Autor Tópico: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas  (Lida 30076 vezes)

Offline cafcaf777

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5
    • Ver perfil
Viva,

Após vários anos somente a utilizar sistemas operativos da Microsoft, resolvi procurar uma alternativa gratuita e acabei por experimentar o Ubuntu.

Tenho utilizado o mesmo com alguma frequência desde a semana passada e procuro solidificar a minha utilização com ele para se tornar o meu sistema operativo diário.

Estou a utilizar a versão 12.04 LTS, visualmente é muito bonito, como também é acessível e rápido, no entanto, a experiência não está a ser perfeita.


Deixo as razões que estão a condenar a minha migração para o Ubuntu:

1)

-Não consigo perceber porque não há ferramentas de segurança "a sério" para o Ubuntu, entenda-se como ferramentas de segurança a sério (Suites como a Kaspersky Internet Security).

Compreendo que a percentagem de utilização deste S.O. é baixa se a compararmos com outros da Microsoft ou Apple, no entanto não consigo "engolir" a história que por causa disso a segurança é eficaz.

Como podem verificar em:

http://ubuntu-pt.org/content/porque-usar-ubuntu


"O Ubuntu é seguro
O Ubuntu é um sistema operativo bastante seguro, portanto não existe a necessidade de ter anti-virus, anti-spyware, anti-adware, etc. Com qualquer distribuição de GNU/Linux você estará livre de qualquer praga da internet."


-Serei o único que não acredito nisto?

Lembro-me que até à pouco tempo no Android a história era a mesma e muitos perguntavam-se se valeria a pena até instalar um anti-virus quando surgiu uma ou outra opção de anti-virus.

Porém e afinal há vírus; há pragas; há muita coisa má e cada vez mais com o aumento de utilização deste S.O., então vemos já muitas das empresas renomeadas em ferramentas de segurança a produzir aplicações para o Android.

Por exemplo, especificando apenas uma noticia de muitas que poderia deixar aqui:

http://www.dn.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=3347604&seccao=Tecnologia


Não consigo então utilizar diariamente o Ubuntu com confiança sem uma ferramenta de segurança a sério. Entendo que haverá menos vírus e outros, no entanto não considero este, nem nenhum sistema operativo seguro ao ponto de afirmar que é seguro e se possa dispensar ferramentas de segurança.


2)

-As temperaturas do meu hardware mudam, ora use Windows, ora use Ubuntu.

Usando o Windows encontro o CPU sempre numa média de 35º C e a placa mãe pelos 55º C

Usando o Ubuntu encontro sempre o CPU sempre numa média de 55º e a placa mãe pelos 35 º C

No windows monitorizo as temperatura com o Periform Speccy, no Ubuntu com o comando "sensors" e instalei o Psensor também.

Alguém consegue dar-me uma explicação para esta alternâncias de valores nas temperaturas entre os dois sistemas operativos?


Por agora escrevo apenas estes dois problemas, pois são os mais importantes e que realmente gostaria encontrar soluções como também ler opiniões de utilizadores com mais experiência e conhecimento de causa.

Obrigado!
« Última modificação: 29 de Julho de 2013, 20:33 por cafcaf777 »

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #1 Online: 29 de Julho de 2013, 22:06 »
Parece que você se acostumou tanto com antivírus/antimalwares/anti-trojans que não sabe mais viver sem eles. Eu sei muito bem disso pois passei por um período semelhante, não me sentia seguro sem instalar um antivírus, mesmo estando no linux. Cara, confie em mim, e nos milhões de servidores que hoje rodam linux: não precisa instalar antivírus nele. No fundo, no cerne, é tudo uma questão de costume mesmo, você vai ver.  :D
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

Offline cafcaf777

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #2 Online: 29 de Julho de 2013, 23:12 »
Agradeço a resposta Garfo, mas não fiquei convencido.

O provérbio diz que um homem prevenido vale por dois. Para mim segurança é uma prioridade, um sistema operacional por si mesmo não oferece segurança suficiente para os usuários, caso fosse perfeito e totalmente seguro não haveriam ferramentas de segurança.

Pensei que o fórum fosse em português (de Portugal) pelo que escrevi totalmente com esse intuito, só agora reparei que é do Brasil, mas penso que fui compreensível.


