Autor Tópico: Alternativa ao Media Monkey  (Lida 7969 vezes)

Offline lucianoshl

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver perfil
Alternativa ao Media Monkey
« Online: 17 de Maio de 2009, 16:11 »
ola
queria saber se tem algum aplicativo nativo no linux, q tenha as mesmas funçoes de organizar a biblioteca de musicas, de buscar na net a capa do album do mp3 e colocar ela incorporada no mp3, e etc.
não é um player necessarimente e sim um organizador de biblioteca que baixa automaticamente as capas e coloque no arquivo mp3,
ou talvez não um aplicativo um plugin para alguem player gtk q faça a mesma coisa

é isso ai
obrigado
vlww

Offline RamonB

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 423
  • Salvador, BA
    • Ver perfil
Re: Alternativa ao Media Monkey
« Resposta #1 Online: 17 de Maio de 2009, 18:03 »
Mais um ubunteiro, como eu, órfão do Media Monkey! Eu sou fã de carteirinha do Media Monkey (inclusive, minha cópia é comprada para poder utilizar algumas das facilidades que só a cópia full tem). E acho que não tenho boas notícias para você... *rs*

Quando entrei no Ubuntu, tentei algumas sugestões que o pessoal me deu no post Catálogo MP3 que coloquei na época.

Mas nenhuma das dicas me agradou. Aí, instalei o Media Monkey embaixo do Wine (veja o post MediaMonkey sob o Wine).     

Só que ele fica bem lento sob o Wine. Aí, como eu resolvi instalar o VirtualBox para outro programa que só roda no Windows, instalei o MediaMonkey no XP rodando nesse VirtualBox e a performance é bem melhor que embaixo do Wine (mas é claro que não é tão boa quanto no Windows nativo).

Um abraço (e se você, por acaso, achar algum programa que resolva, me avise).

 
Notebook: Dell Inspiron 15 5584, 8 GB RAM, 1 SSD 480 GB, 1 HD 1 TByte. Dual-boot Linux Mint Cinnamon 21.1 / Windows 11
Notebook Dell Inspiron 13 5301, 8 GB RAM, SSD 480 GB. Dual-boot Ubuntu Budgie 22.04 / Windows 11
Notebook Lenovo Thinkpad X201, 4 GB RAM, SSD 120 GB. Linux Mint XFCE 21.1

Offline tfmoraes

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 441
    • Ver perfil
Re: Alternativa ao Media Monkey
« Resposta #2 Online: 17 de Maio de 2009, 20:33 »
Tenta o amarok.

Offline RamonB

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 423
  • Salvador, BA
    • Ver perfil
Re: Alternativa ao Media Monkey
« Resposta #3 Online: 17 de Maio de 2009, 21:41 »
O amarok é um ótimo player, assim como o Songbird, e vale a pena testá-los.

Mas o MediaMonkey é bem mais que um player. Ele também é uma excelente ferramenta para gerenciamento do catálogo de músicas (MP3, FLAC, OGG, WMA, etc. e também dos CDs de áudio, permitindo catalogá-los com seus intérpretes, faixas, etc).

Para ter uma ideia de algumas das várias facilidades que ele oferece, veja meu post Catálogo MP3.

Um abraço.
Notebook: Dell Inspiron 15 5584, 8 GB RAM, 1 SSD 480 GB, 1 HD 1 TByte. Dual-boot Linux Mint Cinnamon 21.1 / Windows 11
Notebook Dell Inspiron 13 5301, 8 GB RAM, SSD 480 GB. Dual-boot Ubuntu Budgie 22.04 / Windows 11
Notebook Lenovo Thinkpad X201, 4 GB RAM, SSD 120 GB. Linux Mint XFCE 21.1

Offline RamonB

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 423
  • Salvador, BA
    • Ver perfil
Re: Alternativa ao Media Monkey
« Resposta #4 Online: 31 de Maio de 2009, 19:20 »
lucianoshl,

O Quod Libet é, até agora, o que achei, no Linux, o mais parecido com o MediaMonkey. Para ver mais detalhes sobre ele, veja este artigo no Guia do Hardware (GDH):
     http://www.guiadohardware.net/dicas/quod-libet.html

Ele tem várias formas para visualizar as músicas, inclusive uma que eu uso muito no MediaMonkey que é navegar pela árvore de diretórios para escolher as músicas (o Songbird tem isto através de um complemento mas é meio "queixo duro"). Ele também tem várias das facilidades do Monkey para gestão do catálogo e para alteração em massa das tag's do MP3.

No entanto, faltam várias coisas do MediaMonkey. Algumas podem ser supridas por outros programas do Linux (como a conversão de formatos) ou através de plugins (como a gravação de CDs). Tem coisas que eu não testei porque não uso no MediaMonkey, como o modo Festa e o Auto-DJ e, portanto, não sei se tem no Quod Libet.

