de mexer no Rwindows que praticamente vem pronto para usar, isto é, não precisa instalar codecs, suportes etc, para tocar vídeos, cds etc., com Linux será muito pior, pois precisa dedicar um tempo em pesquisa, buscar suporte (ajuda) em fóruns, instalar codecs, programas. E com esse comodismo (que eu até gostaria disso) de chegar e usar algo pronto e tudo certo, a culpa fica para o Linux.
A verdade é que usuários comuns (como um dia fomos e ainda sou) do Rwindows sabem muito, muito pouco, e para adentrar no Linux precisa ser inconformado, insatisfeito, curioso, paciente.

Abraço!

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #1 Online: 17 de MAR?O de 2012, 10:35 »
Isso que você disse tem uma certa verdade, e já foi demonstrado num vídeo que postei.

Um usuário Windows das antigas usando Ubuntu pela primeira vez: http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,93394.0.html

Creio que a maioria das pessoas querem que sistemas operacionais funcionem como uma TV, é só ligar e assistir.  :)

Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

Offline hugoleal85

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 509
    • Ver perfil
    • Recanto do Tux
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #2 Online: 17 de MAR?O de 2012, 10:51 »
(Acredito que seja aqui o local mais apropriado para este tipo de mensagem.)

Bom dia!!

Gostaria de recomendar o Linux para todos (e até recomendo informalmente sem pretensão de convencer), mas se a pessoa tem dificuldade até de mexer no Rwindows que praticamente vem pronto para usar, isto é, não precisa instalar codecs, suportes etc, para tocar vídeos, cds etc., com Linux será muito pior, pois precisa dedicar um tempo em pesquisa, buscar suporte (ajuda) em fóruns, instalar codecs, programas. E com esse comodismo (que eu até gostaria disso) de chegar e usar algo pronto e tudo certo, a culpa fica para o Linux.
A verdade é que usuários comuns (como um dia fomos e ainda sou) do Rwindows sabem muito, muito pouco, e para adentrar no Linux precisa ser inconformado, insatisfeito, curioso, paciente.

Abraço!


Não precisa instalar codecs e plugins no Windows? Desde quando?
Atualmente todos os aplicativos que um usuário comum necessita estão ou na instalação default, ou nos repositórios de qualquer distro ubuntu ou derivada.
Já se você tem o Windows só há duas opções. Gastar uma pequena fortuna na compra desses aplicativos ou se utilizar de meios ilegais (pirataria), os quais não indico a ninguém.
Isso sem falar em vírus, exploits e malwares, etc.
Windows só para quem quer jogar no PC ou alguma atividade extremamente específica e que por acaso ainda não esteja disponível no Linux (Ressalto aqui que o Photoshop e o Coreldraw já rodam perfeitamente no Wine, inclusive os utilizo em meu laptop).

Abraço.
"Cada homem que encontro é superior a mim em alguma coisa; e nisto posso aprender dele." [Ralph W. Emerson]
Meu blog

Offline Ernesto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 96
    • Ver perfil
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #3 Online: 17 de MAR?O de 2012, 11:10 »
(Acredito que seja aqui o local mais apropriado para este tipo de mensagem.)

Bom dia!!

Gostaria de recomendar o Linux para todos (e até recomendo informalmente sem pretensão de convencer), mas se a pessoa tem dificuldade até de mexer no Rwindows que praticamente vem pronto para usar, isto é, não precisa instalar codecs, suportes etc, para tocar vídeos, cds etc., com Linux será muito pior, pois precisa dedicar um tempo em pesquisa, buscar suporte (ajuda) em fóruns, instalar codecs, programas. E com esse comodismo (que eu até gostaria disso) de chegar e usar algo pronto e tudo certo, a culpa fica para o Linux.
A verdade é que usuários comuns (como um dia fomos e ainda sou) do Rwindows sabem muito, muito pouco, e para adentrar no Linux precisa ser inconformado, insatisfeito, curioso, paciente.

Abraço!

Não é bem assim, o windows sem instalar os codecs não reproduzem divx, mpg4, xvid, aac, aac+, mkv e alguns outros formatos. Sem os codecs, o máximo será reproduzir alguns tipos de avi, mp3, mpg2 e ogg.
Para quem não quer instalar codecs pack pra tocar os formatos mais conhecidos, o VLC player reproduz sem instalar codecs adcionais.  O VLC está disponível para Linux, OSX e Windos.
« Última modificação: 17 de MAR?O de 2012, 11:13 por Ernesto »

Offline rjbgbo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.889
  • Xubuntu 18.04LTS
    • Ver perfil
    • Twitter
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #4 Online: 17 de MAR?O de 2012, 11:16 »
Sabe de uma coisa, vendo esse canal do youtube: http://www.youtube.com/user/neilacomp - andei repensando algumas coisas, acho que andamos depreciando demais o Linux e o software livre, que na verdade evolui bastante. Dá uma olhada no vídeo sobre vírus.
Linux User #440843 | Ubuntu User #11469

Offline irtigor

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.344
  • Delete, delete, delete!
    • Ver perfil
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #5 Online: 17 de MAR?O de 2012, 11:19 »
Está partindo de um pressuposto errado: o windows não vem praticamente "pronto para usar", se você acha isso:
A) Alguém configurou ele.
B) Seu cérebro está te enganando*. Por exemplo, temos a tendencia de ignorar os erros, e lembrar os acertos.

