Autor Tópico: Primeiro contacto com Linux  (Lida 4347 vezes)

Offline Armagedeon78

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 35
    • Ver perfil
Primeiro contacto com Linux
« Online: 07 de Janeiro de 2008, 20:21 »
Há alguns dias atrás, após muitos anos a usar software crackado da Microsoft, e já um bocado farto dessa prática, decidi ir à procura de freeware para Windows (Anti-Virus, Firewall, etc) e de repente dei conta de uma verdade: Porquê parar neste tipo de software e não dar o passo seguinte?
Foi então que me deparei com o Ubuntu "Linux para Humanos"  :)
Fiz o download e instalei em dual-boot, por razões obvias: O medo inicial, e porque tenho toda a minha vida profissional orientada por software da Microsoft.
No entanto deixem-me dar os parabens a toda a comunidade que contribuiu e continua a contribuir  para este OS. O meu velhinho desktop, (AMD Athlon 1.25GHz, 512Mb RAM), parece que tem alma nova... com efeitos a rivalizar o desempenho do Vista... Estou verdadeiramente impressionado com o desempenho alcançado por este sistema. 4 desktops (compiz-fusion) com 4 janelas abertas em cada e o sistema nem pestanejava... aguentou firme....Só agora vi o que tenho andado a perder... :'(
Devo admitir que não formato já o windows porque uso macros e algumas funções mais complexas que ainda me prendem ao Excel e ao Access, caso contrário...bye bye XP, bye bye Office.
Mais uma vez o meu obrigado a todos. Espero abandonar o monopolio microsoft o quanto antes.

Offline clcampos

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 10.790
  • .:: User Linux #439596 ::.
    • Ver perfil
Re: Primeiro contacto com Linux
« Resposta #1 Online: 07 de Janeiro de 2008, 21:16 »
Poxa, nem bem instalou e já tem compiz configurado e tudo mais?

Parabéns Armagedeon78!

Apesar de toda sua desenvoltura inicial caso tenha algum problema o pessoal aqui manda muito bem, e com certeza fará o possível para ajudá-lo. Espero também que venha fazer parte da turma, e seja mais um em nossa comunidade.

[]'s

Cristiano
Cristiano/Timóteo - MG
.: Como Fazer Perguntas de Forma Inteligente :.                
Com dúvida? pesquise!

Offline dhiegospector3k

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 164
  • a sociedade é feita de inteligentes, e ignorantes.
    • Ver perfil
Re: Primeiro contacto com Linux
« Resposta #2 Online: 07 de Janeiro de 2008, 22:18 »
Há alguns dias atrás, após muitos anos a usar software crackado da Microsoft, e já um bocado farto dessa prática, decidi ir à procura de freeware para Windows (Anti-Virus, Firewall, etc) e de repente dei conta de uma verdade: Porquê parar neste tipo de software e não dar o passo seguinte?
Foi então que me deparei com o Ubuntu "Linux para Humanos"  :)
Fiz o download e instalei em dual-boot, por razões obvias: O medo inicial, e porque tenho toda a minha vida profissional orientada por software da Microsoft.
No entanto deixem-me dar os parabens a toda a comunidade que contribuiu e continua a contribuir  para este OS. O meu velhinho desktop, (AMD Athlon 1.25GHz, 512Mb RAM), parece que tem alma nova... com efeitos a rivalizar o desempenho do Vista... Estou verdadeiramente impressionado com o desempenho alcançado por este sistema. 4 desktops (compiz-fusion) com 4 janelas abertas em cada e o sistema nem pestanejava... aguentou firme....Só agora vi o que tenho andado a perder... :'(
Devo admitir que não formato já o windows porque uso macros e algumas funções mais complexas que ainda me prendem ao Excel e ao Access, caso contrário...bye bye XP, bye bye Office.
Mais uma vez o meu obrigado a todos. Espero abandonar o monopolio microsoft o quanto antes.


meu parabéns colega armagedon78
bem vindo ao mundo livre ::)


abraços.
Assinatura fora das regras. Removida por agente100gelo.