O artigo do GDH dá uma visão geral do programa e várias dicas, inclusive como instalar o programa e os plugins.

Um abraço.

Notebook: Dell Inspiron 15 5584, 8 GB RAM, 1 SSD 480 GB, 1 HD 1 TByte. Dual-boot Linux Mint Cinnamon 21.1 / Windows 11
Notebook Dell Inspiron 13 5301, 8 GB RAM, SSD 480 GB. Dual-boot Ubuntu Budgie 22.04 / Windows 11
Notebook Lenovo Thinkpad X201, 4 GB RAM, SSD 120 GB. Linux Mint XFCE 21.1

Offline djone2009

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3
    • Ver perfil
Re: Alternativa ao Media Monkey
« Resposta #5 Online: 23 de Agosto de 2009, 21:01 »
Um bem legal e simples e faz essas coisas todas que você está querendo é o Banshee. ;)

Offline RamonB

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 423
  • Salvador, BA
    • Ver perfil
Re: Alternativa ao Media Monkey
« Resposta #6 Online: 26 de Agosto de 2009, 14:33 »
djone2009,

Eu uso o Banshee mas, infelizmente, não achei ainda, no Linux, nenhum software que, em termos de facilidades, chegue perto do que o MediaMonkey faz. O Quod Libet, que citei anteriormente, tem algo de parecido mas ainda está muito longe do MM.

O MediaMonkey, além de player, também tem ferramentas poderosas para administrar o catálogo de músicas. Em um post anterior eu coloquei algumas das facilidades que ele oferece. Veja algumas delas:

( 1 ) ele mostra a Biblioteca de músicas (álbuns, artistas, gêneros, etc) em formato de árvore como no Windows Explorer (ou no Nautilus). Eu posso acessar esta árvore por artista, álbum, gênero, etc. e também pela própria árvore de pastas. E eu posso ouvir as músicas por qualquer das árvores, seja por artista, por álbum ou pela própria árvore de pastas do meu disco (em alguns players do Linux, como o Quod Libet e o Songbird, é possível acessar as músicas pela árvore de pastas do sistema de arquivos -- mas eles, ao contrário do MM, só mostram os diretórios e seu conteúdo, não me permitindo alterar o nome das pastas e/ou dos arquivos nem fazer outras operações com elas, como mover, copiar, apagar, etc.).
( 2 ) no MM, a árvore por artista mostra os artistas isoladamente, mesmo que eles estejam, em determinadas faixas, atuando junto com outro artista. Basta separar, nas tag's, os artistas por ponto-e-vírgula. P.ex., eu tenho músicas em que Chico Buarque canta sozinho e outra em que Caetano Veloso canta sozinho mas em algumas eu tenho Chico Buarque cantando junto com Caetano Veloso. Na maioria dos players, eu teria "Chico Buarque" e "Caetano Veloso" quando eles cantam sozinhos e "Chico Buarque/Caetano Veloso" quando estão juntos. Só que quando for acessar o artista "Chico Buarque", os players vão mostrar só as músicas em que ele está sozinho pois, para eles, "Chico Buarque/Caetano Veloso" é como se fosse um "terceiro" artista, diferente dos dois cantando sozinhos. No MM, eu coloco "Chico Buarque; Caetano Veloso" na tag e quando procuro músicas de Chico Buarque ele me mostra todas as músicas em que ele aparece, não importa se sozinho ou se com outros artistas.
( 3 ) mais ainda: eu posso chegar numa destas árvores e mudar o nome do artista, o nome do álbum, o gênero, etc. (p.ex., posso alterar, na árvore por artista, "Led Zepelin" para "Led Zeppelin" e ele altera automaticamente todas as tag's que estão com "Led Zepelin" em todos os arquivos do catálogo, mesmo que o artista esteja com outros artistas -- e o mesmo vale para nome de álbum, gênero, etc.). E a maioria destas operações é acessível com um simples toque no botão direito do mouse.
( 4 ) conversão de formatos: ele converte qualquer formato "de" e "para" (entre outros: MP3, WMA, FLAC, OGG, AAC, M4A, ...) e na taxa de  bits que você quiser
( 5 ) ele grava e "ripa" CD's
( 6 ) posso ajustar o volume das faixas de um álbum inteiro, ou de um gênero inteiro ou de um artista inteiro ou qualquer outra combinação dessas
( 7 ) posso gerar relatórios do meu catálogo em formatos HTML, XLS e XML
( 8 ) posso incluir, no catálogo, meus CDs de áudio, com seus títulos, intérpretes, faixas (e intérpretes por faixa), etc. E, no momento de buscar uma música ou um álbum ou um intérprete, os CDs catalogados também entram na pesquisa.

