Autor Tópico: Esse negócio de falar mal do Ubuntu - Unity já está enchendo  (Lida 29223 vezes)

eliseu_carvalho

  • Visitante
Re: Esse negócio de falar mal do Ubuntu - Unity já está enchendo
« Resposta #45 Online: 08 de Junho de 2012, 12:52 »
cadê aquela barra que me permitia acessar rapidamente a área de trabalho ou abrir vários programas e ficar revezando entre esses programas?

Está no MATE.

http://mate-desktop.org/

Offline Sérgio Rabelo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 185
  • Kubuntu 13.10 - 64bit
    • Ver perfil
Re: Esse negócio de falar mal do Ubuntu - Unity já está enchendo
« Resposta #46 Online: 14 de Junho de 2012, 00:45 »
"O que você faz além de criticar, para colaborar com o projeto?" - Mais se eu critico, já não estaria a partir daí colaborando com a possibilidade de mudanças? O Unity? uma tremenda de uma porcaria, veja só:
Trabalho em uma empresa com mais de 200 computadores rodando Linux Ubuntu... daí vem todo o processo de treinar o pessoal com cursos e mais cursos pra que esse pessoal entenda que Linux não é coisa do outro mundo e o que ocorre? Quando esse pessoal assimila as características do sistema, aprendem a caminhar com as próprias pernas, eis que vem uma "nova versão" com uma interface confusa, (intuitiva? em que?) onde estão os meus caminhos de solução de problemas? cadê aquela barra que me permitia acessar rapidamente a área de trabalho ou abrir vários programas e ficar revezando entre esses programas? Fico pensando: "Não seria mais inteligente, ou ao menos mais sensato que os rumos da Canonical com relação ao Ubuntu se dessem dentro de aspectos como segurança, estabilidade, correções de bugs, aperfeiçoamentos, aprimoramentos, implementações, desenvolvimento de programas etc etc??, isso na plataforma já existente?! Tudo bem, hoje esses tais "rumos" são ditados pelos Tablets, porém, alguém aqui já usou um Tablet para o trabalho? Já escreveu mais de 10... 12... 20 páginas de um texto, usando um Tablet? O velho "comutador de mesa" ainda que comparado com os notebooks se mostra muito mais adequado para aqueles que utilizam um computador para o trabalho e consequentemente passam horas em frente a um computador e os Tablets? onde entram nessa história?. Seriam computadores da moda? da onda? Tudo bem, reconheço que seria financeiramente pouco interessante para a Canonical abrir duas linhas de desenvolvimento 1- Desktops/Notebooks e 2 - Tablets. Mais o Unity... êiê...
Obs. Por que o sistema OS X da Apple é bom? porque tem pesado investimento em marketing? Sim, é verdade, porém, porque suas mudanças rumo a estabilidade são sutis, são simples, nada de "mudar a cara" como o fez, por exemplo, a Microsoft com o Windows XP e depois o que ocorreu? uma infinidade de críticas e os computadores da Dell sendo devolvidos nas lojas dos EUA e na Alemanha para que neles fosse instalado o XP em detrimento do Vista.
Obs. Desde que percebi essa postura da Canonical com a proposta de atualizações a cada 6 meses... ficou claro pra mim que com essa postura de "mostrar serviço", mais cedo ou mais tarde, meteriam os pés pelas mãos...
Mais e você usuário Linux, conseguiu fazer bom uso do seu Ubuntu Unity? ok, parabéns, boa sorte e seja feliz. Eu, porém, parei no tempo (Ubuntu 10.10) e verei até onde irei com essa minha postura.

Bem, é isso... tudo bem que eu insisto em afirmar que não gosto do Unity (e nem do Gnome3), mais pelo amor de Deus, não é por isso que eu, consequentemente, odeie quem gosta. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs...

Valeu.

falou tudo que eu tava sentindo...
Pra mim também.

Pontos fracos:
Má organização.
Anti produtiva, (Tem que dar 4 ou 5 cliques a mais para achar um programa)
Gerenciamento de janelas confuso, e também anti produtivo.
Não se adapta ao usuário (Seja você canhoto ou destro, tenha dificuldades motoras, ou problemas visuais, você não pode deixar a barra de um modo mais confortável pra você) Ela é assim e só fica assim.
Poluição visual (ficam aparecendo dicas de programas que você não tem onde ocupam o espaço muitas vezes de uns 7 programas que você procura)

Pontos fortes:
Nova interface gráfica
Inovação
o.O

Eu apoio que se tem que progredir, inovar e mudar, mas que pelo menos mude para melhor.