Offline velox256

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.915
  • Debian é Debian... :)
    • Ver perfil
    • Linux Inside
Re: Primeiro contacto com Linux
« Resposta #3 Online: 08 de Janeiro de 2008, 06:54 »
Olha, vc ficou farto de crackear à toa, bastava fazer o que ninguém gosta de fazer em relação a softwares: comprar (e pagar) pelo dito, aí não ia precisar crackear nem nada disso, hehehehe...

Mas vc deu sorte em pegar logo o Ubuntu pra usar na sua máquina, pois se vc tivesse pego uma distro mais ranheta (que me desculpem os usuários) como a Slack, com quase toda certeza vc iria sair chutando a sua máquina e botar fogo nos cds de instalação dela, como quase eu fiz há algum tempo atrás. Certamente vc se decepcionaria com o Linux e ia ser mais um a achar que confirmou o que muitos usuários de computador dizem sobre o Linux, que ele é difícil, que é uma isso, uma aquilo e que preferem ficar aturando vírus e aquilo tudo que já conhecemos só pq o Windows é mais fácil.

Parabéns pela mudança e pelo entusiasmo, mas lembre-se que também há programas pagos pra Linux e que também podem ser crackeados, hehehehe...


Há alguns dias atrás, após muitos anos a usar software crackado da Microsoft, e já um bocado farto dessa prática, decidi ir à procura de freeware para Windows (Anti-Virus, Firewall, etc) e de repente dei conta de uma verdade: Porquê parar neste tipo de software e não dar o passo seguinte?
Foi então que me deparei com o Ubuntu "Linux para Humanos"  :)
Fiz o download e instalei em dual-boot, por razões obvias: O medo inicial, e porque tenho toda a minha vida profissional orientada por software da Microsoft.
No entanto deixem-me dar os parabens a toda a comunidade que contribuiu e continua a contribuir  para este OS. O meu velhinho desktop, (AMD Athlon 1.25GHz, 512Mb RAM), parece que tem alma nova... com efeitos a rivalizar o desempenho do Vista... Estou verdadeiramente impressionado com o desempenho alcançado por este sistema. 4 desktops (compiz-fusion) com 4 janelas abertas em cada e o sistema nem pestanejava... aguentou firme....Só agora vi o que tenho andado a perder... :'(
Devo admitir que não formato já o windows porque uso macros e algumas funções mais complexas que ainda me prendem ao Excel e ao Access, caso contrário...bye bye XP, bye bye Office.
Mais uma vez o meu obrigado a todos. Espero abandonar o monopolio microsoft o quanto antes.
Computador perereca, com disco perereca, monitor perereca e sistema super xuxu. Visitem a minha página em http://sidserra.k6.com.br ou meu blog em http://sidserra.blogspot.com.br.

Offline CGaldino

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
  • O conhecimento liberta.
    • Ver perfil
    • Infosucata
Re: Primeiro contacto com Linux
« Resposta #4 Online: 08 de Janeiro de 2008, 20:06 »
Espero que essa sua satisfação seja duradoura e que a empolgação com o uso de GNU/Linux rompa as barreiras do Ubuntu e realmente te faça explorar a grandiosa diversidade do universo das distribuições GNU/Linux e dos softwares livres.

... Mas vc deu sorte em pegar logo o Ubuntu ..., pois se vc tivesse pego uma distro mais ranheta (que me desculpem os usuários) como a Slack, com quase toda certeza vc iria sair chutando a sua máquina e botar fogo nos cds de instalação dela, ...