O aprendizado do "SO de primeiro contato" se faz de uma forma mais gradual/continua, com apoio de pessoas mais experientes. Enquanto que no uso de um segundo sistema, a bagagem adquirida pode pesar negativamente (hábito não é sinônimo de facilidade), fora a necessidade, que as vezes existe, de sair correndo sem nunca ter andado.


------
*Por isso cientistas usam técnicas como o duplo-cego.
« Última modificação: 17 de MAR?O de 2012, 11:58 por irtigor »

Offline Wagnesio

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 53
    • Ver perfil
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #6 Online: 17 de MAR?O de 2012, 11:53 »
Veja, não vi argumentos, só vi suposições.

Porque eu recomendaria (e recomendo):
Mais segurança para seus arquivos (Sistema de arquivos MUITO melhor)
Mais segurança para os aplicativos (Sistema de permissões)
Menor consumo de recursos (Para computadores antigos é indiscutivel, para os mais novos permite mais tarefas simultaneas)
Reconhecimento de acessórios (Não sei quanto aos xing-lings, mas reconhece quase tudo, desde dispositivos USB até impressoras)
Fácil configuração da internet
Maleavel (Pode ser adaptado das mais variadas formas: adaptação, uso, produtividade)
Opção de escolha (aplicativo, gerenciadores, ambientes, etc)
Suporte (O suporte via internet é muito bom e de qualidade)
Não precisa de muito tempo para aprender o básico. (não é necessário gastar tanto tempo assim com pesquisa: precisa de ajuda, pesquisa no forum, acha, resolve. Assim como em outros SOs)
Testar antes de instalar (Põe lá e usa por um tempo, se não gostar, não usa e testa outra)

Ubuntu 12.10
Atom N270 1.6GHz - 1 GB RAM - 120 GB HD

Offline Felix

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 3.068
    • Ver perfil
    • Alexsandro Felix
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #7 Online: 17 de MAR?O de 2012, 11:57 »
Instale apenas o sistema operacional windows e tente:
- Criar/editar uma planilha;
- trabalhar com editores de texto mais complexos, como os necessários para criar/editar arquivos .doc ou .docx;
- trabalhar com arquivos .pdf
- trabalhar com arquivos em formato .rar
- usar recursos multimidia (como abrir qualquer formato de vídeo ou audio);
- criar arquivos de imagem vetorial (sem instalar corel);
- editar fotos profissionalmente (sem instalar photoshop)
(a lista pode ser maior)

Enquanto que com a maioria das distribuições Linux, instalando elas por si só do modo default você pode já fazer tudo isso e muito mais.

Agora me diga: qual SO mesmo já vem mais preparado e pronto para uso?

Offline evil_queen

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 160
    • Ver perfil
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #8 Online: 17 de MAR?O de 2012, 12:03 »
Na verdade, hoje em dia acho o ubuntu muito mais fácil de instalar/configurar que o windows.
Os usuários windows tem essa idéia de que o sistema da microsoft vem prontinho pra usar porque pagam alguém pra deixar ele redondinho. Mas se voce for formatar o computador sozinho, tem muito mais chance de ter dor de cabeça com o windows do que com o ubuntu.
Falo por experiencia própria. Nunca tinha formatado um computador na vida até instalar o ubuntu. E basicamente foi só seguir as instruções da tela. Ele reconheceu automaticamente todos os componentes de hardware, incluindo periféricos como impressora, ipod, etc. E pra instalar programas novos é só dar um clique na central de programas.
Ai, me achando super esperta (kkkk) fui formatar um computador com windows pra minha irmã. Pensei que se eu consegui instalar um linux, que todo mundo acha superdifícil, o windows seria baba. Demorei 2 dias, sério!
O windows não baixou os drives necessários nas atualização, nem codecs, e eu não tinha a menor idéia de como instalá-los manualmente. Depois tive que procurar os programas necessários um a um pra instalar (pdf, msn, etc) ativar aero e configurar a área de trabalho com atalhos, etc.
Foi bem mais trabalhoso.
Por isso, não dá pra comparar um computador com windows redondinho, todo configurado por um técnico, com o ubuntu num live cd pra instalar. Se o ubuntu já chegasse prontinho no computador, da mesma forma que o windows, seria tão fácil quanto.
Talvez se tivessemos mais técnicos que mexem com linux, ele poderia se popularizar, pois é muito personálizável.
Eu deixei um computador com linux beeeem fácil pra minha mãe mexer, com todos os atalhos na mão, favoritos, email configurado, programas com interface descomplicada, e ela está se virando. Mas quando tem um problema recorre a mim, da mesma forma que se estivesse usando windows, chamaria um técnico.
Não é que linux seja mais dificil (ao menos o ubuntu), é que nào dá pra chamar o técnico pra fazer as coisas por voce.
« Última modificação: 17 de MAR?O de 2012, 12:12 por evil_queen »