Offline Henrique1977

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 236
    • Ver perfil
Re: Esse negócio de falar mal do Ubuntu - Unity já está enchendo
« Resposta #47 Online: 14 de Junho de 2012, 03:00 »
Citar
Pontos fracos:
Má organização.
Anti produtiva, (Tem que dar 4 ou 5 cliques a mais para achar um programa)
Gerenciamento de janelas confuso, e também anti produtivo.
Não se adapta ao usuário (Seja você canhoto ou destro, tenha dificuldades motoras, ou problemas visuais, você não pode deixar a barra de um modo mais confortável pra você) Ela é assim e só fica assim.
Poluição visual (ficam aparecendo dicas de programas que você não tem onde ocupam o espaço muitas vezes de uns 7 programas que você procura)

Sérgio  Rabelo,  vou  discordar  de  você  nesse  caso.  Só  para  começo  de  conversa,  deixo  falar  que  o  que  eu  escrevo  aqui  na  internet  todos  entendem,  mas  se  pegar  um  caderno  meu  ninguém  vai  entender  o  que  está  escrito.  E  só  para  completar  não  consigo  nem  usar  aquele  tal  de  fio  dental  nos  dentes  devido  a  minha  coordenação  motora.  Minha  caligrafia  é  cheia  de  garranchos  E  quanto  a  minha  visão,  não  consigo  ler  de  longe,  e  portanto,  tenho  que  ler  de  perto.
E,  apesar  de  tudo  isso  que  estou  a  relatar  não  vejo  nenhum  desconforto  do  modo  atual  da  tela  unity.  Não  me  dificulta  em  nada  no  que  eu  faço.  Para  mim  até  têm  facilitado  a  vida.
  E,  aliás,  considero  até  muito  mais  produtiva  e  fácil  e  intuitiva  de  se  usar.  E,  realmente,  se  não  quiser  dar  cliques,  basta  apertar  a  tecla  super  e  depois  digitar  o  nome  do  programa,  que  vai  aparecer  o  programa  desejado,  o  que  já  facilita  e  muito  o  uso.
Para  mim  não  parece  haver  uma  poluição  visual.  Parece haver  uma  visualização  muito  melhor.  Muito  melhor  do  que  aquele  sistema  de  vários  ícones  no  desktop,  como  computador,  lixeira,  etc.  Para  mim  uma  área  de  trabalho  cheia  de  ícones  no  desktop  é  o  que  eu  considero  uma  poluição  visual.
Aliás,  considero  o  Ubuntu  visualmente  limpo  e  bem  melhor.  nesse  quesito.
Atenciosamente,  Henrique1977.
"O Estado não é a solução, é o problema.  Ronald Reagan"
Você  que  é  iniciante  não  esqueça  de  ler  isso:  http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,90314.0.html

Offline Sérgio Rabelo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 185
  • Kubuntu 13.10 - 64bit
    • Ver perfil
Re: Esse negócio de falar mal do Ubuntu - Unity já está enchendo
« Resposta #48 Online: 15 de Junho de 2012, 18:08 »
Citar
Pontos fracos:
Má organização.
Anti produtiva, (Tem que dar 4 ou 5 cliques a mais para achar um programa)
Gerenciamento de janelas confuso, e também anti produtivo.
Não se adapta ao usuário (Seja você canhoto ou destro, tenha dificuldades motoras, ou problemas visuais, você não pode deixar a barra de um modo mais confortável pra você) Ela é assim e só fica assim.
Poluição visual (ficam aparecendo dicas de programas que você não tem onde ocupam o espaço muitas vezes de uns 7 programas que você procura)