Complementando o meu 2º problema, o problema das temperaturas:

Usando o Windows 7 encontro o CPU sempre numa média de 35º C e a placa mãe pelos 55º C

https://dl.dropboxusercontent.com/u/87526575/UBUNTU/temperatura%20windows.jpg

Usando o Ubuntu encontro o CPU sempre numa média de 55º e a placa mãe pelos 35 º C

https://dl.dropboxusercontent.com/u/87526575/Captura%20de%20ecra%20de%202013-07-30%2002%3A12%3A16.png

https://dl.dropboxusercontent.com/u/87526575/Captura%20de%20ecra%20de%202013-07-30%2002%3A30%3A08.png

Alguma ideia sobre o que se passará para acontecer isto?

Offline irtigor

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.344
  • Delete, delete, delete!
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #3 Online: 29 de Julho de 2013, 23:28 »
É histórico, o Windows veio do MS-DOS, um sistema monotarefa e monousuário, nessas condições a segurança é baixa (irrelevante), a coisa evoluiu, mas por muitos anos as marcas ficaram, como por exemplo usar por padrão a conta com poderes administrativos pra tudo. Então se tem um sistema com pouca pra nenhuma proteção de fabrica, na mão de um monte de curiosos... Em contra partida, o Linux já nasceu multitarefa e multiusuário, o que garantiu por muito tempo um superioridade natural. Fora que é importante pensar na motivação de se criar uma praga, normalmente dinheiro e/ou fama. No linux existem meios mais seguros de se conseguir fama, você não precisa destruir o sistema pra alguém reconhecer que você entende ele, basta ter seu código/relatório de erro ser aceito. Pra dinheiro existem duas linhas, atacar poucos alvos de alto valor, ou vários de baixo, no primeiro caso um antivírus muito provavelmente não vai ser útil até ser tarde, e pro segundo funcionar você tem que mirar no maior vetor, hoje, isso significa mirrar o Windows.

blackwinds

  • Visitante
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #4 Online: 29 de Julho de 2013, 23:49 »
Desde que comecei a usar o Linux ,que foi o ubuntu 8.04,nunca instalei antivirus e muito menos firewall.

Offline cafcaf777

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #5 Online: 30 de Julho de 2013, 00:14 »
Olá Irtigor e Blackwinds,

Irtigor sinceramente tentei perceber a sua opinião, mas não consegui pelo menos completamente  ;D

Porém penso que também desviei o rumo da questão, mas reformularei o meu problema com a questão seguinte:

Para um usuário que precisa de utilizar a Internet para realizar pagamentos, fazer transições de dinheiro, trocar documentos importantes e pessoais diariamente, o que será mais apropriado:

O S.O. Ubuntu sem suites de segurança reconhecidas como as da Kaspersky, Bit-Defender, etc

ou

O Windows com suites de segurança reconhecidas como as da Kaspersky, Bit-Defender, etc?


-O problema aqui afasta-se um pouco da questão se S.O é vulnerável ou não, ou se é mais vulnerável ou menos, mas sim se há segurança na Web, se há segurança no Email, se as ferramentas disponíveis que ajudam a proteger-nos de rasteiras como o phishing ou outras estão a cumprir o seu papel.

Penso que compreendo a arquitectura do Ubuntu ou a forma como ele trabalha (e segundo a sua opinião) é mais segura por não termos o acesso directo como se fossemos administradores, ou seja se pretendo fazer uma alteração como por exemplo instalar uma aplicação nova terei de confirmar a mesma e colocar a password para realizar essa modificação, no entanto isto não será corruptível também?


Blackwinds você não tendo um anti-vírus eficiente a trabalhar no Ubuntu como sabe realmente que uma aplicação que vai instalar não esconde um trojan (um keylloger por exemplo) ou se a própria aplicação não é um trojan?

Actualmente quem usa o Ubuntu para acessar o seu homebacking? Fazem-no com um sentimento de segurança?


Sinceramente eu não gosto de ser alarmista nem quero desvalorizar o Ubuntu pois eu gosto do Ubuntu, para um S.O. gratuito está fenomenal, não só esta como também outras distribuições linux, reconheço o excelente trabalho que foi e continua a ser desenvolvido, no entanto acho que a segurança dos usuários na sua interacção com a Web não está a ser acompanhada e isso é vital.
« Última modificação: 30 de Julho de 2013, 00:30 por cafcaf777 »

Offline platao

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 5.039
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #6 Online: 30 de Julho de 2013, 02:20 »
O Ubuntu e mais seguro que o Windows com as "suites" de segurança pode ter certeza.