Offline rjbgbo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.889
  • Xubuntu 18.04LTS
    • Ver perfil
    • Twitter
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #9 Online: 17 de MAR?O de 2012, 12:04 »
...............
Reconhecimento de acessórios (Não sei quanto aos xing-lings, mas reconhece quase tudo, desde dispositivos USB até impressoras)
.....................


tenho um adaptador bluetooth e uma webcam xing ling, reconhecidas pelo ubuntu
Linux User #440843 | Ubuntu User #11469

Offline Wagnesio

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 53
    • Ver perfil
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #10 Online: 17 de MAR?O de 2012, 12:08 »
Melhor do que eu imaginava então

...............
Reconhecimento de acessórios (Não sei quanto aos xing-lings, mas reconhece quase tudo, desde dispositivos USB até impressoras)
.....................


tenho um adaptador bluetooth e uma webcam xing ling, reconhecidas pelo ubuntu
Ubuntu 12.10
Atom N270 1.6GHz - 1 GB RAM - 120 GB HD

Offline Davidr

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 57
    • Ver perfil
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #11 Online: 17 de MAR?O de 2012, 12:41 »
Bom, por motivos óbvios, concordo que é preciso ser curioso.

Instalar plugins no Ubuntu é muito fácil, qualquer dúvida, caso não saiba o que fazer pra rodar algo, entre no google e coloque algo assim: "como tocar mp3 no ubuntu". Muito provavelmente vai encontrar: "instale o pacote ubuntu restricted extras, pela central de programas". Difícil, não? É só uma vez praticamente, pois a partir daí você já sabe, sem dúvidas, onde e como baixar/instalar um aplicativo no Ubuntu.

O Windows é sim um bom sistema operacional. Claro, ninguém nasce sabendo usar, mas como é o primero SO de muitos, se torna praticamente um "padrão". Assim sendo, na mente desses usuários o outro SO tem que ser igual, e então começam os problemas durante o processo de adaptação, onde muitos desistem e voltam para o SO da Microsoft.
« Última modificação: 17 de MAR?O de 2012, 12:44 por Davidr »

Offline Nightlinux

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 353
    • Ver perfil
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #12 Online: 17 de MAR?O de 2012, 12:51 »
Foi o que disse. Se tratando de um usuário comum (aquele que se senta à frente do pc e quer sair usando), que não consegue nem lidar com o Rwindows que supostamente vem prontinho preparado por um técnico, não vai conseguir usar Linux. O comodismo dos usuários Win atrapalha muito. A pessoa prefere reclamar a buscar soluções. Isso é o entrave. Depois de ver que a pessoa não consegue lidar com o Win, digo: "É, continua com o Windows. Paga um técnico pra te ajudar".

Offline selvaking

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.172
  • Parque Anchieta - Rio de Janeiro - RJ
    • Ver perfil
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #13 Online: 17 de MAR?O de 2012, 12:52 »
Mais um debate infrutífero sobre qual é o melhor sistema.
O melhor sistema é uma decisão particular.

E Quando é que este "sistema particular" deixa de ser o melhor sistema?

Quando ele não atende as nossas expectativas. Sejam elas por motivos de diversão, de profissão, de consciência e etc...
Dê-me um computador com o Tux que movo o mundo!

Linux User #323049

Offline Nightlinux

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 353
    • Ver perfil
Re: Gostaria, mas não recomendo Linux
« Resposta #14 Online: 17 de MAR?O de 2012, 13:00 »
Citar
Mais um debate infrutífero sobre qual é o melhor sistema.
O melhor sistema é uma decisão particular.

E Quando é que este "sistema particular" deixa de ser o melhor sistema?

Quando ele não atende as nossas expectativas. Sejam elas por motivos de diversão, de profissão, de consciência e etc...


Você sabe ler? Aqui ninguém está debatendo qual sistema é melhor. Mas o fato de o Linux ser "complicado" para usuários inexperientes do Windows.