Sérgio  Rabelo,  vou  discordar  de  você  nesse  caso.  Só  para  começo  de  conversa,  deixo  falar  que  o  que  eu  escrevo  aqui  na  internet  todos  entendem,  mas  se  pegar  um  caderno  meu  ninguém  vai  entender  o  que  está  escrito.  E  só  para  completar  não  consigo  nem  usar  aquele  tal  de  fio  dental  nos  dentes  devido  a  minha  coordenação  motora.  Minha  caligrafia  é  cheia  de  garranchos  E  quanto  a  minha  visão,  não  consigo  ler  de  longe,  e  portanto,  tenho  que  ler  de  perto.
E,  apesar  de  tudo  isso  que  estou  a  relatar  não  vejo  nenhum  desconforto  do  modo  atual  da  tela  unity.  Não  me  dificulta  em  nada  no  que  eu  faço.  Para  mim  até  têm  facilitado  a  vida.
  E,  aliás,  considero  até  muito  mais  produtiva  e  fácil  e  intuitiva  de  se  usar.  E,  realmente,  se  não  quiser  dar  cliques,  basta  apertar  a  tecla  super  e  depois  digitar  o  nome  do  programa,  que  vai  aparecer  o  programa  desejado,  o  que  já  facilita  e  muito  o  uso.
Para  mim  não  parece  haver  uma  poluição  visual.  Parece haver  uma  visualização  muito  melhor.  Muito  melhor  do  que  aquele  sistema  de  vários  ícones  no  desktop,  como  computador,  lixeira,  etc.  Para  mim  uma  área  de  trabalho  cheia  de  ícones  no  desktop  é  o  que  eu  considero  uma  poluição  visual.
Aliás,  considero  o  Ubuntu  visualmente  limpo  e  bem  melhor.  nesse  quesito.
Atenciosamente,  Henrique1977.
existem casos e casos de dificuldades, o que eu quis dizer é que o usuário comuns não pode modificar a unity ao seu gosto, falo isso em posicionamento e tamanho também, alguns se adaptam mas outros tem que se adaptar ao sistema que é o que eu acho ruim, não acho que o usuário tem que ficar preso a um padrão e sim o sistema te deixar livre para você escolher o melhor lado o a maior visibilidade.

eliseu_carvalho

  • Visitante
Re: Esse negócio de falar mal do Ubuntu - Unity já está enchendo
« Resposta #49 Online: 15 de Junho de 2012, 18:20 »
não acho que o usuário tem que ficar preso a um padrão e sim o sistema te deixar livre para você escolher o melhor lado o a maior visibilidade.

Pra isso há a possibilidade de escolher a interface que melhor se adapte às necessidades do usuário. Como já falei antes, e volto a falar, a Canonical não exige dos usuários do Ubuntu que se use a interface Unity. Existem muitas outras à disposição, tais como GNOME Shell, KDE, XFCE, E17, WindowMaker, MATE, etc.
Além do mais, com raras exceções, geralmente usuários iniciantes não estão muito preocupados com a customização da interface, e sim com a estabilidade do sistema. E também muitos usuários de longa data pensam o mesmo - e eu sou um deles. Prefiro muito mais o meu sistema funcionando, com os meus programas instalados corretamente, a uma tela toda remexida e confusa.
Ao meu ver, a interface Unity foi uma verdadeira revolução, pois, acredito eu, ninguém mais aguentava aquele "esquema Windows 95" (Iniciar - atalhos - barra de tarefas - indicadores - relógio) já tão impregnado nos PCs...
« Última modificação: 15 de Junho de 2012, 18:28 por eliseu_carvalho »

Offline Henrique1977

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 236
    • Ver perfil
Re: Esse negócio de falar mal do Ubuntu - Unity já está enchendo
« Resposta #50 Online: 15 de Junho de 2012, 18:24 »
[existem casos e casos de dificuldades, o que eu quis dizer é que o usuário comuns não pode modificar a unity ao seu gosto, falo isso em posicionamento e tamanho também, alguns se adaptam mas outros tem que se adaptar ao sistema que é o que eu acho ruim, não acho que o usuário tem que ficar preso a um padrão e sim o sistema te deixar livre para você escolher o melhor lado o a maior visibilidade.
Caro  Sérgio  Rabelo,  por  isso  que  é  bom  um  debate  com  educação,  pois  assim  podemos  entender  melhor  o  outro  lado.
Concordo  contigo  que  há  casos  e  casos.  E  cada  caso  é  diferente  do  outro.  Por  isso,  que  não  se  pode  generalizar.
E  concordo  que  o  Sistema  não  pode  nos  prender  a  um  padrão,  mas  que  devamos  sermos  livres  para  escolhermos  o  melhor  lado.  E,  creio  que  cada  um  deve  ser  livre  para  ter  o  ambiente  gráfico e  a  interface  gráfica  que  preferir.
Mas  porém,  no  Ubuntu  e  no  linux  em  geral,  se  pode  instalar  outras  interfaces  gráficas.  Se  quiser  tu  podes  usar  o  gnome  clássico.
Atenciosamente,  Henrique1977.
"O Estado não é a solução, é o problema.  Ronald Reagan"
Você  que  é  iniciante  não  esqueça  de  ler  isso:  http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,90314.0.html