Seguindo a sua logica sim, todo sistema e passivel de ser invadido, e so vc ficar de olho nos alertas de segurança de sites especializados, saem quase que todos os dias, vulnerabilidades fresquinhas para serem exploradas. Ha brechas que ficam abertas muito tempo ate as empresas fazerem as correçoes, ate la o estrago esta feito. Mas convenhamos, se vc tivesse capacidade de usufruir desses dados nao estaria aqui perguntando isso.... : )

Os programas que sao isntalados vem de um repositorio proprio, oficial, portanto os pacotes sao confiaveis. No Ubuntu vc nao sai por ai isntalando qualquer coisa.

Pode acessar o seu home-bank tranquilo com o Ubuntu. Quando iniciei no Linux tbm tinha essa preocupação, se intere sobre o sistema e vera que todos os processos e atualizações tem criterios rigorosos, o maior problema ainda continua a ser o usuario final.


\\\\\\\\Apostilas Dicas e Guias do Ubuntu\\\\\\\\\> http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,79368.msg440997.html#msg440997

Offline Tota

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 14.982
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #7 Online: 30 de Julho de 2013, 08:34 »
Para um usuário que precisa de utilizar a Internet para realizar pagamentos, fazer transições de dinheiro, trocar documentos importantes e pessoais diariamente, o que será mais apropriado:

O S.O. Ubuntu sem suites de segurança reconhecidas como as da Kaspersky, Bit-Defender, etc

ou

O Windows com suites de segurança reconhecidas como as da Kaspersky, Bit-Defender, etc?

Qualquer um é seguro. O problema não reside no sistema, mas como é feito o tunelamento encriptado entre maquina do usuário e instituição financeira.

No caso de troca de documentos, nada é seguro se o documento não for encriptado ou protegido por senhas.

Lembre que a comunicação na rede passa por varias maquinas até chegar ao destinatário, o que compromete a segurança de todas as formas, não importando o sistema.

-O problema aqui afasta-se um pouco da questão se S.O é vulnerável ou não, ou se é mais vulnerável ou menos, mas sim se há segurança na Web, se há segurança no Email, se as ferramentas disponíveis que ajudam a proteger-nos de rasteiras como o phishing ou outras estão a cumprir o seu papel.

Correto! Não há segurança na web, de forma alguma.

Porém em relação aos sistemas, o usuário é o mais vulnerável devido a ser levado a crer, por qualquer motivo, em engenharia social.

Recebes um e-mail de seu primo (pai, mãe, etc.) solicitando abrir determinado arquivo sem verificar se seu primo foi o verdadeiro agente da mensagem. Ao abrí-lo sem conhecimento, pode sim receber um ataque de phishing ou um trojan.

No momento de acessar bancos, use uma conta convidado no GNU/Linux, pois ao fim da sessão, absolutamente tudo de "convidado" será removido do sistema. Simples assim.

Penso que compreendo a arquitectura do Ubuntu ou a forma como ele trabalha (e segundo a sua opinião) é mais segura por não termos o acesso directo como se fossemos administradores, ou seja se pretendo fazer uma alteração como por exemplo instalar uma aplicação nova terei de confirmar a mesma e colocar a password para realizar essa modificação, no entanto isto não será corruptível também?

Dificilmente será corruptível, mormente no Ubuntu, que utiliza o arquivo de senhas encriptado com chaves.

Evidente, que se deixas sua maquina ligada a rede 24 x 24 horas por meses, um ataque é possível. Mas um usuário domestico fica conectado por, digamos, 24 a 36 hortas para baixar um filme pela rede. Este tempo não é suficiente para uma invasão.

Não é a palavra de passe que faz o sistema seguro, mas a forma como ela é utilizada.

[]'s

Offline haereticus

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 975
  • Xubuntu 12.04.2 x64
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #8 Online: 30 de Julho de 2013, 09:20 »
Kkkkkkkkkkkkk Suites de proteção para gnu/linux ?

Isso soa como utopia e pode ser motivo de chacota caso você cite isto em algum evento ou em público ao redor de usuários do sistema.

---

Ubuntu ou distros gnu/linux não são seguras só porque tem percentual baixo de usuários, quem criou esta teoria provavelmente é usuário do windows.

A diferença grande é que quando uma vulnerabilidade é descoberta o update de correção é liberado em poucos dias ou até mesmo horas depois de sair em público. Enquanto que na Microsoft tem bugs que tem cerca de 17 anos e não foram corrigidos até hoje.