Ou seja, além de ser um bom administrador do catálogo de músicas, ele é um típico "all-in-one", concentrando funções que se espalham por vários produtos diferentes (um é player, outro é "ripador", outro faz conversão de formatos, etc).

Além disso, ele tem outras facilidades, como o modo "Auto DJ" (toca músicas de todo o catálogo sem precisar de playlists), o modo "Festa" (quando ativado, só você, e ninguém mais, pode interagir com o player -- ou seja, aquele convidado "curioso" não conseguirá fazer com que a música pare ou alterar a ordem ou qquer outra coisa), "CD virtual" (parecido com playlist só que com mais vantagens) e outras (são tantas que nunca usei várias delas, embora eu seja usuário do programa há mais de 2 anos).

É lógico que a maioria destas facilidades é desnecessária para a maioria das pessoas, principalmente aquelas que não estão preocupadas com a administração de seu catálogo. No entanto, com a progressiva eliminação das mídias físicas e o uso cada vez maior de meios digitais, essa administração passa a ser indispensável senão você acaba ficando com milhares de músicas no teu HD sem saber direito o que realmente tem e onde buscar aquilo que quer ouvir. Então, é questão de tempo para que isso comece a aparecer também no Linux (alguns produtos, como o Songbird e o Quod Libet, já estão começando a "arranhar" esta questão).

Eu comprei o programa no meu tempo de Windows, principalmente para ter acesso à versão Gold, que tem várias facilidades adicionais, e acho que ele vale cada centavo que paguei por ele. Ele é um dos dois únicos softwares que me obrigam a manter o Windows instalado (embora, na maioria das vezes, eu rode dentro do Linux, através de uma máquina virtual do VirtualBox).

Um abraço (e desculpe pelo "discurso". he-he-he...)
Notebook: Dell Inspiron 15 5584, 8 GB RAM, 1 SSD 480 GB, 1 HD 1 TByte. Dual-boot Linux Mint Cinnamon 21.1 / Windows 11
Notebook Dell Inspiron 13 5301, 8 GB RAM, SSD 480 GB. Dual-boot Ubuntu Budgie 22.04 / Windows 11
Notebook Lenovo Thinkpad X201, 4 GB RAM, SSD 120 GB. Linux Mint XFCE 21.1

Offline Xterminator

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.279
    • Ver perfil
Re: Alternativa ao Media Monkey
« Resposta #7 Online: 26 de Agosto de 2009, 16:25 »
Cara, eu não sou saudosista mas perca 2 minutos usando o Listen (Só 2 minutinhos), acho que você vai se surpeender.
http://www.listen-project.org/
Ele foi feito com base no Quod-Libet, mas a interface dele "Pelo menos para mim é a mais simples" organizada e usável.
ele não tem nem um terço das funções do MM, mas vale a pena dar pelo menos uma olhadinha ;-)
Alguns screenshots
http://img18.imageshack.us/gal.php?g=listenlastfmevents.png
« Última modificação: 26 de Agosto de 2009, 17:05 por Xterminator »

Offline RamonB

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 423
  • Salvador, BA
    • Ver perfil
Re: Alternativa ao Media Monkey
« Resposta #8 Online: 26 de Agosto de 2009, 18:18 »
Xterminator,

Vou dar uma olhada no Listen (mas só na semana que vem pois estou viajando amanhã bem cedo). Depois que eu "brincar" com ele, te dou um retorno aqui mesmo neste post.

Um abraço e obrigado.
Notebook: Dell Inspiron 15 5584, 8 GB RAM, 1 SSD 480 GB, 1 HD 1 TByte. Dual-boot Linux Mint Cinnamon 21.1 / Windows 11
Notebook Dell Inspiron 13 5301, 8 GB RAM, SSD 480 GB. Dual-boot Ubuntu Budgie 22.04 / Windows 11
Notebook Lenovo Thinkpad X201, 4 GB RAM, SSD 120 GB. Linux Mint XFCE 21.1

Offline cabelo2004

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 132
    • Ver perfil
Re: Alternativa ao Media Monkey
« Resposta #9 Online: 26 de Novembro de 2011, 11:38 »
O mediamonkey no wine fica muito lento. É uma péssima experiência sonora. O wine na tentativa de trazer para o Linux programas do windows, acaba muitas vezes desvalorizando as iniciativas de criação de bons softwares para o linux. Até então eu não havia encontrado uma alternativa consistente ao Mediamonkey (realmente um ótimo player no windows). Mas descobri dois que valem a pena serem testados e divulgados: Guayadeque (está na central de programas) e o Tomahawk (http://gettomahawk.com/download/linux). Ficam as dicas para tornar a experiência sonora no Linux incrível, agradável e leve!