Embora eu seja usuário Ubuntu devo deixar uma ressalva!
Não vamos criar trauma ou preconceito a priori nos novos usuários  ;) ! A Slackware não é lá realmente uma das distribuições mais fáceis para um iniciante em GNU/Linux, mas é claro que usá-la ou deixar de usá-la será determinada pelo interesse do usuário (uma obviedade)! Só para deixar registrado a Slack foi a distro que mais rápido coloquei para funcionar um winmodem PCTEL e pelo desempenho dela venho flertando-a fortemente! Acredito que o Armagedeon78 teria a mesma sorte se tivesse utilizado pela primeira vez uma PCLinuxOS ou uma BIG Linux ou uma Resulinux, ou uma DreamLinux ou uma OpenSuse, ou uma Mandriva...   :D.
Cordialmente
C.
@conradopreto Linux user #440560 / Ubuntu user #11411 /

Offline RickMura

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 226
  • ping -f localhost
    • Ver perfil
Re: Primeiro contacto com Linux
« Resposta #5 Online: 11 de Janeiro de 2008, 16:30 »
Olha, vc ficou farto de crackear à toa, bastava fazer o que ninguém gosta de fazer em relação a softwares: comprar (e pagar) pelo dito, aí não ia precisar crackear nem nada disso, hehehehe...

Mas vc deu sorte em pegar logo o Ubuntu pra usar na sua máquina, pois se vc tivesse pego uma distro mais ranheta (que me desculpem os usuários) como a Slack, com quase toda certeza vc iria sair chutando a sua máquina e botar fogo nos cds de instalação dela, como quase eu fiz há algum tempo atrás. Certamente vc se decepcionaria com o Linux e ia ser mais um a achar que confirmou o que muitos usuários de computador dizem sobre o Linux, que ele é difícil, que é uma isso, uma aquilo e que preferem ficar aturando vírus e aquilo tudo que já conhecemos só pq o Windows é mais fácil.

Parabéns pela mudança e pelo entusiasmo, mas lembre-se que também há programas pagos pra Linux e que também podem ser crackeados, hehehehe...


Há alguns dias atrás, após muitos anos a usar software crackado da Microsoft, e já um bocado farto dessa prática, decidi ir à procura de freeware para Windows (Anti-Virus, Firewall, etc) e de repente dei conta de uma verdade: Porquê parar neste tipo de software e não dar o passo seguinte?
Foi então que me deparei com o Ubuntu "Linux para Humanos"  :)
Fiz o download e instalei em dual-boot, por razões obvias: O medo inicial, e porque tenho toda a minha vida profissional orientada por software da Microsoft.
No entanto deixem-me dar os parabens a toda a comunidade que contribuiu e continua a contribuir  para este OS. O meu velhinho desktop, (AMD Athlon 1.25GHz, 512Mb RAM), parece que tem alma nova... com efeitos a rivalizar o desempenho do Vista... Estou verdadeiramente impressionado com o desempenho alcançado por este sistema. 4 desktops (compiz-fusion) com 4 janelas abertas em cada e o sistema nem pestanejava... aguentou firme....Só agora vi o que tenho andado a perder... :'(
Devo admitir que não formato já o windows porque uso macros e algumas funções mais complexas que ainda me prendem ao Excel e ao Access, caso contrário...bye bye XP, bye bye Office.
Mais uma vez o meu obrigado a todos. Espero abandonar o monopolio microsoft o quanto antes.

Slack ranheta??/ kkkk q nada cara, ele é formidável, assim como o Ubuntu, quer saber? mesmo sem conhecer muito sobre linux qdo tenho alguma dúvida sobre segurança dos meus dados o slack é minha primeira opção, e esses dias descobri algo que talves seja até melhor ArchLinux, adorei ele, mesmo sem ter X e tals.
Não acho q existam distros ranhetas, acho que existem distros para todos os tipos de gosto, adoro o Ubuntu, mas acho que para aprender não tem nada melhor do que um Slackware ou ArchLinux, alias, não fosse o Slackware 7.0 (kkkkk) eu não saberia nem como particionar meu hd com linux hehehe.
Linux é linux e devemos experimentar sempre todas as versões, cada um se adapta a uma, uso o Kubuntu, mas nunca largo o Slack. ^^