---

Desencana que Gnu/linux não é o queijo suiço do windows.

« Última modificação: 30 de Julho de 2013, 09:23 por haereticus »
Notebook: Samsung 305E4A-BD1 - AMD A6-3420M (Quad Core) @2.4GHz - Radeon™ 6520G 512MB - 8GB - HD 500GB - 14” LED HD - HDMI - Bluetooth - Webcam 1.3 HD - Base CoolerMaster Notepal Ergostand - Mouse X7 Oscar 750bk 3200dpi.

Sony Xperia L - Android 4.1.2

Offline kalix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 342
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #9 Online: 30 de Julho de 2013, 10:04 »
ao Instalar Ubuntu/Linux vírus é que menos deve se importar

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #10 Online: 30 de Julho de 2013, 10:33 »
Leitura recomendada:

Software livre contra o Grande Irmão que está te observando.

Quanto a segurança, já tive também a minha paranoia logo quando cheguei no Ubuntu: Configuração do Snort em Desktop Cliente. Hoje, uso somente o firewall padrão ativado e mantenho o sistema operacional sempre atualizado.

Colega, na boa! É muito mais importante se preocupar com as brechas de segurança que o flash da Adobe e o Java da Oracle proporcionam ao sistema operacional do que com ele em sim (no caso do GNU/Linux). Se possível for, nem instale eles no seu computador, aí sim estará seguro em definitivo!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

blackwinds

  • Visitante
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #11 Online: 30 de Julho de 2013, 11:03 »
Vou dizer novamente,nunca precisei de antivirus no Linux,tenho uma hd externa com musicas,videos e documentos.uso ela tanto no Linux,quanto no windows eo antivirus que tenho instalado no windows nunca acusou virus nenhum,comecei a usar Linux pois não aguentava ficar formatando o computador por causa do windows usei um monte de antivirus e não vi um sequer que não deixa-se passar um virus pra acabar com tudo.
« Última modificação: 30 de Julho de 2013, 11:41 por blackwinds »

Offline Kadu_tbj

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 226
  • Busque a DEUS enquanto se pode achar...
    • Ver perfil
    • Obedecendo ao Chamado do Mestre
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #12 Online: 30 de Julho de 2013, 19:00 »
Mano, estava passando e resolvi para para ler...

Assim como o outro mano aqui, uso ubuntu desde 8.04 nunca precisei de antivirus, firewal ou coisa parecida...livre leve e solto.
Ja vi gente instalando antivirus, vi sim mas so pq na rede tinha alguns pcs com rwindows, dai para ¨colaborar¨ com os escravos da microsoft instalaram, mas eu ja trabalhei em rede e tinha 50% dos pcs com ubuntu, nunca nunca nunca tivemos problema nem com virus nem com compartilhamento de arquivos e impressoras.

O que acontece parceiro, é que a microsoft põe esse ¨medo¨ nas pessoas. Claro não é a microsoft em si...mas enfim ela ¨colabora¨

Faça a experiencia, eu parei, cansei de virus, de: ¨não responde¨, congelamentos sem sentido, atualizar antivirus, spywares, malware, eu queria viver sem medo, e o ubuntu me proporcionou tudo que eu sempre pensei de sistema operativo...impossivel retroceder...
« Última modificação: 30 de Julho de 2013, 19:11 por Kadu_tbj »
Kadu_tbj!Efeito fogo no Ubuntu (compiz)
Notebook Satellite Toshiba L635, UBUNTU 12.04 Unity 64Bits LTS, CORE i5 480M 2.70ghz, HD640, 6G DDR3, HDMI,Bluetooth, Bateria de 6 celulas
Obedecendo ao Chamado do Mestre

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #13 Online: 30 de Julho de 2013, 19:11 »
Concordo com o "cansei de atualizar anti-vírus, anti-spyware etc" mas o "cansei de parou de responder, congelamento sem sentido" tenho que discordar. O Ubuntu dá muito mais isso do que no Windows.

Offline Arthur Bernardes

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4.692
    • Ver perfil
Re: A minha experiência Ubuntal com um mão cheia de dúvidas e problemas
« Resposta #14 Online: 30 de Julho de 2013, 19:13 »
Discordo de ti Renan, nunca tive uma mensagem de erro com o Ubuntu.

E uma vez vi um amigo reclamando dessas inúmeras mensagens, recomendaram desativar ou desinstalar o Apport